In order to view this object you need Flash Player 9+ support!

Get Adobe Flash player
Joomla! Slideshow

VELO CAB2012


REIFEN ESSEN 2014

Reifen Essen 2014 - auto aftermarket news presente!

Ultimam-se os preparativos para a Feira Internacional da Indústria dos Pneus, que se realiza de 27 a 30 de maio em Essen. O autoaftermarketnews estará presente!

 De 27 a 30 de maio no Parque de Exposições Essen Messe em Essen, Alemanha.

Numa área de exposição com um total de 60.000 m2, as empresas do setor irão apresentar os seus produtos e serviços para a indústria dos pneus, novidades para o comércio de pneus, tecnologia de chassis e pneus, recauchutagem, vulcanização, reciclagem e oficinas. 

Estarão presentes 653 expositores vindos de 44 países sendo 70% dos expositores vindos de fora da Alemanha. Os países com maior número de expositores são China, Alemanha, Itália, Holanda e EUA. 

São esperados visitantes profissionais de 130 países de todo o mundo e como já é habitual a AutoAftermarketNews terá uma equipa de profissionais presente nesta feira para lhe darem a conhecer em primeira mão todas as novidades do setor.

Este ano a Reifen não será apenas uma plataforma para as novidades do setor mas também será um forúm eficiente permitindo um grande número de contatos internacionais.



Reifen Essen Reifen 2010
 

ENTRADAS ONLINE PARA AUTOMECHANIKA

Entradas online para a Automechanika 2014 já disponível para aquisição

A Automechanika realiza-se em Frankfurt de 16 a 20 de Setembro de 2014.

A Automechanika, a mais importante plataforma de negócios para o sector do pós-venda e também para a lavagem automática de carros, abre portas em Frankfurt de 16 a 20 de Setembro de 2014. O certame acolhe cerca de 4.500 expositores internacionais em mais de 300.000 metros quadrados de espaço de exposição.

A Feira apresenta empresas nos segmentos de peças & componentes, electrónica & sistemas, acessórios & tuning, reparação & manutenção, gestão & tecnologia de informação e estações de serviço & lavagem automática.

Pelo segundo ano, a Automechanika apresenta o guia Truck Competence, que oferece orientação a todos os visitantes interessados em produtos e soluções nas áreas de veículos comerciais.

Mobilidade do futuro
O Hall 10 irá acolher pela primeira vez o sector da mobilidade eléctrica, onde se apresentam as mais recentes novidades no que toca ao armazenamento, carregamento e manutenção de veículos eléctricos. Na área exterior ao pavilhão, os visitantes têm a possibilidade de experimentar equipamentos e de realizar test-drives.

O Green Directory, um guia exclusivo que lista as empresas da Automechanika com serviços ou artigos sustentáveis, vai estar disponível para consulta online e em versão papel. 
A Feira destaca ainda o que de melhor se faz no pós-venda automóvel com a atribuição do Prémio Inovação Automechanika. Os vencedores deste galardão vão estar em exposição no foyer do Hall 4.1. A entrega dos prémios está agendada para o dia 16 de Setembro.

A Automechanika é a principal Feira para a mobilidade do futuro. Nenhum outro evento abrange de forma tão completa toda a cadeia de valor do sector automóvel. Durante o certame são apresentadas soluções inovadoras nas áreas de equipamento original, adaptação, acessórios para automóveis e carregamento de baterias, eliminação de resíduos e reciclagem.

Bilhetes online
Para adquirir bilhetes a preço reduzido para este evento registe-se já online em https://tickets.messefrankfurt.com/ticket/en/home.html.

 



Automechanika 2010
 

NOVO AYGO NO AEROPORTO DE BRUXELAS

 

Novo Toyota AYGO invade aeroporto de Bruxelas

•  O novo Toyota AYGO ‘x-cite’ está em exposição no terminal A do aeroporto de Bruxelas
•  Cenário especificamente desenvolvido para “selfies”divertidas vai ser o centro das atenções
•  Início de vendas no verão de 2014

Os passageiros em trânsito e, que passem pelo terminal A do aeroporto de Bruxelas, podem ver todos os detalhes do novo Toyota AYGO. Com uma nova cor Laranja, o recém desenvolvido AYGO apresenta pormenores em preto lacado e jantes exclusivas de liga leve de 15”, também em preto mas com um acabamento brilhante. Esta edição ‘x-cite’ constitui uma imagem mais arrojada  e por outro lado confere uma nota mais desportiva.

Alinhado com o tema da campanha do novo AYGO - ‘Go Fun Yourself’- a área de exposição inclui um espaço específico para fazer “selfies”. Quem por ali passa pode tirar uma divertida foto a si próprio, quer seja nachegada ou antes da partida, aliando um elemento de diversão à sua viagem.

O novo AYGO estreou-se mundialmente a Março de 2014, no Salão Automóvel de Genebra. Com uma nova dianteira na qual se destaca o design em ‘X’, uma aparência mais jovem no interior e com possibilidade de personalização de inúmeros elementos, aliado a um chassis dinâmico, o novo AYGO foi desenvolvido com o fator de diversão na mente de todos os engenheiros envolvidos no projeto. A gama consiste em 3 níveis de equipamento e em 3 edições especiais, que serão atualizadas anualmente.

Tanto o interior como o exterior foram desenhados para permitir uma ampla variedade de diferentes configurações. Agora o modelo do segmento A da Toyota não é apenas divertido de conduzir mas também divertidode personalizar de acordo com o estilo de cada condutor. Mais de 10 peças em torno do veículo podem ser facilmente substituídas num curto espaço de tempo, por outras  de outras cores e feitios, permitindo ser trocadas mesmo apos vários anos.

A qualidade de vida a bordo do novo AYGO foi igualmente melhorada, com o aumento do espaço do habitáculo e um leque de novos equipamentos inovadores. Um dos elementos que imediatamente chama a atenção é o sistema multimedia x-touch. O seu monitor tátil de 7” a cores, serve para controlar numerosos sistemas a bordo, permitindo a conetividade MirrorLink para o smartphone, ou seja, permite que o carro seja perfeitamente integrado na agitada vida onlineque a maior parte de nós temos atualmente.

O novo AYGO, disponível com transmissão manual ou caixa ‘x-shift’ manual robotizada, que está aliada a uma versão melhorada  do premiado motor de 3 cilindros, 1.0 litros VVT-i, a gasolina, da Toyota.Continuando ainda a ser um dos mais leves motores da sua classe, esta notável unidade incorpora numerosas revisões que incrementam as performances e ajudam a alcançar umaeconomia de combustível na liderança da sua classe (apenas 3.8 l/100 km e emissões de CO2de 88 g/km).

Graças à exposição no aeroporto de Bruxelas, mais de 1 milhão de visitantes que passam pelo terminal A mensalmente, vão estar entreos primeiros a conhecer de perto o novo AYGO, antes da sua comercialização na Europa prevista para este verão.AYGO Bruxelas_001AYGO Bruxelas_002AYGO Bruxelas_003AYGO Bruxelas_004

 

GOODYEAR EXPLICA DESAFIOS

 

Goodyear explica os desafios que enfrenta ao desenvolver pneus de desempenho ultra elevado

 

Na Europa, a venda de veículos de desempenho elevado tem vindo a aumentar nos últimos anos e prevê-se que esta tendência se mantenha. Consequentemente, o segmento de pneus de desempenho ultra elevado (UHP) é o segmento com o crescimento mais rápido na indústria dos pneus. Com os veículos a tornarem-se cada vez maiores, mais pesados e mais rápidos, mesmo na categoria Berlina, há uma necessidade crescente de pneus que suportem veículos robustos e potentes. A combinação do peso e potência impressionantes, a juntar ao facto de hoje em dia muitos dos veículos de desempenho elevado serem também SUV com um centro de gravidade significativamente mais alto, formam um conjunto exigente de requisitos de desempenho para um pneu.

4@11@9@11@9@5xe" filled="f" stroked="f">image002.png@01CF7503.F28974C0" >O engenheiro de desenvolvimento de pneus, Percy Lemaire, diretor da equipa de desenvolvimento de desempenho ultra elevado da Goodyear no centro de Inovação da Goodyear em Colmar-Berg (Luxemburgo), conhece a exigente diversidade de requisitos de desempenho que um pneu UHP da Goodyear tem de cumprir antes de estar pronto para a linha de produção. A sua equipa tem a tarefa exclusiva de testar os limites das tecnologias de pneus com vista a desenvolver pneus UHP sofisticados, como o bem sucedido Goodyear Eagle F1 Asymmetric 2, que proporcionem aos condutores um comportamento otimizado a nível de manobrabilidade, aderência e travagem (indicadores de desempenho de segurança cruciais) numa grande variedade de condições meteorológicas e de estrada.

Mas o que é exatamente um pneu de desempenho ultra elevado e quem é que precisa dele? Lemaire dá-nos uma ideia do que envolve o desenvolvimento de um pneu como o Goodyear Eagle F1 Asymmetric 2 e explica-nos a sua importância.

 

Entrevista a Percy Lemaire, Gestor de Projetos de Desenvolvimento de Pneus na Goodyear

Quais são as principais diferenças entre um pneu de desempenho ultra elevado e um pneu normal?

Percy Lemaire: Nós disponibilizamos pneus para uma grande variedade de veículos e de aplicações, desde pneus que classificamos como pneus standards e que se adequam aos veículos citadinos compactos, a pneus de desempenho elevado e ultra elevado para veículos mais pesados e de grande potência. Naturalmente, também existem pneus para condições meteorológicas ou aplicações especiais, nomeadamente pneus de Inverno, de Verão ou 4x4.

Existem algumas diferenças entre os dois extremos: os pneus UHP e os pneus standards. No desenvolvimento de um pneu standard, concentramo-nos em desenvolver um pneu que tenha uma boa relação qualidade/preço e que proporcione uma viagem segura e confortável. Por outro lado, quando desenvolvemos um pneu UHP, o nosso objetivo é desenvolver um pneu poderoso que proporcione um elevado desempenho nas áreas mais relevantes para a segurança a alta velocidade numa ampla variedade de condições. Como tal, estes pneus diferem em muitos aspetos dos pneus standard: no composto utilizado, na estrutura do pneu e, muitas vezes, na medida do pneu.

O composto utilizado num pneu UHP como o Eagle F1 Asymmetric 2 deriva, muitas vezes, de diversas características de compostos de competição. Pode incluir um nível mais elevado de sílica e de resinas de tração que não se encontra no composto dos pneus padrão.

Para o Eagle F1 Asymmetric 2 desenvolvemos também uma nova estrutura de capa cruzada mais rígida. Os pneus têm normalmente uma tela convencional de 90 graus, enquanto que o Eagle F1 Asymmetric 2 possui uma tela de ângulo inferior, o que contribui para uma maior rigidez na torção e proporciona maior precisão de direção, melhor manuseamento e travagem em piso seco.

Quem beneficiaria da utilização de um pneu UHP?

Percy Lemaire: Identifico dois principais grupos de utilizadores de pneus UHP: em primeiro lugar, existem os condutores que exigem capacidades de comportamento perfeito dos seus veículos potentes - em piso seco e piso molhado -. Estes condutores necessitam da máxima aderência e, como tal, necessitam de pneus de máximo desempenho para uma condução desportiva, mas segura.

Em segundo lugar, os pneus UHP são especialmente interessantes para os condutores de veículos familiares, pesados e potentes que querem estar preparados para reagir ao inesperado em frações de segundo. Estes condutores pensam primeiro em segurança e exigem pneus com os níveis mais elevados de segurança em todas as condições de condução e de estrada.

O pneu UHP por excelência da Goodyear, Eagle F1 Asymmetric, foi desenvolvido especificamente para proporcionar um ótimo desempenho ao nível dos parâmetros de segurança, assim como distâncias de travagem mais curtas em piso seco e molhado. Outro importante parâmetro de desempenho deste novo pneu é o comportamento superior e imediato em piso seco e molhado.

Quais são os avanços tecnológicos mais importantes num pneu UHP como o Eagle F1 Asymmetric 2?

Percy Lemaire: A ActiveBraking Technology do novo Eagle F1 Asymmetric 2 permite aos blocos do piso expandirem-se mediante cargas superiores provocadas pela travagem. Esta característica aumenta a área de contacto entre o pneu e o piso. Enquanto os blocos dos pneus convencionais não sofrem alterações com a travagem, este aumento da área de superfície proporciona também uma maior aderência, o que, por sua vez, contribui para distâncias de travagem mais curtas, obtidas com o Eagle F1 Asymmetric 2.

image007.png@01CF7504.DBF72580" croptop="3433f">Onde é que a Goodyear desenvolve os seus pneus de desempenho ultra elevado?

Percy Lemaire: No caso do Eagle F1 Asymmetric 2, o desenvolvimento realizou-se globalmente nos três Centros de Inovação da Goodyear: no Luxemburgo, na Alemanha e nos EUA. Assumimos o comando aqui no Luxemburgo, mas contámos com as competências específicas e o conhecimento do mercado local das equipas em Hanau, na Alemanha, e em Akron, no Ohio, o que nos ajudou a desenvolver um produto que cumpre os  diferentes requisitos de mercados.  A equipa alemã tem muita experiência no desenvolvimento de pneus desportivos, como tal, foram determinantes ao fornecerem o seu conhecimento ao nível de competição. Quanto à  equipa dos EUA assegurou-se que tivessem em conta as exigências específicas do mercado da América do Norte e da Ásia, tais como o conforto, a quilometragem e o ruído, durante o processo de desenvolvimento.

Qual a dimensão da equipa que trabalhou neste projeto e quais são as competências específicas necessárias numa equipa responsável pelo desenvolvimento de um pneu UHP?

Percy Lemaire: A nossa equipa é composta por mais de 50 engenheiros, todos eles com competências e capacidades diferentes. Temos engenheiros de projeto e de conceção que desenham o aspeto inicial do pneu utilizando software de simulação e temos também especialistas em pisos, especialistas em materiais e compostos e uma equipa que trabalha na construção do pneu. Temos, naturalmente, pessoas com a tarefa de transformar a "versão beta" do pneu num produto completo que pode ser introduzido no processo de fabrico. O desenvolvimento de um pneu como o Eagle F1 Asymmetric 2 demora cerca de três anos e é um processo complexo. O novo produto tem de passar por uma série de verificações, testes e critérios de desempenho essenciais, antes de podermos dar o passo seguinte no processo de desenvolvimento.

Os testes dos pneus de desempenho ultra elevado são diferentes dos testes dos pneus padrão?

Percy Lemaire: Todos os pneus, de Verão, de Inverno, standards ou UHP, são sempre sujeitos a uma série de testes: travagem em piso seco e molhado e comportamento em várias superfícies – nomeadamente piso seco e molhado, no caso dos pneus de Verão, e também piso com neve e gelo, no caso dos pneus de Inverno.

 

A diferença nos testes de pneus UHP tem que ver com os tipos de superfícies, as pistas de teste e os veículos em que são testados. Estes pneus são quase sempre testados em pistas de competição ou pistas concebidas especificamente para testar pneus UHP, onde são testados até ao limite e comprova-se, diversas vezes a velocidade que podem atingir ou às forças G laterais que suportam em curvas específicas. Estes testes em todo o tipo de circuitos, cada um com os seus desafios específicos, permitem-nos testar o pneu ao máximo.

 

Testámos o Eagle F1 Asymmetric 2 nas nossas pistas de teste em França e no Luxemburgo, dois locais de testes de pneus específicos, onde pudemos observar especialmente as capacidades de comportamento exigente. Fomos também à inigualável pista de testes em Nardò, em Itália, onde testámos a durabilidade do pneu a alta velocidade.

 

O novo Eagle F1 Asymmetric 2 foi também testado em Espanha, na América do Norte e naquela que é considerada uma das mais exigentes pistas do mundo: a Nordschleife da Nürburgring, na Alemanha. Com 73 curvas, uma inclinação ascendente de 18 graus e uma diferença de altitude de 290 metros, o circuito de Nordschleife é, sem dúvida, a pista de competição mais dura do mundo. A condução em 20,83 quilómetros por montanhas e vales com tipos de asfalto diferentes permite-nos testar o pneus em condições o mais semelhante possíveis às "condições reais na estrada".

É possível desenvolver um pneu de desempenho ultra elevado que seja também ecológico?

Percy Lemaire: Sem dúvida! Existem desafios muito específicos quando se pretende melhorar o desempenho da condução e segurança e como reduzir o impacto ambiental. O nosso objetivo era complicado: aumentar a aderência e diminuir, simultaneamente, a resistência ao rolamento do pneu. O novo Eagle F1 Asymmetric 2 inclui a bem-sucedida FuelSaving Technology da Goodyear, que utiliza menos material no pneu e proporciona uma menor produção de calor para uma menor resistência ao rolamento. A otimização da forma da cavidade e da rigidez do piso do pneu resultam também numa distribuição de pressão mais uniforme na área de contacto, o que permite melhores níveis de quilometragem. A composição otimizada do composto e a construção inovadora, proporciona uma boa condução e travagem e, ao mesmo tempo, um dos melhores níveis de resistência ao rolamento no segmento UHP de pneus.

 

Sobre a Goodyear

A Goodyear é uma das maiores empresas de pneus do mundo. Emprega aproximadamente 69.000 pessoas e fabrica os seus produtos em 51 fábricas em 22 países em todo o mundo. Os seus dois centros de inovação em Akron (Ohio) e Colmar-Berg (Luxemburgo), trabalharam para desenvolver produtos de ponta e serviços que estabeleçam os standards da tecnologia e rendimento na indústria.

A gama de pneus da Goodyear Dunlop Europa para veículos comerciais e autocarros incluem mais de 400 pneus diferentes em mais de 55 tamanhos. Muitos dos principais fabricantes comerciais do mundo usam pneus Goodyear de série, entre eles a DAF, Iveco, MAN, Mercedes-Benz, Camiões Renault, Scani e Volvo. A Goodyear também fornece pneus aos principais serviços de reboque. Graças à Fleet First, que inclui a rede de serviços TruckForce, a linha 24h de assistência na estrada, o sistema de gestão online FleetOnlineSolutions e as tecnologias para recauchutar da Goodyear, a empresa oferece uma das mais amplas gamas de serviços específicos para o sector.

Para obter mais informações sobre a Goodyear e os seus produtos, visite www.goodyear.com D3X2044M_HD_HighRes_49912 D3X2417M_HD_HighRes_49957
 

PEUGEOT GOLF TOUR

 

Etapas nacionais levam a Paris duas duplas amadoras


Portugal volta a integrar a prestigiada competição PEUGEOT GOLF TOUR INTERNATIONAL, evento da responsabilidade da Marca e da sua Rede de Concessionários, dedicado em exclusivo aos amadores da modalidade e que celebra este ano a sua 30ª edição. Serão dois os torneios – Aroeira 1 e Oporto Golf Club – a disputar no nosso país, apurando duas duplas para a Grande Final Internacional de Paris.
Aposta histórica e estratégica para a Marca, o golfe amador volta a estar em destaque em 2014, com a realização do PEUGEOT GOLF TOUR INTERNATIONAL, competição que envolve 14 países nas etapas de apuramento para a Grande Final, que se disputa de 13 a 15 de Setembro em Paris no prestigiado Golf de Saint-Cloud.
No nosso país, e numa evolução face ao ano passado, serão dois os apuramentos a realizar no âmbito do PEUGEOT GOLF TOUR PORTUGAL 2014:
 o primeiro terá lugar a 28 de Junho a sul da capital, no campo de golfe Aroeira 1, considerado pelos especialistas como um dos melhores campos da Europa, tendo sido palco de inúmeros Open de Portugal, integrando-se no complexo com o mesmo nome;
 uma semana depois, a 5 de Julho, conhecer-se-á a segunda dupla nacional que viajará até Paris, após sagrar-se vencedora de semelhante torneio a realizar no Oporto Golf Club, um dos mais antigos clubes da Europa continental.
Esta competição apresenta-se, assim, como uma oportunidade de excelência para a Peugeot destacar os seus novos modelos junto destes jogadores e dos demais convidados, como sejam o Peugeot 308 SW, modelo recentemente coroado com o título de «Carro do Ano 2014» e que será lançado no mês de Junho, ou ainda as propostas híbridas diesel, como o 508 RXH, ou mesmo o super-desportivo RCZ R.
«O golfe continua a ser uma forte aposta da Marca, prova disso é a realização este ano de duas etapas do Peugeot Golf Tour, bem como a renovação do acordo de Patrocinador Oficial da Federação Portuguesa de Golfe, um acordo celebrado em 2012 e entretanto renovado até 2015» refere José Barata, Director de Relações Externas e Imprensa da Peugeot Portugal.
308SW1PeugeotGolfTour.PORTUGAL

 

CONCEPT IBIZA CUPSTER

 

A marca espanhola apresenta o Ibiza CUPSTER no encontro anual, Wörthersee 2014
SEAT Ibiza CUPSTER: máxima diversão ao ar livre


/ Um espetacular protótipo sem teto para celebrar o 30º Aniversário do Ibiza.
/ Demonstra a faceta mais vibrante do modelo Ibiza
/ A versão CUPRA, foi a base para criar este dinâmico bi-lugar


SEAT revelará no encontro de Wörthersee 2014 uma
interpretação completamente nova do seu modelo mais popular: o SEAT Ibiza CUPSTER,
com o qual a companhia espanhola celebrará em terras austríacas o 30º aniversário do
Ibiza. É sobretudo graças ao seu para-brisas envolvente e ao desaparecimento total do
teto, que se consegue ter o maior prazer de condução a bordo do novo Ibiza CUPSTER.
Além do mais, o facto de estar baseado no CUPRA proporciona uma base muito eficaz
graças ao seu motor 1.4 TSI de 180 CV e uma caixa de velocidades DSG de dupla
embraiagem.
"O Ibiza foi sempre o coração da SEAT: um automóvel dinâmico com um design atrativo,
com ótimas características para o dia a dia e uma excelente relação qualidade/preço",
afirma JürgenStackmann, presidente de SEAT S.A. "Em Wörthersee celebramos o seu
30º aniversário com a apresentação do singular Ibiza CUPSTER, sem esquecermos a
edição especial 30º Aniversário dotada de um excelente equipamento, e ainda, um
magnífico programa de atividades".
O SEAT Ibiza dá alas à imaginação pelo seu design, tão emocionante como
dinâmico, que os clientes identificam como uma das principais razões para adquirir
o modelo mais popular da marca espanhola. O Centro de Design da SEAT realizou
uma reinterpretação surpreendente deste carácter para dar vida ao Ibiza CUPSTER:
com uma carroçaria que é praticamente idêntica ao modelo de série até à altura
dos ombros, acima dessa linha tudo se altera radicalmente.
Este divertido bi-lugar não tem teto, e inclusivamente o clássico para-brisas dianteiro
converteu-se numa tira envolvente de vidro com pouca altura. Não obstante, o condutor
e seu acompanhante encontram-se bem protegidos graças à posição dos assentos, uns
80 milímetros mais baixos que no modelo de série. O Ibiza CUPSTER conta com umas
características completamente novas: é mais largo e mais baixo.
Ibiza Cupster_Front
A SEAT é a única empresa do setor automóvel com capacidade para desenhar, desenvolver,
fabricar e comercializar automóveis em Espanha. Integrada no Grupo Volkswagen, a
multinacional, com sede central em Martorell (Barcelona), exporta cerca de 80% da sua produção
e está presente em 75 países. Em 2013, a SEAT vendeu no mundo, 355.000 unidades.
O grupo SEAT conta com 14.000 profissionais e tem três centros de produção: Zona Franca, El
Prat de Llobregat e Martorelll (Barcelona), onde são fabricados, entre outros, os famosos
modelos Ibiza e Leon. A fábrica do Grupo Volkswagen em Palmela (Portugal) produz o SEAT
Alhambra, a fábrica de Bratislava (Eslováquia) o novo SEAT Mii e a fábrica de Mladá Boleslav
(República Checa) o novo SEAT Toledo, todas elas fábricas do Grupo Volkswagen.
A multinacional espanhola conta também com um Centro Técnico que se configura como um hub
de conhecimento e que acolhe mais de 900 engenheiros, com o objetivo de impulsionar a
inovação do investidor industrial número um em I+D+i de Espanha. De acordo com o seu
compromisso com o meio-ambiente, a SEAT desenvolve a sua atividade principal segundo
critérios de sustentabilidade para a redução de CO2, eficiência energética, assim como
reciclagem e reutilização de recursos.

 

SEMANA RINO

 

Semana do Cliente nas Oficinas Rino

 

Semana Cliente_Rinov2
A Rede de Oficinas Rino apresenta a Semana do Cliente, com a promessa de várias ofertas exclusivas para os condutores que se dirijam a uma oficina aderente.
Dê um tratamento VIC (Very Importan Car) ao seu automóvel
Se é do tipo de condutores que faz tudo para ter o seu carro sempre nas melhores condições, esta campanha é para si! De 24 a 30 de Maio, a rede de oficinas Rino estende a passadeira vermelha aos seus clientes, convidando-os a aderir à Semana do Cliente e a usufruir de um check-up gratuito, e ainda, de uma oferta exclusiva em cada dia da campanha.
No dia 24 de Maio, as oficinas aderentes à campanha Rino oferecem 1L de óleo BP na mudança do óleo e respectivo filtro, sendo a oferta válida apenas na aplicação de óleo BP. O dia 26 será o Happy Day, com a oferta de uma lavagem ao exterior do seu automóvel, e ainda, 10% de desconto para todos os serviços de colisão. No dia 27, os clientes beneficiam de descontos até 50% na substituição dos pneus, incluindo também a oferta da equilibragem das rodas e válvula dos pneus. No dia 28, haverá a oferta do tratamento anti-bacteriano no carregamento do Ar Condicionado, e a 29, a oferta do líquido de travões na mudança de Pastilhas e/ou Discos de Travão. Por fim, no dia 31 garante-se 25% de desconto imediato em todas as reparações necessárias, que tenham sido detectadas durante o check-up, gratuito em qualquer dia desta iniciativa.
A campanha é válida nas oficinas aderentes, saiba qual a que fica mais perto de si em www.rino

 

NOVIDADES NOS DS 3

 

DS 3 E DS 3 CABRIO:


NOVA ASSINATURA LUMINOSA TORNA-OS AINDA MAIS IRRESISTÍVEIS

CL 14.063.001_01CL 14.070.002
Primeiro modelo DS, o DS 3 veio abalar os códigos vigentes. O seu estilo, o seu dinamismo e as múltiplas possibilidades
de personalização tornaram-no num verdadeiro ícone automóvel, com cerca de 300 000 unidades comercializadas desde
o seu lançamento, com uma taxa de conquista de 66%.
Um m novo olhar único, tecnológico e hipnótico
O DS 3 e o DS 3 Cabrio adoptam novos projectores que combinam, em estreia mundial, as tecnologias de LED e de
Xenon com os novos indicadores progressivos de mudança de direcção.
Estes novos projectores conferem ao DS 3 uma visão ainda mais eficaz e relaxante graças a uma qualidade excepcional de
iluminação quer em médios, quer em máximos. Graças à utilização cumulativa de três módulos de LED e de um módulo
Xénon, o fluxo luminoso é poderoso, amplo e homogéneo, garantindo maior visibilidade e conforto em trajectos nocturnos.
Um novo olhar eficiente, que permite poupanças de consumo de energia na ordem dos 35% em médios e 75% em
máximos. Com uma vida útil superior a 20 000 horas, os LED apresentam uma durabilidade 20 vezes maior do que as
lâmpadas de halogéneo.
O DS 3 e o DS 3 Cabrio voltam a mexer com os códigos
estabelecidos, reforçando ainda mais a sua personalidade com
uma nova assinatura luminosa Xénon Full LED, exclusiva e hightech.
Um novo visual que é acompanhado de outras evoluções,
como a introdução da tecnologia Active City Brake, de novos
motores que respondem à norma Euro6, ou ainda novas soluções
de personalização. O DS 3 e o DS 3 Cabrio estão mais irresistíveis
do que nunca.

 

 

Inspirado nos «concept-cars» Numéro 9 e Wild Rubis, este novo visual retoma o princípio dos módulos independentes, cujo
design evoca diamantes encastrados. O DS 3 integra, também, novos indicadores de mudança de direcção progressivos,
um exclusivo no segmento.
Esta nova assinatura luminosa é complementada por luzes diurnas (DRL) de LED nas entradas de ar frontais, que tornam o
DS3 imediatamente identificável. Na traseira, o DS 3 e o DS 3 Cabrio distinguem-se, também, através das suas luzes LED
com efeito 3D. Como toque final de sofisticação, esta luz 3D conta com um «logo» DS cromado inserido numa trama DS
negra em relevo.
Um refinamento renovado
Para que o DS 3 e DS 3 Cabrio permanecem únicos e sempre mais atractivos, a DS introduz novas ofertas e novas
soluções de personalização.
O DS 3 vê-se enriquecido com um painel de bordo redecorado, graças a uma gravação a laser no mesmo, bem como uma
serigrafia no vidro lateral traseiro. Dois detalhes inovadores que fazem a ponte às origens parisienses da DS. Essa
personalização denomina-se, por isso, «Irrésistible Paris», evocando o refinamento da arquitectura da cidade através de um
friso ilustrando os seus monumentos emblemáticos, como a Torre Eiffel e o Arco do Triunfo.
Adicionalmente, um novo tom Blanc Nacré vem enriquecer a gama de cores disponíveis, tal como o fazem os novos
revestimentos e as novas jantes em alumínio de 17 polegadas em formato diamante.
Mantendo-se como opcional ou de série de acordo com o nível de acabamento escolhido, o Cuir Nappa Crescendo e a sua
confecção do tipo «bracelet», de excepcional qualidade, demonstra todo o «savoir-faire» da Marca. Um «savoir-faire»
exclusivo, resultado do trabalho dos melhores curtidores e artesãos e da longa tradição inerente ao couro francês.
Novos motores com maior performance e eficiência
O DS 3 e o DS 3 Cabrio são reconhecidos pelo seu comportamento em estrada, vivo e emocionante, resultantes das
ligações ao solo incisivas e rebaixadas, garantindo reacções espontâneas em todas as circunstâncias. O meticuloso trabalho
de afinação e a assistência da direcção precisa dão uma perfeita estabilidade nas trajectórias e um profundo sentimento de
controlo e segurança em todos os momentos. Numa palavra, uma síntese perfeita de dinâmica e conforto, fontes do prazer
de condução.
Para enriquecer essas sensações de dinâmica, a gama de motores do DS 3 assiste à chegada de novos blocos a gasolina e
Diesel já de acordo com a norma Euro 6.
No capítulo Diesel, destacam-se os blocos BlueHDi 120 e BlueHDi 100*. Mais potentes e mais ecológicos, estão na
vanguarda da tecnologia. Com efeito, estes motores BlueHDi incorporam um módulo SCR (Selective Catalytic Reduction),
tecnologia capaz de reduzir fortemente as emissões de NOx (- 90%).
Adicionalmente, o DS 3 beneficia dos motores Diesel menos poluentes do seu segmento: o BlueHDI 100*, «Best in
Class» com uma versão de 79 g/km de CO2 e o BlueHDi 120 de 94 g/km de CO2. São, também, mais económicos em
termos de consumos (3,0 l/100 km para o BlueHDi 100 e 3,6 l/100 km para o BlueHDi 120), oferecendo mais do
que nunca performances de excepção.
Quanto aos motores a gasolina, o DS 3 mantém o bloco «Racing» de 207 cv e o THP 155, unanimemente reconhecidos
pelo seu brio e suavidade logo desde os regimes mais baixos. Conta, também, com o motor e-VTi 82 ETG, da família
PureTech, que responde à norma Euro6. Um motor simultaneamente económico (4,1 l/100 km de consumo misto) e
ecológico (95 g/km de CO2), acoplado a uma caixa de velocidades pilotada: ETG (Efficient Tronic Gearbox), de cinco
relações e que conta com uma função de «rampage» e um mapeamento do pedal optimizado, permitindo melhores
doseamentos, assegurando arranques mais suaves e uma maior agradabilidade de condução.
*De acordo com o país
Novos equipamentos tecnológicos e modernos
O DS 3 é reconhecido pela sua facilidade de utilização graças aos seus cinco «verdadeiros» lugares e ao maior volume da
bagageira da sua classe, quer na berlina quer na versão Cabrio. O modelo integra novos equipamentos para facilitar a
condução em cidade.
Com efeito, o DS 3 e o DS 3 Cabrio são os primeiros a usar o sistema Active City Brake, processo de travagem automática
que permite reduzir os toques a baixa velocidade. Um sensor de laser «curto», colocado na parte superior do pára-brisas,
detecta um veículo que viaje no mesmo sentido do trânsito ou que se imobilize à sua frente. Quando o veículo seguir a
menos de 30 km/h, o sensor activa automaticamente o travão para evitar a colisão.
Finalmente, para facilitar as manobras do dia-a-dia, o DS 3 e o DS 3 Cabrio podem, também, ser equipados com uma
câmara de visão traseira, acoplada ao sistema de navegação eMyWay.

 

MELHORES CONCESSIONÁRIOS DISTINGUIDOS

 

Ford Chairman’s Award Distingue Melhores Concessionários da Marca em 2013

 

 

  • Quatro Concessionários Ford em Portugal recebem galardão atribuído pelos seus clientes

 

  • Resultados são obtidos através de inquéritos regulares enviados aos clientes pela Ford, ao abrigo do programa "A Opinião do Cliente"

 

  • São avaliados os padrões de serviço prestado nos Concessionários desde a compra de um veículo novo, até à assistência em pós-venda

 

  • Portugal será este ano o país anfitrião dos 200 melhores concessionários a nível europeu que estarão em Lisboa para a final da UEFA Champions League

 

 

Trofu 2013_LR Num processo de cariz anual, os clientes Ford voltaram a pronunciar-se sobre o trabalho desenvolvido pelos concessionários ao longo do ano de 2013 pelo que eis-nos, agora, chegados à altura de anunciar os nomes das concessões distinguidas com o mais importante galardão da Ford Motor Company a nível global, o conceituado 'Chairman's Award'.

 

Em cerimónias realizadas recentemente, a Ford Lusitana acaba de distinguir a CAM Porto, FIAAL (Faro), Hermotor (Guimarães) e Louresfor (Loures), Concessionários que viram o seu trabalho enaltecido pelos respectivos clientes em reconhecimento dos elevados padrões de serviço prestados e que vão desde a aquisição de um veículo novo, até à assistência em pós-venda.

 

Para o efeito, Alberto Meireles, Aníbal Guerreiro, Raúl Herculano, Boaventura Mendes de Almeida, respectivamente gerentes daquelas entidades, receberam na presença dos seus colaboradores, os respectivos galardões das mãos de Diogo Rezende, na qualidade de Presidente da Ford Lusitana. No seu discurso, felicitou os vencedores pelos excelentes resultados alcançados e encorajou-os a manter os elevados padrões de serviço ao Cliente.

 

De salientar ainda que Portugal será este ano o país anfitrião da cerimónia que reunirá os melhores 200 concessionários a nível europeu que em 2013 se destacaram na excelência do seu serviço ao Cliente. No próximo fim-de-semana, coincidindo com a final da UEFA Champions League onde irão estar presentes, terá lugar o jantar de gala que será o corolário da edição 2013 destes troféus.

 

Todos os vencedores deste ano foram já contemplados no passado com aquele que é o mais importante galardão da Companhia neste domínio, a saber:

 

  • A CAM Porto alcança esta distinção pela sexta vez, registando no seu palmarés o troféu dos anos de 2005, 2006, 2008, 2009 e 2010 e agora o de 2013;

 

  • A FIAAL inscreveu o seu nome pela primeira vez em 1994, repetindo em 1995, 2000, 2008, 2009, 2011, 2012 e de novo agora, em 2013;

 

  • A Hermotor detém o recorde de ‘Chairman’s Awards’, registando já 11 galardões, cinco dos quais consecutivos, entre 1995 e 1999, de novo em 2005 e mais uma vez pelo quinto ano consecutivo, de 2009 a 2013;

 

  • A Louresfor inscreveu em 2011 pela primeira vez o seu nome neste ‘clube’ exclusivo, e, desde então, continua a merecer a distinção dos seus clientes, com o seu terceiro troféu consecutivo;

 

 

Recorde-se que a Ford realiza inquéritos regularmente para auscultar a opinião dos clientes relativamente aos serviços que lhes são prestados nas respectivas concessões quando aí se dirigem para comprar um automóvel novo ou fazer a assistência ao seu veículo. A informação obtida é depois divulgada aos Concessionários, através do programa 'A Opinião do Cliente', permitindo-lhes avaliar, a qualquer altura, os respectivos níveis de satisfação.

 

PORSCHE É NOTICIA NOS ESTADOS UNIDOS

 

Mais uma vez , a alta demanda dos investidores em refinanciamento

 

Porsche coloca novo vínculo ABS nos EUA

 

 Porsche Financial Services, Inc. , com sede em Atlanta, Geórgia , emitiu um novo vínculo ABS nos EUA Cerca de valor 490 milhões dólares americanos . Porsche Financial Services é ano indireta subsidiária integral da Dr. Ing. . H. C. F. Porsche AG. Assim como ocorre com as operações em anos anteriores, a colocação privada recebeu as melhores notas das agências de rating, e em comparação com outros emissores de referência, que alcançou um nível muito baixo spread de crédito . A taxa de cupão média está bem abaixo de um por cento . Pela primeira vez , este tipo de transação inclui contratos de financiamento Bentley e Lamborghini , além de contratos de financiamento de Porsche.

Desde 2012, Porsche Financial Services tem -beens leasing Oferta e produtos de financiamento para as marcas Bentley, Lamborghini e Bugatti , aussi Tudo o que pertence ao grupo Volkswagen . "Este é o Grupo Automóvel Integrado no trabalho", Lutz Meschke , diretor financeiro da Porsche AG, explicou . " A irmã marcas Dentro do benefício Grupo de nossas estruturas comprovadas. A quinta colocação bem sucedida desde 2011 e repetiu o excesso de demanda significativo destacar a boa reputação da Porsche no mercado de títulos ABS " , acrescentou o Sr. Meschke . Porsche Financial Services é uma emissora privada bem estabelecida de títulos nos EUA e CONSIDERA transações tese elemento significativo da estratégia de refinanciamento icts ano. A operação foi apoiada pelo Barclays Capital , JP Morgan e Société Générale como corredores de livros. Os investidores que você comprou o seguro de títulos ABS eram empresas , fundos de pensão , bancos, gestores de ativos e empresas.

 

Google Tradutor

 

MAZDA HAPPY DAY

 

‘Mazda Happy Day’ realiza-se já este Sábado
na Rede de Concessionários Mazda


• Prémios e descontos para os clientes Mazda neste Sábado dia 24 de Maio
• Sucesso da acção de após-venda que cumpre este ano o seu 4º ano


Mazda CX9_logo2__jpg300No próximo Sábado, dia 24 de Maio, a Rede de Concessionários da Mazda
Motor de Portugal promove uma acção denominada ‘Mazda Happy Day’, a qual tem como públicoalvo
os actuais proprietários de modelos da marca japonesa.
Esta acção realiza-se pelo quarto ano consecutivo e garante um ‘check up’ gratuito a todos os
clientes que se deslocarem nesse dia a um Concessionário Mazda. Adicionalmente, aqueles
poderão usufruir de um ‘voucher’ de 35 euros (mais IVA), a descontar numa qualquer operação de
manutenção (a realizar até final deste ano).
Nesse dia e enquanto os especialistas da Rede Mazda concentram a sua atenção nas actuais
viaturas dos clientes, através desse ‘check up’, os seus proprietários poderão efectuar ‘test-drives’
com algumas das mais recentes propostas da Mazda*, nomeadamente os modelos da 6ª geração –
Mazda3, Mazda6 e Mazda CX-5 – o aniversariante Mazda MX-5, o ‘roadster’ mais vendido do
Mundo, mas também os populares modelos Mazda2 e Mazda5.
Acrescente-se ainda que fruto da associação ao ‘Rock in Rio - Lisboa 2014’, tendo a Mazda o
estatuto de ‘Viatura Oficial’, os clientes irão receber brindes associados ao mais importante evento
musical que se realiza no nosso país e que tem início no dia seguinte, no Parque da Bela Vista.
* De acordo com as disponibilidades em cada Concessionário Mazda

 

NOVO PULSAR DA NISSAN EM BRVE

NOVO PULSAR DA NISSAN EM BREVEBoD QpHIAAA4cJ5

 

GALERIA DE IMAGENS

GALERIA DE IMAGENS

 

PASSAGEM DO WTC NA HUNGIRA

 

Grupo de imagens final da passagem do WTCC pela Hungria.HUNG411HUNG412HUNG414HUNG415HUNG416HUNG417HUNG418HUNG419HUNG419HUNG440HUNG1000HUNG1001HUNG1002HUNG1003hung1100hung1102hung1103hung1104hung1105hung1106hung1107hung1108hung1109hung1130hung1131hung1132hung1140hung1151hung1152hung1153hung1154hung1157hung1158hung1159

 

GALP ENERGIA É NOTICIA

 

Galp Energia lidera na satisfação dos clientes do mercado livre de eletricidade

 


A Galp Energia voltou a ser a melhor empresa em termos de satisfação dos clientes entre todas as que operam no mercado livre de eletricidade, segundo o índice ECSI, elaborado a nível nacional pelo Instituto Português da Qualidade (IPQ), pela Associação Portuguesa para a Qualidade (APQ) e pela Universidade Nova, através do seu Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação (ISEGI).
O estudo analisou os graus de satisfação dos clientes nos diferentes setores dos combustíveis, gás engarrafado, gás natural e eletricidade. A Galp Energia liderou a classificação em todas as variáveis em avaliação neste setor, tanto no segmento dual (clientes com eletricidade e gás natural) como nos clientes apenas de eletricidade. A variável “valor” – a que mais diretamente reflete o fator preço – foi aquela em que a Galp mais se destacou face às suas concorrentes.
O ECSI Portugal – Índice Nacional de Satisfação do Cliente, é um sistema de medida da qualidade de bens e serviços disponíveis no mercado nacional que permite disponibilizar às empresas informação estratégica sobre a satisfação dos seus clientes, contribuindo assim para melhorar a sua competitividade.
A metodologia adotada consiste na realização de um inquérito junto dos clientes de cada marca/empresa estudada e na especificação e estimação de um modelo de satisfação do cliente, sendo os resultados agregados ao nível de cada setor de atividade.
O modelo utilizado recorre a métricas internacionais que permitem comparar o grau de satisfação dos clientes em diferentes mercados, sendo que os resultados de satisfação obtidos pela Galp Energia são superiores aos de algumas referências internacionais, como o mercado britânico.

 

NOVO RENAULT MÉGANE RS

 

NOVO renault mégane r.s.: EVOLUÇÃO DE UM AUTOMÓVEL DE REFERÊNCIA…

 

Há um novo Renault Mégane R.S. no mercado nacional! Sempre com as características que lhe conferiram o estatuto de referência do mercado, mas com uma imagem ainda mais moderna e apelativa: uma frente com novos faróis de LED com novas molduras e máscaras, pára-choques e grelha redesenhados, mas também o losango da Renault de maiores dimensões com a exclusividade da inserção da sigla R.S.. O motor 2.0 litros turbo de 265 cavalos continua a ser sinónimo de emoções fortes e a mais recente geração do R.S. Monitor (integrado no sistema R-Link) confirma isso e muito mais, ou não fosse o mais completo sistema de telemetria do mercado e o único disponível no segmento!

 Novo-Megane-RSNovo-Megane-RS Novo-Megane-RS interior

 

MERCEDES BENZ NA ESTRADA

 

Mercedes-Benz On the Road 2014

A Mercedes-Benz realiza este ano, uma vez mais, o Mercedes-Benz On the Road, uma iniciativa da Marca para clientes e potenciais clientes. Entre maio e outubro, a Mercedes-Benz irá percorrer cerca de 20 cidades, de norte a sul do país, para mostrar os seus modelos mais recentes.

Com esta ação a Mercedes-Benz pretende dar a conhecer a sua gama de produtos mais recente, como o novo Classe GLA e novo Classe C, bem como outros modelos compactos em ações promocionais promovidas fora dos showrooms. Dada a forte adesão de clientes no ano passado, esta ação irá cobrir novamente todo o território nacional estando o seu início marcado para Lisboa e passando por cidades como Braga, Santarém, Figueira da Foz, Aveiro, Porto entre muitas outras localizações.

O objetivo deste evento nacional é dar a conhecer os produtos Mercedes-Benz, num ambiente descontraído e com uma estrutura e decoração feita para o efeito. Esta é uma ação suportada pela rede de concessionários Mercedes-Benz que mantém assim uma forte cooperação depois do sucesso obtido em anos anteriores.Classe CClasse GLA

 

ACÇÃO LAMBO EM MARBELLA

ACÇÃO LAMBORGHINI EM MARBELLA

 

A marca italiana levou a cabo uma acção para a conquista de novos clientes em Espanha, mais exactamente em Marbella, onde deu assim a oportunidade de poderem testar os modelos da conceituada marca italiana.LAMBOMARBELA1LAMBOMARBELA2LAMBOMARBELA4LAMBOMARBELA5LAMBOMARBELA6LAMBOMARBELA7LAMBOMARBELA8LAMBOMARBELA9LAMBOMARBELA10

 

KRAUTLI LANÇA CAMPANHA

Krautli lança campanha de velas de ignição BERU

Em vigor até ao final de maio.

A Krautli tem em vigor até final do mês de maio uma campanha de velas de ignição BERU.

Esta campanha consiste na oferta de queijos de Nisa aos clientes que comprem velas de ignição da marca BERU.



CAMPANHA BERU Velas de Ignição 2014

 

CRESCIMENTO NA RPL CLIMA

RPL Clima: 13 anos de crescimento

O especialista em sistemas de ar condicionado consolida cada vez mais o seu gradual sucesso nas vendas.

A RPL Clima está a consolidar ainda mais a sua posição no mercado como especialista de peças ao nível da climatização automóvel através do seu crescente volume de vendas ao longos dos últimos 13 anos.

Este sucesso crescente demonstra bem o crescimento sustentado que a RPL clima tem vindo a realizar em conjunto com os seus parceiros de negócio. 

Contudo os seus fornecedores têm apostado também numa equipa séria e digna de representar os produtos de primeiro equipamento no mercado do aftamarket contribuindo também assim para este crescimento.



Ar Condicionado RPL

 

GAMA DE VALVULAS EGR

Gama de válvulas EGR da Blue Print

A Blue Print, especialista em peças para veículos Asiáticos e Americanos, apresenta uma abrangente gama de válvulas EGR que conta com 18 referências, que permitem aplicações em cerca de 90 populares veículos Japoneses e Coreanos.

 As válvulas EGR (em inglês Exhaust Gas Recirculation) já existem há várias décadas, mas são agora um componente essencial nos motores a gasóleo. Os modernos sistemas EGR são um caso de sofisticação; a sua função é a de introduzir gases de exaustão na entrada de ar, originando duas situações, primeiro reduzindo a quantidade de oxigénio na câmara de combustão, e num segundo nível, ao reaproveitar os gases de exaustão que contém CO2 e H2O (o resultado da combustão) separa as moléculas de oxigénio.

Assim, a combustão é retardada e a temperatura de pico é reduzida, o que é necessário para que não sejam formados óxidos de nitrogénio, que são muito penalizados nas regulamentações da União Europeia relativas às emissões.

Para mais informações sobre a gama de válvulas EGR da Blue Print, apenas terá que consultar o catálogo eletrónico Blue Print LIVE!

Como em todos os produtos Blue Print, esta gama está abrangida pelos 3 Anos de Garantia contra defeitos de fabrico.



Válvulas EGR Blue Print

 

BOSCH LANÇA NOVOS EQUIPAMENTOS

Bosch lança novos equipamentos de diagnóstico

Novos analisadores KTS 440 e 425 com base na nova Unidade de Controlo de Diagnóstico DCU 100. 

A Bosch acaba de lançar no mercado dois novos equipamentos modulares de comprovação de diagnósticos mais rápidos e económicos. Os novos modelos incluem componentes de elevado rendimento, projetados para satisfazer uma ampla variedade de necessidades no que diz respeito ao diagnóstico e à comprovação de um grande número de oficinas. 

Desenvolvidos com o objetivo de ajudar na manutenção de grande parte dos automóveis do atual parque automobilístico em Portugal, os novos equipamentos têm como base a Unidade de Controlo de Diagnóstico DCU 100, especificamente pensados para a utilização móvel no trabalho diário da oficina. O equipamento, em forma de tablet de 10”, está preparado para ser configurado em duas versões: com o analisador KTS 525 - baseado no KTS 540, mas sem multímetro - formando o pack de diagnóstico KTS 425 e que pode ser usado com o software de oficinas ESI[tronic] Light (expansível ao ESI[tronic] 2.0 versão completa); e com o KTS 540 (que inclui multímetro), que forma o pack KTS 440, e que, neste caso, já inclui o software ESI[tronic] 2.0. 

Em ambos os casos, o interface de trabalho é o DCU 100 que incorpora um disco de armazenamento de 320 Gb, um leitor de cartão de memória tipo SD e um ecrã táctil a cores TFT com resolução de 1024 x 600. Estes novos analisadores Bosch, desenvolvidos não só para facilitar mas para corroborar o posicionamento vanguardista da empresa nesta área, contam também com ligação Bluetooth, WLAN, 2 portas USB, alta voz, saída de áudio e bateria de lítio de elevada capacidade. 



Bosch Diagnóstico

 

REIFEN 2014

Reifen 2014

Ultimam-se os preparativos para a Feira Internacional da Indústria dos Pneus. O auto aftermarket news estará presente!

 De 27 a 30 de maio no Parque de Exposições Essen Messe em Essen, Alemanha.

Numa área de exposição com um total de 60.000 m2, as empresas do setor irão apresentar os seus produtos e serviços para a indústria dos pneus, novidades para o comércio de pneus, tecnologia de chassis e pneus, recauchutagem, vulcanização, reciclagem e oficinas. 

Estarão presentes 653 expositores vindos de 44 países sendo 70% dos expositores vindos de fora da Alemanha. Os países com maior número de expositores são China, Alemanha, Itália, Holanda e EUA. 

São esperados visitantes profissionais de 130 países de todo o mundo e como já é habitual a AutoAftermarketNews terá uma equipa de profissionais presente nesta feira para lhe darem a conhecer em primeira mão todas as novidades do setor.

Este ano a Reifen não será apenas uma plataforma para as novidades do setor mas também será um forúm eficiente permitindo um grande número de contatos internacionais.



Reifen 2010

 

MAZDA ACELERA VENDAS NA EUROPA

 

Mazda acelera dinâmica de vendas na Europa

 


• Construtor que rompe com as convenções aumenta vendas de automóveis novos de
Abril em quase 30 por cento
• Mazda regista aumentos de dois dígitos em percentagem em muitos países, crescendo
em quota de mercado

 


 A Mazda manteve, em Abril último, uma passada rápida em
termos de crescimento no mercado de automóveis de passageiros. Reforçando o posicionamento
da nova geração de modelos que desafia as convenções, comercializou 13.201 automóveis na
Europa no mês passado, um aumento de 29,2 por cento comparativamente a Abril de 2013. Em
termos de evolução no acumulado dos quatro primeiros meses de 2014, ela foi de 27,6 por cento,
permitindo à Mazda aumentar a sua quota de mercado na Europa para 1,4 por cento, dos 1,2 por
cento registados no mesmo período do ano passado*. Os valores acima tornaram a Mazda no
fabricante de automóveis em volume que mais evoluiu no mês, mas também no período
considerado.
Suportada em grande escala pelo lançamento na Europa, agora totalmente implementado, do novo
Mazda3 e assente na inegável popularidade do Mazda CX-5, a Mazda ultrapassou facilmente o
passo do mercado europeu de automóveis de passageiros, ele próprio em recuperação, subindo 4,2
por cento em Abril e 7,1 por cento no acumulado do ano.
Integrando a revolucionária Tecnologia SKYACTIV e o atractivo design KODO - A Alma do
Movimento, a multi-premiada sexta geração de modelos da Mazda sintetiza a reviravolta sustentada
da empresa, realizada na sequência da crise económica mundial e do fim da parceria da Mazda
com a Ford. Adoptou uma abordagem verdadeiramente alternativa na projecção e fabrico de
automóveis com características muito próprias, excepcionalmente divertidos de conduzir, frugais e
surpreendentemente acessíveis, oferecendo alguns dos melhores valores de revenda e dos
menores custos de utilização na indústria.

“Esta dinâmica é sustentável porque assenta em excelentes produtos, pelo que posso
mesmo adiantar que temos muito mais exemplos a caminho para os próximos anos,” refere
Philip Waring, COO da Mazda Motor Europe. “Com uma crescente capacidade de produção no
mundo, estamos também em condições de lidar com o constante aumento da procura. Na Mazda, a
estratégia que escolhemos está, certamente, a provar ser vencedora, como o confirma o
reconhecimento feito pelo cada vez maior número de clientes.”
Volume dispara 127,2 por cento em Portugal
Transversal a toda a Europa, esta dinâmica de vendas da Mazda estende-se a Portugal, país onde,
no acumulado do ano, a Mazda Motor de Portugal matriculou 343 automóveis de passageiros,
representando uma significativa evolução de 127,2 por cento face ao período Janeiro/Abril de 2013.
O mercado, igualmente em recuperação, fê-lo em ‘apenas’ 43,7 por cento.
Refira-se que com essa performance, a Mazda inverteu os dígitos em termos de quota de mercado,
conquistando 0,74 por cento do mesmo, face aos 0,47 por cento de há um ano.
Relativamente a Abril último, a Rede de Concessionários Mazda registou 69,2 por cento mais
matrículas face a igualmente mês do ano anterior. O mercado cresceu 53,1 por cento.**.

Mazda CX9_logo2__jpg300
* Fonte para os dados europeus: www.acea.be (Associação de Construtores Automóveis Europeus), Registos
de Automóveis de Passageiros Novos, EU28 + EFTA (excepto Malta)
** Fonte para os dados nacionais: www.acap.pt (Associação Automóvel de Portugal), Vendas de Veículos
Ligeiros de Passageiros

 

TRACÇÃO À FRENTE CITROEN

 

80º ANIVERSÁRIO DO TRACTION AVANT

 

 

Em 1934, a Citroën lança um novo automóvel, o «7 A», modelo que o público rapidamente baptizaria de
«Traction Avant», fruto da tracção às rodas dianteiras, numa estreia para um modelo de série. Desenvolvido no
espaço de 12 meses, tinha como objectivo colocar a Marca bem à frente dos seus concorrentes e assegurar-lhe
um sucesso duradouro. Para o alcançar, André Citroën muniu-se dos meios necessários e rodeou-se de homens
de talento.

 

 

O modelo viria a ser apresentado à imprensa a 18 de Abril. No dia seguinte, o jornal desportivo «L'Auto» referiase-
lhe assim: «é tão novo, tão audacioso, tão rico em soluções originais, tão diferente do que já se fez, que merece o
epíteto de sensacional». Concentrado tecnológico, é uma verdadeira bomba que abalou todos os conformismos
técnicos para estabelecer uma nova definição do automóvel.
O Traction Avant é rápido e económico, oferece uma maneabilidade incomparável e o seu estilo lateral demarcase
das restantes propostas de formato ‘quadrado’ da altura. Ao longo dos 23 anos da sua existência foram
produzidas três gerações Traction Avant: o «7», o «11» e o «15 Six».
Proposto em diferentes carroçarias, ele seduziu todo o tipo de públicos, sendo 759 123 os exemplares que
viriam a ser montados nas fábricas da Citroën de Javel, em Paris (França) – berço da Marca – Slough (Inglaterra),
Forest (Bélgica) e Colónia (Alemanha). 80 anos após a sua aparição, o Traction Avant ainda é tema de conversa!


OS PAIS DO TRACTION AVANT
Na origem do Traction Avant encontra-se um grupo de homens
notáveis, liderados por André Citroën, industrial, visionário, já então
famoso «avant-garde» pelas suas ideias ousadas e inovadoras. No início
dos anos 30, num contexto económico complicado, ele procura sair da
crise por cima, investindo no futuro. Ele pressente que o futuro far-se-á
pela industrialização de um automóvel de tracção às rodas da frente,
princípio nunca antes aplicado num modelo de série.
Em Março de 1933, quando se iniciam as faraónicas obras na fábrica
do Quai de Javel, em Paris, para adaptar o processo de produção, ele
contrata André Lefebvre, engenheiro de 37 anos que partilha dos seus
ideais. Convencido pelo projecto, Lefebvre referiu que «o equilíbrio de
um objecto móvel reflecte a distribuição de massas, pesada na parte da
frente, leve na traseira".
Pronto a enfrentar o desafio, de imediato se rodeia de uma equipa de especialistas, com Raoul Cuinet para a
carroçaria, Jouffret e Alphonse Forceau para a transmissão, Maurice Julien para a suspensão e Maurice Sainturat
para o motor. Já o estilo é confiado a Flaminio Bertoni, um escultor italiano que se juntou a Citroën em 1932
(não imaginaria que lá haveria de ficar ao longo de 32 anos, mesmo até final da sua vida). Com esta nova
viatura que se queria diferente do que então existia, ele iria expressar todo o seu talento como artista para
encontrar o equilíbrio perfeito entre estética e aerodinâmica, desenhando o Traction Avant da Citroën que, pelo
seu estilo e pelas suas tecnologias, iria revolucionar a paisagem automóvel daquele tempo, tornando-se num
modelo lendário.

A REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA


«Tracção rima com revolução!» Esta revolução é resultado das
inúmeras inovações do Citroën Traction Avant lançadas pela
primeira vez num modelo de produção em massa: o princípio
da tracção à frente, que se caracteriza por rodas da frente
simultaneamente tractoras e direccionais, a carroçaria em aço
do tipo «monocoque» autoportante sem chassis
independente, a suspensão por barras de torção
independentes (mais tarde, em 1954, aparece a suspensão
hidropneumática), travões hidráulicos (substituem os travões
cabos usados até então). O Traction Avant conta ainda com amortecedores hidráulicos, direcção de pinhão e
cremalheira, caixa de velocidades sincronizada (3 velocidades e marcha-atrás) e válvulas à cabeça com camisas
removíveis. Um concentrado tecnológico que se destacaria logo desde a sua primeira aparição!
A mais marcante destas inovações é, sem sombra de dúvida, o desenvolvimento e a industrialização do princípio
da tracção e direcção feita nas rodas dianteiras, sobre as quais repousa todo o conjunto motor/caixa de
velocidades. Essa nova arquitectura favorece uma melhor distribuição das massas, colocando o peso na secção
frontal, reduzindo-o na traseira, o que garante uma melhor maneabilidade, já que aumenta a aderência das
rodas. Em curva, o esforço motriz das rodas faz-se no sentido da trajectória, mantendo a viatura na direcção
correcta, permitindo à tracção à frente tolerar uma maior força centrífuga, pelo que a viatura pode descrever a
curva a velocidades mais elevadas sem risco de escorregamento.
No entanto, para obter um bom comportamento em pisos de baixa aderência ou em rampas de grande
inclinação, os engenheiros da Citroën tiveram que desenvolver um sistema de transmissão uniforme entre o
motor e as rodas de tracção, independentemente do ângulo do volante ou da reacção do veículo. Para o efeito,
aplicaram uma junta homocinética Rzeppa (nome do seu inventor, oriundo da então Checoslováquia) no novo
modelo da Citroën (em 1935 viria a ser substituída pela solução americana semelhante da Spicer).
Outra consequência da adopção do princípio da tracção à frente, a estrutura de transmissão das rodas traseiras,
existentes nos modelos de propulsão, é suprimida. A ausência deste elemento permite obter um fundo plano e
recuar as rodas traseiras, aumentando a distância entre eixos para maior conforto e habitabilidade, ao mesmo
tempo que se reduz em altura a posição dos passageiros, com implicações no centro de gravidade do modelo
(menos 20 cm comparativamente a um Rosalie), contribuindo para uma melhor estabilidade.


O «7»


Desenvolvido num período recorde de 12 meses, a berlina «7
A» seria apresentada pela primeira vez aos concessionários
franceses da Citroën em Março de 1934. A primeira entrega
teve lugar a 3 de Maio do mesmo ano.
A denominação «7» corresponde à potência fiscal do modelo. O
«7» é uma berlina equipada com um bloco de 1 303 cm3 que
desenvolve 32 cv. A sua velocidade máxima é estimada em 95
km/h. Em Junho de 1934, seria substituído pelo mais potente
«7 B», com 35 cv (1.529 cm3), podendo atingir os 100 km/h.
Este último esteve, desde o seu lançamento, disponível em
formato berlina, cabrio e coupé de 2 ou 4 portas. Nesse mesmo mês seria também apresentada uma versão
desportiva do «7»: o «7 S», que atingia os 110 km/h, fruto da maior potência do motor de 1.911 cm3 (46 cv,
ou 11 cavalos fiscais). Foi proposto em berlina, cabrio e coupé. Em Setembro de 1934, começa a
comercialização do «7 C», substituindo o «7 B», com uma cilindrada adicional de 99 cm3 (1.628 cm3) para
uma potência de 36 cv. Finalmente, em Fevereiro de 1939, graças às evoluções implementadas para a redução
dos consumos, é-lhe dado o nome de «7 C Economique».
A geração «7» do Traction Avant foi produzida entre 1934 e 1941, num total de 88 066 exemplares.
O «11»
Em Outubro de 1934, o «7 S» com 11 cavalos fiscais altera
a sua denominação para «11 AL» (L de «Légère»). É
apresentado no Salão Automóvel de Paris, lado a lado com a
berlina «11 A» (vulgo «Normale»), que havia sido lançada uns
meses antes, em Julho desse ano. Mantendo a mesma
estrutura mecânica do «11 AL», o «11 A» recebeu uma
carroçaria mais longa (+ 20 cm) e mais larga (+12 cm),
alcançando uma velocidade máxima de 105 km/h. Proposta
como berlina, coupé e cabriolet e ainda em duas novas
versões com 6 vidros, a «limousine» de 5 e 6 lugares, e a «familiar» de 7 a 9 lugares.
Em Janeiro de 1937, os «11 A» e os «11 AL» passariam a chamar-se «11 B» e «11 BL». Em Abril de 1938 é
apresentada uma versão comercial do «11 B» de 6 vidros, chamado «11 C». Em Fevereiro do ano seguinte, o
«11 B» e «11 BL» mudam, por seu turno, de denominação, respectivamente para «11 B Perfo» e «11 BL
Perfo». Uma alteração que resulta das alterações feitas na admissão e da adopção de um novo carburador

invertido, permitindo maiores níveis de performance. As potências respectivas aumentaram para 46 e 56 cv e as
suas velocidades máximas passaram a ser de 115 km/h para o «11 B Perfo» e de 120 km/h para o «11 BL
Perfo». Terminada a II Grande Guerra, o público adopta para os dois modelos nomes diferentes dos originais:
«11 Légère» e «11 Normale».
A geração «11» do Traction Avant é a mais comum, tendo-se produzido um total de 620 455 exemplares entre
1934 e 1957.
O «15 SIX»
O novo Traction Avant, comercializado no decurso do ano
de 1938, estava equipado com um motor de seis cilindros
em linha com pouco menos de 3,0 litros. Denominava-se
«15 Six» e estruturava-se na «coque» de um «11 Normale»,
modificado apenas na secção da frente, contando com um
motor 2 867 cm3 e uma potência de 77 cv. O «15 Six»
contava com uma potência fiscal de 16 cv. A sua velocidade
máxima era de 135 km/h, permitindo viagens a uma
velocidade média constante de 100 km/h, o que em conjunto com uma excelente ligação à estrada, lhe
garantiu de imediato uma enorme aceitação. Foi, por isso, baptizado como «rei da estrada».
Em Junho de 1938, é lançado sob o nome de «15 Six G» (G de «Gauche») já que o seu motor girava para a
esquerda. Em Março de 1939 junta-se à berlina uma versão «familiar» de 8 a 9 lugares e 6 vidros e uma
«limousine» de 5 lugares e 6 vidros. Entre 1939 e 1946/47 também se construíram algumas versões cabriolet.
Em Setembro de 1947 é restaurado o sentido de rotação do motor e o «15 Six G» torna-se no « 15 Six D» (D
de «Droite»). Em Abril de 1954, o «15 Six» é também proposto com suspensão traseira hidropneumática que
prefigura a que viria a surgir no futuro DS, denominando-se, por isso, de «15 Six H».
A geração Traction Avant «15 Six» produziu-se entre 1938 e 1956 num total de 50 602 exemplares.
OS CARROÇADORES
Os modelos «11» e «15 Six» serviram de inspiração a inúmeros carroçadores. Na Suíça, por exemplo, Walter
Baumann, Bernarth, Beutler, Langenthal ou Worblaufen, usaram-nos como base de transformação em cabriolets
de excepção na década de 50. Em França, em 1935, o construtor AEAT – les Anciens Etablissements Ansart et
Teisseire - fez da sua actividade principal a transformação dos Traction Avant em descapotáveis com um sistema
patenteado – «La Décapotable» – e acabamentos especiais em couro e tapetes a condizer.

O «22»


No Salão de Paris de 1934, a Citroën apresenta um
protótipo de um Traction Avant desportivo, em cor vermelha,
com a inscrição «o 22 - Citroën de 8 cilindros, tracção à
frente, cabriolet». Esta proposta contava com um motor de
oito cilindros em V, naturalmente com tracção das rodas
dianteiras, sendo anunciado como o automóvel mais seguro e
mais rápido do mundo. Com uma cilindrada de 3 822 cm3,
tinha uma potência anunciada de 100 cv e uma velocidade
máxima de 140 km/h. Também se caracterizava por um
acabamento interior com enorme detalhe e, muito em especial, por um design exterior diferente, incluindo um
capot mais longo, um pára-choques duplo, faróis encastrados na frente da cobertura das rodas, estrutura que
incluía os indicadores de mudança de direcção e o monograma «8». Uma vez terminado o salão, o «22»
desaparece sem deixar rasto e sem dar origem a um modelo de série. O mito do «22» perdura ainda hoje,
sendo até considerado pelos entusiastas do modelo como o «Santo Graal» a encontrar!

 


AS VIATURAS PRESIDENCIAIS

01 Traction_Avant02 Traction_Avant_Javel_193403 Traction_Avant_11_Normale04 Traction_Avant_22_Cabriolet
Tendo assumido funções a 16 de Janeiro de 1954 como
Presidente da República, René Coty encomendou uma
viatura de estado ao carroçador Marius Franay. Tendo como
base um «15 Six H» familiar, equipado com uma suspensão
traseira hidropneumática, foi a derradeira viatura a sair do
atelier deste prestigiado carroçador francês.
Coty viria a encomendar uma segunda viatura de estado.
Com o fecho das instalações de Marius Franay, seria Henri
Chapron a encarregar-se da realização desta unidade,
usando a mesma base – um «15 Six H» – mas com uma distância entre eixos superior. Este Traction Avant
único na sua espécie foi entregue a 3 de Outubro de 1956, tendo tido várias matrículas oficiais: primeiro «1 EN
75», depois «1 PR 75» em 1958 e, finalmente, «7 PR 75», até à construção do impressionante DS, também
pelo atelier de Chapron, em Novembro de 1968.

 

ARAN NA ASSEMBLEIA DA REPUBLICA

 

ARAN recebida na Assembleia da República

 


A ARAN – Associação Nacional do Ramo Automóvel foi recebida na Assembleia da República na última quinta-feira (dia 8 de maio) no âmbito das recomendações daquele órgão de soberania ao Governo. A ARAN fez-se representar pela presidente da direção, António Teixeira Lopes, e por dois empresários do setor automóvel, um da área dos reboques e outra da área da reparação.
Estes representantes das empresas puderam, de viva voz, contar os problemas que vivem, confirmando todas as informações que a ARAN tem fornecido às entidades com competência legisladora. Mostraram, assim, as dificuldades que as empresas do setor automóvel – que empregam dezenas de milhares de portugueses cujos postos de emprego estão em risco pela debilidade económica, mas, também, por incongruência jurídicas que o Governo pode mudar – vivem nos dias que correm.
Na área dos reboques, os principais problemas a resolver são a Lei dos Tempos de Condução e Repouso, a ausência de fiscalização pela Autoridade da Concorrência das tarifas (que são impostas direta ou indiretamente), a obrigatoriedade da utilização de GPS por algumas assistências (que assim controlam os rebocadores) e o livre acesso à atividade.
Também a área da reparação tem muitos problemas, com destaque para passividade das autoridades, seja do Governo seja de inspeção: São fiscalizadas as empresas legais e não as ilegais. Além disso, há imposição por algumas seguradoras do valor de mão de obra, colocação de peças, descontos, cedência de viatura de cortesia, rappel, etc. Outro problema, entre outros, é o incentivo para a ilegalidade por seguradoras, que ao não liquidarem o IVA ao lesado, este vai reparar nos ilegais, ficar com o dinheiro ou não colocar órgãos de segurança. Nos últimos anos anos, terão encerrado mais de metade das oficinas existentes, eventualmente por volta das oito mil, colocando no desemprego ou na clandestinidade mais de 35 mil pessoas.
No que se refere às vendas, a ARAN alerta para vários problemas, com destaque para a carga fiscal elevada, sobretudo nos automóveis dos segmentos baixos e a falta de crédito ao comprador. Realce ainda para a existência de vendas de automóveis usados na rua ou feitas por stands ilegais. Outro problema é a concorrência que os concessionários sofrem por parte dos importadores. Em algumas marcas, fica para os concessionários uma pequena parte das vendas.
Outro problema do setor está nos carroçadores de autocarros, que sofrem concorrência desleal. Com efeito, a fabricação de autocarros em Portugal é desfavorecida na liquidação do IVA à cabeça na ordem dos 50 mil euros por viatura, conquanto quando se trata de importações o IVA é liquidado no nosso país parcelarmente.

 

KAT DA OPEL FAZ 25 ANOS

 

'Kat' da Opel faz 25 anos

Quando Louis Hughes assumiu o comando da Opel, no início de 1989, traçou de imediato diversas linhas estratégicas, em diferentes planos. Entre as prioridades de topo estavam os catalisadores, com instrução de implementação imediata. A primeira grande decisão de Hughes foi inédita entre os fabricantes de automóveis europeus. Toda a gama de modelos Opel a gasolina passaria a ter um sistema de tratamento de gases de escape. Pouco tempo volvido, em meados de 1989, 19 em cada 20 automóveis vendidos pela Opel com motor a gasolina já estavam equipados de série com catalisador, demonstrando que a decisão de Hughes, estimulada por preocupações ambientais e incentivos fiscais, e não por um mero sentido comercial, tinha sido muito oportuna. Em poucos meses, todos os Opel a gasolina ostentavam orgulhosamente, logo ao lado da designação do modelo, o símbolo verde ‘Kat’ (abreviatura de Katalysator, em alemão) que viria a tornar-se famoso.  (...)

 

 

NOVO E GOLF

 

Volkswagen e-Golf
Volkswagen e-Golf_01Volkswagen e-Golf_02Volkswagen e-Golf_03Volkswagen e-Golf_04Volkswagen e-Golf_06Volkswagen e-Golf_04Volkswagen e-Golf_02

 

O novo e-Golf introduz o motor elétrico na produção em grande série

 

Faróis em LED e sistema de informação e de entretenimento de elevada tecnologia de série

Deslocações diárias com zero g/km de emissões de CO2

 

A Volkswagen apresentou a nível mundial o novo e-Golf por ocasião das “Semanas da Mobilidade Elétricas”, realizadas entre os dias 8 e 21 do passado mês de março em Berlim-Tempelhof, segundo a temática “electrified”. O novo e-Golf, um rápido e polivalente veículo elétrico com uma autonomia até 190 km e um equipamento de elevada tecnologia assegura uma velocidade máxima limitada a 140 km/h. Durante aquele evento, o objetivo da Volkswagen foi informar o público sobre as tecnologias e os futuros veículos elétricos. A temática central deste evento foi o novo e-Golf, a primeira versão puramente elétrica do modelo europeu com maior sucesso de vendas em todos os tempos.

 

 

 

VOLKSWAGEM UP

 

Volkswagen e-up!: campeão mundial em eficiência


Volkswagen e-up_01Volkswagen e-up_02Volkswagen e-up_03Volkswagen e-up_04

Os custos de energia são aproximadamente de 1,8 euros por 11,7 kW/100 km

A bateria de iões de lítio do e-up! possui uma potência nominal de 374 V e uma energia nominal de 18,7 kWh

O e-up! diferencia-se do modelo base do up! pela otimização do desenho aerodinâmico e por exibir padrões de maior qualidade

 

A Volkswagen estreia-se na era da mobilidade elétrica com o e-up! e o e-Golf, dois autênticos bestseller de vendas. Com um sistema de acionamento totalmente elétrico o e-up! é o ponto de partida para um novo e pioneiro conceito da Volkswagen aplicado a um veículo de quatro lugares. É um veículo para uma utilização diária que exibe o impressionantemente elevado binário de 210 Nm. Praticamente silencioso, o e-up! é alimentado por um motor elétrico que fornece uma potência máxima de 82 Cv. Assim, acelera de 0 a 100 km/h em 12,4 segundos e atinge uma velocidade máxima de 130 km/h.

 

 

 

TOP CAR É NOTICIA

 

A TOPCAR disponibiliza aos seus clientes uma campanha exclusiva: Check-up I.P.O válida nas
oficinas aderentes, até final de JUNHO 2014.
O cliente beneficia com esta campanha de condições ímpares para a realização da inspeção periódica
obrigatória através de um check-up e deslocação gratuitos.
A campanha em vigor permite aos clientes deixarem o seu automóvel numa oficina aderente e ver
realizada gratuitamente a verificação total para efeitos da inspeção periódica obrigatória assim como a
deslocação ao Centro de Inspecções.
Se necessária alguma intervenção na viatura resultante do check-up, o cliente usufrui de um desconto
de 10% na fatura, (em faturas com valor superior a 150€).
Esta campanha pretende oferecer um serviço diferenciador e exclusivo aos clientes que optem pelas
oficinas TOPCAR.
Na rede TOPCAR, os Clientes terão acesso a preços com total transparência, serviço executado de
acordo com os procedimentos dos construtores e peças com qualidade original. Poderão ainda aceder a
solução exclusiva de financiamento sem juros.
Esta Campanha promocional é válida em toda a rede TOPCAR, até final de JUNHO 2014.
Se procura o melhor para o seu automóvel, acabou de encontrar.
A Rede de Oficinas TOPCAR conta atualmente com mais de 45 Oficinas, em Portugal, nomeadamente:
Monção, Ponte de Lima, Viana do Castelo, Barcelos, Braga, Baião, Marco de Canaveses, Gandra, Paredes,
Paços de Ferreira, Maia, Leça da Palmeira, Rio Tinto, Matosinhos, Porto, Gaia, Feira, Ílhavo, Figueira da
Foz, Tondela, Guarda, Gouveia, Covilhã, Pombal, Marinha Grande, Leiria, Venda do Pinheiro, Alfragide,
Cacém, Cascais, Algés, Lisboa, Feijó, Azeitão, Alhos-Vedros, Corroios, Barreiro, Montijo, Fogueteiro,
Sesimbra, Setúbal, Beja, Albufeira e Faro

 

PORSCHE COM LUCROS

 

Grupo Porsche SE registra lucro de 728 milhões de euros para os três primeiros meses de 2014

Companhia continuou a esperar lucro do grupo de € 2200000000 e entre 2,7 milhões de euros para o ano fiscal de 2014

Nos primeiros três meses de 2014, a Porsche Automobil Holding SE , Stuttgart ( Porsche SE) , informou sobre lucro do grupo de 728 milhões de euros ( ano anterior: € 601.000.000 ) . Isto resultou principalmente do lucro do investimento contabilizados pelo capital em (ano anterior : 600 milhões de euros) Volkswagen AG de 732 milhões de euros .

Em 31 de março de 2014, o patrimônio líquido do grupo Porsche SE diminuiu para € 28520000000 (31 de Dezembro de 2013: 30.470 milhões de euros). Esta diminuição deve-se principalmente ao efeito de ano para ser reconnu diretamente no patrimônio líquido , sem efeito no resultado consolidado no nível do grupo Volkswagen em conexão com oferta da Volkswagen AG de Accionistas da Scania AB para a aquisição de todos os A e B ações da Scania .

A liquidez líquida da Porsche SE diminuiu ligeiramente de € 2610000000 em 31 de Dezembro de 2013, 2,60 bilhões de euros em 31 de Março de 2014. Este valor não inclui o dividendo para o ano fiscal de 2013 recebeu da Volkswagen AG, em maio de 2014.

No lado legal , a Porsche SE Alcançados mais uma vitória curso nos três primeiros meses de 2014. Em março de 2014, o Tribunal de Stuttgart Regional indeferiu uma reclamação apresentada por fundos de hedge dos EUA por danos no valor de aproximadamente € 1360000000 ( acrescido de juros ) . 19 dos 23 Requerentes interpôs recursos contra essa decisão junto ao Tribunal Regional Superior de Stuttgart. Como resultado , o montante total dos danos afirmado em processos tese diminuiu a 1,18 bilhões de euros ( mais juros) . Cinco novos processos ares atualmente sendo ouvido no Tribunal de Braunschweig Regional. O Tribunal de Justiça anunciou que irá proferir decisões em três dos processos de tese em 30 de julho de 2014.

Tal como no ano anterior , o Grupo de lucro / perda de Porsche SE para o atual ano fiscal será em grande parte dependente do lucro / prejuízo do investimento do grupo Volkswagen contabilizados pelo patrimônio líquido atribuível a Porsche SE. Em geral , com base na estrutura do grupo atual, a empresa continuou a esperar lucro do grupo para o ano de € 2200000000 e entre 2,7 bilhões de euros.

Google Tradutor

 

GM PENALIZADA

Autoridades aplicam multa recorde de 35 milhões de dólares à General Motors

Este problema tem sido associado a acidentes que causaram pelo menos 13 mortos e a GM levou mais de uma década a reconhecer a falha.

O Departamento de Transportes anunciou hoje em conferência de imprensa que a GM concordou em pagar a multa recorde e participar em procedimentos de supervisão sem precedentes.

Agência Lusa

 

PREÇOS DE REFERENCIA NOS COMBUSTIVEIS

Preços de referência nos combustíveis vão ser fixados "em breve" -- Moreira da Silva

À semelhança do gás de botija, o Governo pretende que sejam divulgados preços de referência para os combustíveis, uma missão que caberá à recém-constituída Entidade Nacional para o Mercado de Combustíveis (ENMC).

Em declarações à Lusa, Moreira da Silva explicou que os preços de referência vão permitir "ao consumidor e ao Estado escrutinar os valores praticados" e, ao mesmo tempo, servir de critério para perceber quais os concelhos que já têm oferta de combustíveis económicos.

Agência Lusa

 

TOYOTA DEDICA MAIA AS FAMILIAS

 

Toyota dedica mês de Maio às famílias com campanha e passatempos

No mês em que se comemorou o dia da Mãe, a Toyota está a promover várias iniciativas, entre passatempos e eventos para as famílias, ao mesmo tempo que desenhou campanhas especiais para os familiares Toyota Verso e Toyota Avensis.

“O que privilegiam as famílias no Automóvel?”
«Espaço interior para uma melhor vida a bordo, mudanças automáticas, equipamento multimédia e acessórios para entreter a família, para além da confiança na marca e plena segurança para os passageiros», foram estes os principais argumentos partilhados numa Mesa Redonda promovida pela Toyota, em Lisboa, ainda em Abril, sobre a temática “O que privilegiam as famílias no Automóvel” e onde participaram autoras de blogs de família.

Esta iniciativa deu o mote de arranque para definir várias atividades promovidas ao longo do mês de Maio dedicadas à família, e onde se destaca a partilha de dicas para informar e aconselhar famílias que pretendam comprar carro, assim como a definição de campanhas comerciais especificas para os carros familiares da gama Toyota.

No Facebook, para além da comemoração do dia da mãe com uma infografia partilhada no passado dia 8 de Maio, foi lançado um passatempo que, até às 12h00 do dia 29 deste mês, vai premiar com uma Cadeira Auto de Criança a fotografia da barriguita da “futura mãe Toyota” que alcance o maior número de votos (http://bit.ly/FuturaMãeToyota).

Familiares Toyota em Campanha
Ao longo de todo o mês de Maio, até 30 de Junho, os modelos Avensis e Verso contam com uma oferta comercial que melhor corresponde às necessidades das famílias portuguesas.
Para o monovolume Verso a Toyota oferece em toda a gama a tranquilidade no controlo dos custos com o contrato de manutenção programada de 3 anos ou 45.000 km, para manutenções realizadas na Rede Oficial Toyota em Portugal, nos intervalos previstos no plano de manutenção da viatura.
Por sua vez, o Avensis Sedan e Station Wagon, na motorização 2.0 D-4D, contam com a oferta de mais equipamento, nas versões Luxury e Exclusive para elevar o conforto abordo para todos os passageiros ao mesmo tempo que lhe confere uma estética mais marcante.

Novo Avensis e Monovolume Verso
A Toyota atualizou os dois modelos mais relevantes e direcionados para as famílias. O Avensis, com o seu perfil de executivo de topo que serve as necessidades de todos os membros do agregado familiar; e o Verso, o monovolume que sintetiza toda a filosofia da marca para famílias numerosas que procuram um automóvel capaz de dar resposta a todas as exigências da vida quotidiana. As novidades simultâneas ao nível de equipamento de conforto e multimédia, de motorizações, assim como ao nível de segurança, para além da imagem de ambos os modelos ser vestida com uma nova cor bronze que lhes confere um look atual e fortes atributos para conquistar e apelar às famílias portuguesas.Mobilidade em_familia_001

 

MAZDA PROLONGA ACORDO

 

Mazda prolonga acordo com as Aldeias de
Crianças SOS


• Ligação do construtor a esta organização de protecção infantil entra no seu 6º ano
• Empregados da Mazda voluntariam-se e angariam de fundos para as aldeias de toda a
Europa
• No nosso país, o apoio da Mazda Motor de Portugal nos dois primeiros anos passou pela
cedência de viaturas para colmatar necessidades de logística


 No espírito de celebração daqueles que, como a
Mazda, desafiam o convencionalismo com vista à melhoria das coisas, o construtor japonês
confirma com enorme satisfação que irá dar continuidade ao seu apoio de longa data às Aldeias de
Crianças SOS. Seja através da cedência de veículos, pela organização de actividades educativas e
culturais ou pela doação de equipamentos, a Mazda esteve muito activa durante o ano passado
com as Aldeias de Crianças SOS um pouco por toda a Europa.
O foco está sempre concentrado nas crianças. Alguns funcionários da Mazda Europa angariaram
uma quantia de cerca de 14.000 euros para uma aldeia na Roménia através da venda nas
instalações da empresa de peças da boutique Mazda, de sacos e têxteis da marca Mazda até
máquinas de café expresso. Perto de 50 funcionários da sede em Leverkusen dedicaram parte do
seu tempo na pintura de um jardim infantil de uma instalação SOS das proximidades.
Outros colegas da Mazda Alemanha doaram uma cozinha para uma nova Aldeia que irá ser
inaugurada na região de Düsseldorf durante o verão. Na Áustria, os empregados da Mazda
estenderam o seu apoio permanente a uma Aldeia de Moosburg, proporcionando, entre outras
coisas, presentes de Natal e ajudando com a jardinagem. Na Croácia, a Mazda continuou a ajudar
nas despesas de uma casa a sul de Zagreb, na aldeia de Lekenik, enquanto na vizinha Espanha,
além de donativos em dinheiro, a Mazda organizou conferências com estudantes de mecânica e até
estruturou estágios em Concessionários de Madrid.
Noutros países, a Mazda cedeu um conjunto de veículos que permitem suprimir parte das
necessidades logísticas das Aldeias SOS. Foi este o caso no nosso país, com a Mazda Motor de
Portugal a entregar duas unidades Mazda àquela instituição. Foi o segundo ano consecutivo desta
Portugal AldeiasSOS_2013_jpg300
associação, contando as viaturas cedidas com decoração exterior específica, que
destaca a alegria de viver que os mais jovens ali encontram. Para o corrente ano de 2014 está
em estudo o prolongamento desta associação, em moldes a anunciar oportunamente.
“Quando Hermann Gmeiner fez nascer as Aldeias de Crianças SOS, as suas ideias sobre como
ajudar, de modo efectivo, as crianças órfãs da 2ª Guerra Mundial não eram propriamente
convencionais,” refere Jeff Guyton, Presidente e CEO da Mazda Motor Europe. “Esta é uma das
razões porque as Aldeias SOS são um parceiro perfeito para uma organização como a Mazda. Mas,
sem dúvida, um aspecto gratificante da nossa colaboração é o facto de contribuir para a melhoria da
vida das crianças.”
Sobre as Aldeias de Crianças SOS
Fundadas em 1949 pelo austríaco Hermann Gmeiner, as Aldeias de Crianças SOS são a essência
de uma organização independente, internacionalmente activa, que opera na crença de que uma
criança desenvolve-se melhor num ambiente familiar repleto de carinho. O seu trabalho passa por
manter, sempre que possível, as crianças com as suas famílias, dando um lar aos restantes através
de famílias de acolhimento e nas próprias aldeias. A organização promove ainda acções de
educação e saúde infantil, gestão de creches e centros dia, escolas e instalações médicas, em
conjunto com as comunidades locais. Presentemente, a SOS Children’s Villages International está
activa em 133 países, operando 545 aldeias, 602 instalações de juventude, 222 creches e 108
escolas. A parceria da Mazda com as Aldeias de Crianças SOS remonta ao ano de 2008.
A sua presença em Portugal faz-se desde 1964, tendo missão idêntica, de acompanhamento de
crianças e jovens que se encontrem em situação vulnerável, promovendo o seu pleno
desenvolvimento e autonomia, através do acolhimento, da prevenção e do fortalecimento das suas
redes familiares e sociais. Promovem o seu desenvolvimento através da integração numa atmosfera
familiar até que se tornem adultos plenamente integrados na sociedade. O apoio da Mazda Motor
de Portugal iniciou-se em 2012.

 

NOVO MEGANE CUP

 

NOVO MÉGANE R.S. 275 TROPHY: POTÊNCIA E EXCLUSIVIDADE

 

 

A Renault Sport perpetua a tradição de comercialização de modelos desportivos exclusivos com o lançamento da nova série limitada Mégane R.S. 275 Trophy.

  • Motor 2.0 l a gasolina de 275 cv e associado ao chassis Cup
  • Novos equipamentos desportivos em associação com parceiros de reconhecido prestígio: escape Akrapovič, amortecedores Öhlins, pneumáticos Michelin…
  • Comercialização no Verão em cerca de 20 países, incluindo Portugal.Renault-Megane-Trophy- inteRenault-Megane-Trophy
 

DADOS DE CONDUÇÃO TOYOTA GT 86

 

Dados de condução do Toyota GT86, em circuito, podem ser guardados e revistos no jogo Gran Turismo 6 da Playstation

A Toyota Motor Corporation  desenvolveu um dispositivo de gravação de dados a bordo do Toyota GT86, que permite a visualização da condução real, no jogo Gran Turismo 6 da Playsation.

Apelidado de “Sports Drive Logger”, este sistema permite gravar todos os dados da telemetria, possibilitando apreciar a condução desportiva no mundo  virtual, fundindo a emoção e adrenalina de pilotagem em pista casa.

Desenvolvido especificamente para o desportivo Toyota GT86, o Sports Drive Logger será lançado no Japão, no próximo dia 2 de Junho, por cerca de 650 €.

Visualização da telemetria do Sports Drive Logger no Gran Turismo 6

Os dados recolhidos através da rede de controlo do GT86 (rede CAN) e também das informações disponibilizadas com precisão a partir de um sistema GPS específico, são armazenados e formatados para que possam ser facilmente copiados para uma pen USB.

Os dados recolhidos pela rede CAN, podem incluir informação do sistema de GPS do GT86, assim como, movimento de pedal do acelerador, ângulos de direção, curso do pedal de travão, mudança engrenada, passagens de caixa, velocidade do motor e velocidade do veículo.

A primeira utilização dos dados recolhidos vai ser utilizado no jogo de corridas automóveis desenvolvido pela Sony Computer Entertainment Inc. Gran Turismo 6 (GT6), um exclusivo da PlayStation®3 (PS3).

No passado dia 2 de Abril a atualização do firmware da PS3 (versão 1.06) permite inserir os dados gravados, recolhidos durante a condução do GT86 em determinados circuitos, no visualizador de GPS do GT6, possibilitando aos utilizadores rever as suas voltas em pista. Caso pretenda pode competir consigo mesmo entre o mundo real e o mundo virtual ou até com gravações de outros amigos.

Além disso, ao utilizar o Visualizador GPS em conjugação com o registo de dados de GPS do GT6, os utilizadores podem comparar os dados da sua performance de condução com os de pilotos profissionais, possibilitando um estudo e a melhoria das técnicas de condução através da prática de pontos de travagem recomendados, técnicas de aceleração e trajetórias de corrida.

No arranque os circuitos que estão disponíveis são o Fuji Speedway, Tsukuba Circuit e o Circuito de Suzuka, estando prevista a inclusão de mais pistas no futuro. 

 

MASTERS PAINTERS

 

22 e 23 de Maio decorre a final do desafio Master Painters


Pintor português na semifinal de desafio ibérico 3M Master Painters

Master painters
A primeira edição de “3M Master Painters: O Desafio”, a competição dirigida aos profissionais da reparação automóvel e às respetivas oficinas lançada pela 3M, já está na reta final.
Um português fará parte dos cinco finalistas que no passado dia 11 de Maio, foram apurados para a grande final, a decorrer nos dias 22 (semifinal) e 23 de Maio 2014, no Salão do Automóvel de Madrid, IFEMA. Dentro deste painel dos melhores Master Painters o pintor português vai viajar até Madrid para disputar a semifinal do concurso e, quem sabe, consagrar-se o melhor pintor automóvel ibérico.
O vencedor do concurso 3M Master Painters irá ganhar 2 entradas VIP de Paddock para a final do campeonato Fórmula 3 e GT Open no circuito de Montmeló no fim de semana de 18 de Outubro de 2014. Receberá ainda um desenho feito por Chip Foose e um lote de produtos 3M premium no valor de mil euros.
“Estamos muito orgulhosos do sucesso que está a ser o ”Master Painters: O Desafio”, foi muito difícil elegermos os cinco semifinalistas, pois, os participantes enviaram bons videos, onde aplicaram excelentes técnicas de pintura automóvel. Agora, aguardarmos ansiosamente a semifinal e a grande final, para vermos quem será o melhor Master Painter do desafio. ” – comenta Blanca de la Fuente, responsável do concurso “Master Painters: O Desafio” da 3M.
Os vídeos participantes foram partilhados no site (http://www.masterpainters.es/index-pt.php), onde o mais votado contou com 11.433 votos e no canal de Youtube 3MCarcareESP da empresa, onde o mais visto contou com 1.427 visualizações, até 30 de Abril de 2014, data em que terminou o prazo de apresentação de trabalhos e fase em que o júri iniciou a seleção dos melhores “Master Painters”.
Acerca da 3M
A 3M capta a força das novas ideias e transforma-as em milhares de produtos inventivos. A nossa cultura de colaboração criativa inspira um fluxo constante de tecnologias fortes que tornam a vida melhor. A 3M é uma empresa de inovação que nunca para de criar. Com 30.000 milhões de dólares em vendas, a 3M emprega 84.000 colaboradores em todo o mundo e tem operações em mais de 65 países. Para mais informação consulte o website www.3m.pt ou siga a empresa em twitter.com/3MPortugal ou facebook.com/3MPortugal.

 

CAMPANHAS AZ AUTO

 

Campanhas AZ Auto

Campanhas-AZ-Auto
Fruto da forte dinâmica comercial que está a implementar, a Auto lançou um conjunto de novas campanhas que visam aumentar a sua competitividade e oferecer condições comerciais imbatíveis aos seus clientes.
De 1 de Maio a 31 de Julho, na compra de lubrificantes BP os clientes ganham bolas de vólei, toalhas de praia e batas de trabalho.
Destaca-se também uma forte aposta na marca BOSCH, com vários produtos em campanha. Na compra de 200€ em Discos de Travão Bosch, a AZ Auto oferece um papagaio e uma mochila da marca. Na campanha de Filtros de Habitáculo, os clientes usufruem de 3% de desconto adicional e recebem 1 balança por cada 30 unidades compradas. As sondas lambda são outro dos produtos em destaque, oferecendo-lhe a possibilidade de ganhar vários brindes (papagaio, mochila, raquetes de praia e óculos de sol) mediante a compra de quantidades mínimas. Por fim, com a campanha de Retomas KTS, poderá modernizar o seu equipamento de diagnóstico auto usufruindo de preços líquidos bastantes competitivos.
A gama de Pneus está igualmente com preços imbatíveis em mais de 100 referências, numa ação comercial que se repete mensalmente.
Para saber mais pormenores sobre estas ações comerciais, poderá aceder a www.azauto.pt ou contactar o seu habitual gestor de cliente.

 

PARCERIA ALIDATA

 

PROCESSOS ORÇAMENTAIS EM OFICINAS AGILIZADO

COM PARCERIA ALIDATA E EUROTAX

 

A Alidata acaba de anunciar uma parceria com a empresa Eurotax - o principal fornecedor de dados e serviços de business intelligence para o setor automóvel, que permite maior rapidez na execução dos orçamentos nas oficinas de viaturas. Esta parceria consiste na integração das plataformas das duas empresas, o ERP Alidata Gestão de Oficinas e o EurotaxRepairEstimate para que os clientes possam utilizar as duas soluções de forma integrada e assim maximizar os benefícios na utilização conjunta. A principal vantagem da integração consiste na importação direta dos dados contidos nos orçamentos realizados no Eurotax para o Software Alidata.

 

Acreditamos que através desta parceria podemos contribuir para melhorar o serviço a todos os clientes. Esta novidade permite que diminua consideravelmente o tempo gasto na execução de orçamentos, com uma maior facilidade de trabalho, com minimização de erros e sem duplicação de tarefas, o que se traduz num aumento da produtividade”, afirma o managing partner da Alidata, Fernando Amaral.

 

Para além da importação direta de todos os dados, ficam igualmente anexados no ERP – Enterprise Resource Planning Alidata, todos os documentos realizados no Eurotax e que estão associados ao orçamento da viatura. Nesta importação é feita uma correspondência com as referências do Software Alidata, permitindo total rastreabilidade de documentos, bem como a confidencialidade dos mesmos.

 

O completo módulo de cálculo da Eurotax permite realizar uma orçamentação rápida (e consequente transferência para o ERP Alidata) de trabalhos de chapa, mecânica e repintura na reparação de veículos. Ao mesmo tempo o programa determina o valor de mercado do veículo a reparar. Permite também apurar imediatamente os tempos de pintura e custos de material para a pintura, os tempos de substituição recomendados pela marca e os tempos de mão-de-obra e custo de peças sobressalentes para a reparação mecânica e de chapa.

 

A Alidata é uma empresa 100% nacional, no mercado desde 1984, que opera no sector das tecnologias informáticas, com especialização no sector automóvel e industrial, onde desenvolve e implementa soluções de gestão integradas, hardware e software, com software 100% português, tendo em 2008 aderido ao projeto ‘Compro O Que É Nosso’ e é PME Líder e PME Excelência.

 

 

PORSCHE É NOTICIA

 

Entrada gratuita no domingo, 18 de maio

 

O Museu Porsche celebra o 37 º Dia Internacional dos Museus

 

Para marcar o 37 º Dia Internacional dos Museus , o Museu Porsche está oferecendo atividades visitante especiais para jovens e idosos , no domingo 18 de maio em todo o país slogan ' Coleta de unidades este ano. Admissão no dia é gratuita para todos os visitantes . Será que todos aqueles interessados ​​para a aussi primeira vez ser ble para ir em visitas guiadas de uma hora Fornecer uma visão sobre a oficina de museu, tudo o que não é normalmente aberto para o público. As visitas guiadas começam ao meio-dia e 16:00 . Para os visitantes jovens com idade entre 8 a 12, o museu está colocando em programa especial para crianças : Crianças vai ter uma visão sobre o trabalho de um curador e será ble para montar seu próprio pequeno museu . Este evento de duas horas vai ocupar duas vezes, às 10 horas e 02:00 .

A partir de 10 horas da manhã, nove Porsche Clubs aussi estará apresentando Cada um veículo no pátio do museu. Os clubes são: ' Porsche Diesel Club Europa e.V. '; ' Porsche Jagdwagen Registry e.V. '; ' Porsche Carrera RS Clube e.V. '; ' Porsche 914 Clube Deutschland e.V. '; ' Porsche 924/944 Clube Deutschland e.V. '; ' Porsche 356 Clube Deutschland e.V. '; ' Porsche 968 Clube Deutschland e.V. '; ' Porsche Clube für den klassischen Südwest 911 eV ; eo ' Porsche 928 Clube Deutschland e.V. .

O Dia Internacional dos Museus foi iniciado em 1978 pelo Conselho Internacional de Museus (ICOM ) . Desde 1992, o dia teve um slogan Anualmente mudando, tudo que com inúmeros museus sempre se envolver. O objetivo é chamar a atenção para o amplo espectro de trabalho para museu ea diversidade do assunto em museus de todo o mundo .

O Museu Porsche abre das terças a domingos 09:00-18:00 . Mais detalhes estão disponíveis online em www.porsche.com / museu e www.museumstag.de .

 

Google Tradutor

 

GHOSN NOMEADO PARA A PRESIDENCIA

 

CARLOS GHOSN NOMEADO PARA PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DA ACEA

 

Carlos Ghosn, Presidente-Director Geral da Renault, foi eleito Presidente do Conselho de Administração dos Construtores Automóveis Europeus (ACEA).

 

A partir de hoje, Carlos Ghosn sucede a Philippe Varin, antigo Presidente do Directório da PSA Peugeot Citroën.

Erik Jonnaert, Secretário-geral da ACEA : «  Carlos Ghosn conduzirá a ACEA num importante período de transição política na Europa. Na sua presidência, a ACEA continuará concentrada nas suas principais recomendações políticas: liderar a inovação, favorecer o crescimento através do comércio internacional e definir um quadro regulamentar de apoio. »

 

Carlos Ghosn

 

Carlos Ghosn entrou na Michelin em 1978 para dirigir a fábrica de Puy (França) e, em seguida, dirigiu as actividades da Michelin na América do Sul sedeadas no Brasil. Em 1989 tornou-se Presidente-Director Geral da Michelin na América do Norte. A sua carreira na Renault teve início em 1996 com o cargo de Director-Geral Adjunto onde, para além do controle das actividades da Renault no Mercosur, tinha a responsabilidade sobre as actividades de Pesquisa, Engenharia, Fabricação e Compras. Em 1999, foi nomeado Director-Geral da Nissan Motor e, 2001, Presidente-Director Geral, da Nissan Motor.

 

Presidente da Renault desde Maio de 2005 manteve o cargo de Presidente-Director Geral da Nissan Motor. Carlos Ghosn foi nomeado Presidente-Director Geral da Renault a 6 de Maio de 2009. Carlos Ghosn é, também, administrador da AvtoVAZ e do Banco Brasileiro Itaú.

Carlos Ghosn recebeu em 2011 o prémio Asia Business Leader atribuído pela CNBC e foi Presidente da ACEA em 2009.

 

 

 

Sobre a Associação dos Construtores Automóveis Europeus (ACEA)

 

A ACEA tem entre os seus membros, o BMW Group, DAF Trucks, Daimler, FIAT SpA, Ford of Europe, General Motors Europe, Hyundai Motor Europe, IVECO SpA, Jaguar Land Rover, PSA Peugeot Citroën, Renault Group, Toyota Motor Europe, Volkswagen Group, Volvo Cars, Volvo Group. Mais informações em http://www.acea.be.

 

Alguns números sobre a Indústria Automóvel na União Europeia

 

  • Cerca de 12.9 milhões de pessoas - 5.3 % da população assalariada da UE trabalham no sector.
  • Os 3 milhões de empregos na indústia automóvel representam 10 % do emprego industrial na UE.
  • Os automóveis representam 387 mil milhões de Euros na contribuição fiscal na EU15.
  • O sector é um elemento chave na criação de conhecimento e inovação e representa a maior contribuição privada em toda a Europa, para a I&D com 32 mil milhões de Euros investidos anualmente.
  • O sector automóvel contribui de forma significativa para a balança comercial da União Europeia com um excedente de 95.7 mil milhões de Euros.

 

Sobre a Renault

 

Construtor automóvel desde 1898, o Grupo Renault é um grupo internacional que vendeu, em 2013, mais de 2,6 milhões de veículos em 128 países. Actualmente o grupo tem cerca de 122 000 colaboradores e 37 unidades industriais. De forma a responder aos desafios tecnológicos do futuro e manter a sua estratégia de crescimento rentável o grupo apoia-se na complementaridade das suas três marcas (Renault, Dacia e Renault Samsung Motors), no veículo eléctrico, na Aliança com a Nissan e nas parcerias com a AVTOVAZ, Daimler e Mitsubishi. Com 12 títulos de Campeã do Mundo de Fórmula 1 em 36 anos, a Renault fez desta disciplina, a mais exigente em todo o mundo, um vector de inovação, de imagem e de notoriedade da marca.

 

 

 Carlos Ghosn

 

NISSAN COM CRESCIMENTO

 

NISSAN ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE 2,9 MIL MILHÕES DE EUROS UM CRESCIMENTO DE 14% FACE AO ANO ANTERIOR

 

 

NISSAN ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE 2,9 MIL MILHÕES DE EUROS UM CRESCIMENTO DE 14% FACE AO ANO ANTERIOR

  • A Nissan vendeu 5,2 milhões de unidades no seu ano fiscal 2013 e prevê alcançar 5,65 milhões no exercício de 2014

A Nissan Motor Co., Ltd. anunciou hoje os resultados financeiros do seu ano fiscal 2013 - que encerrou no passado dia 31 de Marco de 2014 - com o seu Presidente e CEO, Carlos Ghosn, a afirmar que a companhia está a acelerar as medidas que lhe permitirão cumprir os objectivos do seu plano de negócios de médio prazo, o Nissan Power 88, comprometendo-se com uma margem de lucro operacional de 8% até o final do ano fiscal de 2016 e visando uma quota de mercado de 8% nesse mesmo período.


Imagens Relacionadas

Imagens Relacionadas

 

GALERIA DE IMAGENS

GALERIA DE IMAGENS

 

DRIFT EM COIMBRA

 

teve lugar a uns dias atrás uma prova de drift em Coimbra, na qual o nosso amigo e colaborador Raurino Monteiro esteve presente, e assim apresenta esta série de "bonecos" para todos os leitores do nosso site.

 

Fotos de Raurino Monteiro em Coimbra - www.velocidadeonline.comrau1rau2rau3rau4rau5rau6rau7rau8rau12

 

VULCO LANÇA GAMA DE PRODUTOS

 

Vulco lança gama de produtos e planos de manutenção

Gama Vulco contempla produtos de qualidade e a um preço competitivo

Planos de Manutenção dispõem de uma oferta completa e preço ajustado

A rede de oficinas Vulco, parceira do grupo Goodyear Dunlop, já tem disponíveis produtos da gama Vulco e planos de manutenção automóvel para o cliente final em Portugal.

A gama de produtos Vulco é composta por óleos, baterias e líquidos a um preço muito competitivo. O apoio de fornecedores reconhecidos e de prestígio no mercado português, como é o caso da Galp no que respeita aos óleos, foi essencial para o desenvolvimento da gama garantindo-lhe qualidade. Da mesma forma, a produção e experiência no mercado espanhol garante um nível de preços muito competitivo para os associados Vulco.

Os Planos de Manutenção Vulco foram lançados a pensar no consumidor final. A Vulco desenvolveu 4 planos de manutenção automóvel diferentes para que se adequem às necessidades dos automóveis dos clientes. Estes planos estão disponíveis a partir de 25,95€ e têm em comum a mudança de óleo. A utilização dos produtos da marca Vulco para a prestação dos planos fazem com que a rede possa oferecer ao mercado um serviço de manutenção do veículo muito competitiva, dispondo de uma oferta muito completa a um preço ajustado.

 

Sobre a Vulco

 

Presente em 2 Continentes, a rede Vulco é composta por 216 pontos de venda em Espanha, 40 em Portugal e mais de 2000 na Europa. O rápido desenvolvimento fundamentado na gestão moderna, qualidade de serviço e compromisso com o cliente, tem por objetivo fornecer o melhor serviço e obter os mais altos níveis de satisfação.

 

Para mais informações sobre a Vulco visite o site www.vulco.info ou as páginas do Facebook e Twitter.

 

 

 

 

Sobre a Goodyear

 

A Goodyear é uma das maiores empresas de pneus do mundo. Emprega perto de 69 mil pessoas e produz os seus produtos em 52 unidades de produção em 22 países a nível global. Os seus dois Centros de Inovação em Akron, nos EUA, e Colmar-Berg, no Luxemburgo, procuram desenvolver produtos e serviços topo de gama que estabelecem um padrão de tecnologia e desempenho para o setor. 68x98 poster_2014_PT-page-001

 

HYUNDAI ANUNCIA VENCEDORES

 

A Hyundai Motor Anuncia os Vencedores do seu
Programa “Be There With Hyundai” FIFA World Cup™


 Mais de 1 milhão de votos submetidos na escolha dos 32 slogans
vencedores;
 Slogans vencedores serão colocados nos autocarros das
respectivas selecções durante o 2014 FIFA World Cup Brazil™;
 Frase vencedora para Portugal: O passado é história. O futuro é a
vitória.


A Hyundai Motor Company, Patrocinador Oficial do 2014 FIFA World Cup
Brazil™, anuncia hoje os vencedores do seu programa “Be There With Hyundai
(BTWH)”. Os 32 slogans vencedores serão colocados nos autocarros que
transportam as equipas durante o Campeonato.
Adeptos de todo o mundo, submeteram as frases de apoio à sua selecção para
o FIFA World Cup Brazil 2014™, desde o dia 17 de Outubro de 2013 até 27 de
Fevereiro de 2014 através do site FIFA.com, num total de mais de 160.000
slogans. Após o processo de triagem onde foram apurados os três melhores
slogans por selecção e num período compreendido ente 22 de Abril e 7 de
Maio, foram submetidos mais de 1 milhão de votos para apurar as frases
vencedoras de cada selecção qualificada.
“Three million dreams … Let’s go Uruguay,” slogan vencedor da selecção do
Uruguai, foi a frase escolhida para receber o “2014 FIFA World Cup™ tour
package” e o seu autor será contemplado com um programa que inclui bilhetes,
voos e hotel para 16 jogos. Cada um dos autores das 32 frases vencedoras
receberá uma fotografia do slogan inscrito no autocarro da sua selecção.
Desde o seu lançamento em 2006, no FIFA World Cup Germany™, o BTWH
tornou-se no programa de marketing com maior sucesso do evento, tendo
sempre despertado grande interesse por parte da imprensa. O programa
exclusivo da marca, continuou o seu êxito em 2010 no FIFA World Cup™ South
Africa, com a participação activa de milhares de adeptos pelo mundo inteiro.
Desde 1999, altura em que a Hyundai assinou o acordo de patrocínio para as
competições da FIFA, incluindo o World Cup Korea/Japan™ em 2002, a marca
foi um bem-sucedido patrocinador da categoria automóvel, nos Mundiais FIFA
de 2002, 2006 e 2010 para além de outras competições da FIFA. Em 2010, a
empresa estendeu o seu acordo estratégico de patrocínio com a FIFA, para
abranger os Mundiais de 2018 e 2022. Através do sucesso que tem sido o
patrocínio do futebol internacional, a Hyundai incrementou significativamente a
sua notoriedade e imagem de marca.
A frase vencedora da equipa nacional e que irá inscrita no autocarro de
Portugal é:
 O passado é história. O futuro é a vitória.
Os 32 slogans vencedores podem ser vistos em FIFA.com @
http://www.fifa.com/worldcup/games/be-there-with-hyundai/

 

HERTZ LANÇA PROGRAMA DE FIDELIZAÇÃO

 

HERTZ LANÇA PROGRAMA DE FIDELIZAÇÃO

COM VANTAGENS ACRESCIDAS

O renovado Hertz Gold Plus Rewards oferece um serviço de rent-a-car mais vantajoso

 

A Hertz Corporation introduziu novas vantagens ao seu programa de fidelização – Hertz Gold Plus Rewards – dando assim continuidade ao seu esforço de proporcionar aos seus clientes uma experiência de rent-a-car mais vantajosa. Com o renovado Hertz Gold Plus Rewards, os seus membros podem facilmente alcançar um estatuto privilegiado, ganhar pontos extra e trocá-los mais rapidamente, assim como ter acesso à sua conta através de uma tecnologia melhorada.

 

“Procuramos constantemente satisfazer e ultrapassar as expetativas dos nossos membros do programa Hertz Gold Plus Rewards”, refere Mark P. Frissora, Chairman e Chief Executive Officer da Hertz. “Avaliamos todos os aspetos do programa Hertz Gold Plus Rewards por forma a oferecer melhores prémios, permitir upgrades mais rápidos, uma maior facilidade na troca de pontos e uma experiência perfeita na realização da sua reserva”.

 

Hertz Gold Plus Rewards recebeu recentemente e pelo terceiro ano consecutivo, o Prémio FlyerTalk “Best Car Rental Rewards Loyalty Program” para os mercados dos E.U.A., Europa, África, Médio Oriente, Ásia, Oceânia e o prémio “Most Outstanding Car Rental Rewards Loyalty Program” para a América, Europa e África. FlyerTalk é uma comunidade de empresários e turistas dedicados a identificar e partilhar os mais sofisticados programas nas áreas de transporte aéreo, hotelaria e rent-a-car. O FlyerTalk Best Awards reúne a melhor combinação de valor, facilidade no serviço de reserva e serviço ao cliente.  

 

A Hertz reduziu o número de alugueres necessários para que os membros possam alcançar uma posição privilegiada. São apenas necessários 7 alugueres para se qualificar como Five Star® e 20 alugueres para ser considerado President’s Circle®. Para além disso, a Hertz é o único rent-a-car que diariamente faz um upgrade do status dos seus membros ao contrário do restante sector que habitualmente faz este tipo de upgrades anualmente. Isto significa que o programa de fidelização da Hertz torna mais fácil alcançar os estatutos mais elevados, aproveitando desta forma os benefícios adicionais.

 

Hertz Gold Plus Rewards é agora o programa de fidelização mais vantajoso em todo o mundo, oferecendo diversas vantagens:

  • Uma forma mais rápida para ganhar dias de aluguer grátis: até ao dia 15 de Abril, os membros Gold ganham pontos a triplicar nos alugueres qualificáveis.
  • Mais formas de ganhar pontos: para além dos pontos que os membros Gold obtêm com os serviços de aluguer também ganham pontos com os serviços Hertz NeverLost®, na compra de combustível, nas opções de cobertura de seguro e entre outras.
  • Recompensas melhoradas: tecnologia melhorada que permite aos membros consultar em tempo real os seus pontos, verificar as suas atividades com mais de 24 meses e resgatar os seus prémios mesmo durante o processo de reserva.
  • Novos destinos premiados: a Hertz continua a expandir a rede onde os membros Gold podem trocar os seus pontos por dias de aluguer grátis, incluindo agora a Irlanda e o Brasil.  

 

Os membros do programa de fidelização da Hertz podem agora disfrutar de novos e melhorados serviços que se traduzem na melhor experiência de rent-a-car de sempre:

  • Reservas mais rápidas: os clientes podem agora fazer a reserva Hertz Gold Plus Rewards diretamente no balcão ou através do call center.
  • Hertz Gold Choice®: os clientes sabem que o carro vai estar pronto quando chegar e têm a liberdade de fazer alterações no momento de recolha da viatura.
  • Alertas via telemóvel – os membros Gold podem receber emails ou sms diretamente para o seu telemóvel que lhe indica ao minuto que carro vão levantar e onde está estacionado.
  • Alugueres mais rápidos: os membros Gold podem recolher as suas viaturas em mais de 50 aeroportos em todo o mundo. Adicionalmente estão disponíveis mais de 4000 estações em todo o mundo onde os membros podem simplesmente apresentar a sua carta de condução e recolher as chaves.

 

Os pontos do Hertz Gold Plus Rewards podem ser redimidos em mercados como Austrália, Bélgica, Brasil, Canadá, França, Alemanha, Irlanda, Itália, Luxemburgo, holanda, Nova Zelândia, Palau, Espanha, Reino Unido e Estados Unidos da América. Para mais informações, reservas ou termos e condições completas, visite www.hertz.com

 

NISSAN ANUNCIA RESULTADOS

 

NISSAN ANUNCIA RESULTADOS DE VENDAS EM ABRIL NA EUROPA

 

 

NISSAN ANUNCIA RESULTADOS DE VENDAS EM ABRIL NA EUROPA

A Nissan anunciou hoje as vendas para Abril de 50.339 unidades, um aumento de 16,7%, comparado com o último ano e que corresponde a uma quota de mercado de 3,6%.

Destaques de Abril:

  • Crescimento de 16,7% face ao período homólogo de 2013
  • Crossovers Qashqai e Juke foram os Nissan mais vendidos no mês
  • O Reino Unido e a Rússia continuam a ser os mercados líderes na Europa
  • Aumento de +0,6 pontos da quota de mercado face a Abril de 2013.

2014

2013

Vendas de Abril (unidades)

50.339

43.137

Quota de Mercado de Abril

3,6%

3,0%


 

AUDI CONTINUA EM CRESCIMENTO

 

AUDI AG: novamente dois dígitos de crescimento nas vendas em abril

Audi A3_Limousine

Cerca de 149.050 unidades vendidas em todo o mundo, um aumento

   de 11,6 por cento em relação a abril de 2013

Luca de Meo, Diretor de Vendas e Marketing da Audi AG: "segmento compacto e os modelos de topo de gama conheceram um crescimento mais consistente"

A3 Limousine já disponível nos Estados Unidos

 

Bom início de vendas no segundo trimestre: em comparação com o mesmo mês do ano passado, as vendas globais da Audi aumentaram 11,6 por cento em abril, para cerca de 149.050 unidades. O crescimento de vendas aconteceu, uma vez mais, em todas as regiões do mundo. Na Europa, a Audi aumentou as vendas em abril em 8,6 por cento, na América do Norte em 16,7 por cento e na região da Ásia-Pacífico em 15,3 por cento. Como tal, o acumulado chegou já aos 561.900 veículos Audi vendidos desde o início do ano, um aumento de 11,7 por cento em comparação com igual período do ano precedente.

 

GOOD YEAR É NOTICIA

 

Pneus FUELMAX da Goodyear eleitos os melhores pela TÜV SÜD

Os pneus FUELMAX S e FUELMAX D da Goodyear superam a concorrência de marcas Premium em testes independentes de resistência à rodagem

 

A recente estreia da gama de pneus FUELMAX da Goodyear, focada na resistência à rodagem, alcançou as melhores posições nos testes que comparam este parâmetro em relação a outros pneus líderes do mercado.

Nestes testes, a TÜV SÜD, prestigiada empresa internacional especializada em certificações técnicas, comparou os pneus de direção e de tração da gama FUELMAX, com pneus de caraterísticas semelhantes dos principais concorrentes. Com base nos resultados da TÜV SÜD sobre a resistência à rodagem, a Goodyear calculou que os pneus FUELMAX, em conjunto com os pneus de reboque Goodyear, que se caraterizam pela eficiência de combustível, poderiam atingir uma poupança de 1200€[1], em termos de custos anuais com combustível por veículo, numa frota padrão quando comparados com o concorrente imediato e até 1950€ em comparação com a média. Isto significa que os pneus FUELMAX da Goodyear são líderes quanto à eficiência de combustível.  

 

A FUELMAX é a gama de pneus da Goodyear orientada para a eficiência de combustível que oferece a melhor resistência à rodagem sem comprometer a quilometragem, a travagem em piso molhado ou outros parâmetros chave no rendimento. O pneu de tração FUELMAX D está assinalado com a montanha de três picos, com o símbolo do floco de neve (3PMSF) e a marca M+S (terra e neve), o que o torna num pneu para todas as estações do ano. O seu alto potencial de poupança de combustível, apoiado pelos resultados dos testes realizados pela TÜV sobre a resistência à rodagem, reflete-se também na qualificação positiva na etiqueta europeia de pneus em eficiência de combustível: 6 em cada 7 pneus FUELMAX da Goodyear disponíveis obtiveram qualificações A ou B.

 

“Estes testes avaliam a excecional eficiência de combustível que os novos pneus FUELMAX oferecem aos operadores de frotas, ajudando-os a reduzir os custos. Os pneus FUELMAX são os de maior eficiência de combustível da gama da Goodyear e estes resultados confirmam a nossa convicção. Atualmente, temos os pneus mais eficientes do mercado”, declarou Philippe L’Hote, diretor de marketing de pneus para pesados na Goodyear Dunlop Ibéria.

 

Os testes de resistência à rodagem realizaram-se sobre três diferentes áreas: pneus de direção, tração e reboque. Em todos os testes os FUELMAX da Goodyear superaram claramente a concorrência. Os resultados dos testes da TÜV SÜD provam que se pode alcançar uma poupança potencial anual de 1200 € por veículo, utilizando uma combinação de pneus FUELMAX S e D em comparação com os concorrentes, enquanto a poupança proporcionada pela linha mais eficiente de pneus para pesados da Goodyear, quando comparada com a média dos seus concorrentes testados pela TÜV SÜD pode alcançar 1950€ por veículo. Estes números mostram o elevado potencial de poupança de custos que a gama FUELMAX da Goodyear oferece às frotas. Estes cálculos foram realizados com um camião de cinco eixos padrão de 40 toneladas com quilometragem anual de 150.000 km, consumo de combustível de 34 l/100km e preço de combustível de 1,30€ por litro.

 

Sobre a Goodyear

 

A Goodyear é uma das maiores empresas de pneus do mundo. Emprega aproximadamente 69.000 pessoas e fabrica os seus produtos em 51 fábricas em 22 países em todo o mundo. Os seus dois centros de inovação em Akron (Ohio) e Colmar-Berg (Luxemburgo), trabalharam para desenvolver produtos de ponta e serviços que estabeleçam os standards da tecnologia e rendimento na indústria.

 

A gama de pneus da Goodyear Dunlop Europa para veículos comerciais e autocarros incluem mais de 400 pneus diferentes em mais de 55 tamanhos. Muitos dos principais fabricantes comerciais do mundo usam pneus Goodyear de série, entre eles a DAF, Iveco, MAN, Mercedes-Benz, Camiões Renault, Scani e Volvo. A Goodyear também fornece pneus aos principais serviços de reboque. Graças à Fleet First, que inclui a rede de serviços TruckForce, a linha 24h de assistência na estrada, o sistema de gestão online FleetOnlineSolutions e as tecnologias para recauchutar da Goodyear, a empresa oferece uma das mais amplas gamas de serviços específicos para o sector.

 



[1] Os cálculos de poupança realizados pela Goodyear G*ICL foram feitos com um camião padrão com 5 eixos e 40 toneladas e pneus nas medidas 315/70R22.5 na direção e tração de 385/55R22.5 em reboque, considerando uma média de consumo de combustível de 34 l/100 km, quilometragem de 150,000 km por ano e um preço de combustível de 1,30€ por litro. Os resultados podem variar consoante condições da estrada e climatéricas, estilo de condução, condições de aderência, tamanho e pressão do pneu ou manutenção do veículo.Goodyear KMAX_FUELMAX_Driving_HR_02_BR

 

DIA DE CLIENTE OPEL

 

Opel realiza 'Dia do Cliente' no próximo dia 17 de Maio

A Opel promove no próximo sábado, dia 17 de Maio, um dia especial dedicado a todos os clientes Opel, oferecendo uma verificação gratuita do estado de funcionamento dos seus veículos. No âmbito desta iniciativa, que já vai no 16º ano consecutivo e que tem contado em todas as edições com a adesão de milhares de proprietários de veículos da marca em Portugal, a Opel convida todos os seus clientes a realizarem um ‘check-up’ gratuito aos seus automóveis de passageiros e comerciais numa das 78 oficinas dos reparadores autorizados Opel em todo o país. Os clientes receberão também a oferta de um vale de 20 por cento de desconto para peças substituídas em reparações efetuadas no âmbito do Dia do Cliente e 25 por cento de desconto na mudança de óleo seguinte. (...)

 

 

PORSCHE PANAMERA BATE RECORDE

 

Modelo Panamera ocupa cargos crescimento recorde

Porsche já entregou 55.000 veículos aos clientes no ano até agora

Stuttgart. Porsche AG voltou Impulsionado icts entregas para os clientes , em abril de 2014, com 16.300 veículos vendidos , a fabricante de carros esportivos acumulou um ganho de sete por cento ao sucedido em comparação com os números do mesmo mês do ano passado . De janeiro a abril deste ano, mais de 55.000 carros novos Porsche entregues aos clientes ( + 5,2%) . O Gran Turismo Panamera foi especialmente cobiçada na cena internacional e registrou o maior salto nas vendas , com 17 por cento até agora este ano.

"Estamos a levar adiante nossa estratégia de crescimento qualitativo com um novo valor superior nas entregas de veículos novos em abril ", disse Bernhard Maier , membro do Conselho Executivo de Vendas e Marketing da Porsche AG. " Nosso próximo passo será uma expansão das fileiras dos nossos carros desportivos de motor central Boxster e Cayman adicionando versões GTS premium. "

Todas as regiões reservado um aumento nas vendas de janeiro a abril de 2014, a resposta sobre a mão de nossos clientes chineses mais uma vez foi especialmente Incentivar TIC em força. Com 13.300 entregas, Porsche alcançado em TIC segundo grande maior mercado de mais de doze por cento ao Comparado com o . mesmo período em 2013 également Desenvolvido Europa foi positivo, vendeu 17.800 veículos significa um salto de oito por cento em comparação com o mesmo período do ano anterior.

O novo Macan foi - disponíveis nos Centros Porsche na Europa e no Oriente Médio desde abril. Os primeiros 2.000 clientes ficaram encantados no mês de reporte através da entrega de seu SUV compacto. O modelo 911 fica um tanto classifica disso Comemorado no fim de semana : no dia 10 de maio de 2014, o novo Porsche Targa , Todos os que já ganhou ao longo dos especialistas automotivos profissionais TIC com sistema de cobertura inovadora , totalmente automático, está fazendo icts estreia no mercado em Europa .
 
 
 
 
 
 
 

PORSCHE AG Entregas abril jan.-abr.
2014 2013 Variação (%) 2014 2013 Variação (%)
Mundo 16,297 15,232 7,0 54,960 52,241 5,2
Europa 6,325 5,125 23,4 17,816 16,460 8,2
Alemanha 2,659 2,333 14,0 7,540 7,128 5,8
América 4,765 4,756 0,2 16,381 15,939 2,8
EUA 4,072 4,032 1,0 14,208 13,682 3,8
Ásia-Pacífico , África e Oriente Médio 5,207 5,351 -2,7 20,763 19,842 4,6
China 3,416 2,988 14,3 13,301 11,832 12,4


Porsche modelo 911 classifica : consumo de combustível combinado de 12,4-8,2 l/100 km; Emissões de CO2 289-194 g / km; Classe de eficiência : G , F
Consumo de combustível Porsche Boxster fileiras modelo / Cayman combinado 9,0-7,7 l/100 km; Emissões de CO2 211-180 g / km; Classe de eficiência : G , F
Modelo Porsche Cayenne classifica : consumo de combustível combinado de 11,5-7,2 l/100 km; Emissões de CO2 270-189 g / km; Classe de eficiência : G- B
Modelo Porsche Panamera ocupa : consumo de combustível combinado de 10,7-6,4 l/100 km; Emissões de CO2 249-169 g / km; Classe de eficiência : F , E, D , B
Porsche Panamera S Hybrid- E: o consumo de combustível combinado 3,1 l/100 km; consumo de energia combinado kWh/100 16,2 km ; Emissões de CO2 71 g / km; Classe de eficiência : A +
Modelo Porsche Macan classifica : consumo de combustível combinado 9,2-6,1 l/100 km; Emissões de CO2 216-159 g / km; Classe de eficiência : E , D, B
Porsche 918 Spyder : consumo de combustível combinado 3,1-3,0 l/100 km; consumo de energia combinado kWh/100 12,7 km ; Emissões de 72-70 g / km de CO2; Classe de eficiência : A +

 

Google Tradutor

 

LANÇAMENTO DO SNAP IT BY SKODA

 

Lançamento do “SNAP IT by ŠKODA”

  • Iniciativa que pretende ver os Valores da Marca e o conceito “Simply Clever” através do olhar artístico e criativo da fotografia
  • Primeiro flash disparado pelo Embaixador da Marca, Pedro Lima
  • Inscrições abertas até 6 de Junho

 

Arrancou ontem, dia 6 de Maio, na ŠKODA Store em Lisboa o “SNAP IT by ŠKODA”.

Em linha com a estratégia de renovação da Imagem Škoda e reforçando o posicionamento da Marca na preocupação com as pessoas e utilização prática e inteligente enquanto utilizadores dos seus a modelos, o objectivo deste prémio é convidar todos os amantes de fotografia a estarem atentos aos pequenos detalhes que facilitam o dia-a-dia.

“Este prémio de fotografia vem reforçar o slogan da ŠKODA, Simply Clever, onde o objetivo é dar destaque a detalhes inteligentes, característicos dos nossos modelos”, explica António Caiado, Diretor de Marketing da marca. “A ŠKODA pretende afirmar-se enquanto Marca criativa e funcional que está atenta aos pequenos detalhes que facilitam o nosso dia-a-dia”, acrescenta.SK140358SK140373

 

AUDO QUATTRO CUP

 

Audi quattro Cup inicia edição 2014

• Audi quatro Cup associa-se ao 24º Circuito Golfe & Comunicação

• Final Mundial no Jumeirah Golf Estates, Earth Course, no Dubai

 

Pelo mundo fora, o Audi quattro Cup é considerado um dos torneios mais populares do golfe amador. Em 2014, perto de 100.000 jogadores de mais 52 países estarão presentes em torneios de apuramento.

 

Em 2014, o Audi quattro Cup, volta aos campos de golfe portugueses, associando-se ao 24º Circuito Golfe & Comunicação. Para além da prova Audi quattro Cup, a Audi também vai estar presente nas diversas provas do Circuito Golfe & Comunicação através da presença dos Concessionários das respetivas zonas.Au123252

 

NOVA DIRECTORA DA CITROEN

 

LINDA JACKSON NOMEADA DIRECTORA GERAL DA CITROËN
E YVES BONNEFONT NOMEADO DIRECTOR GERAL DA DS
Com efeitos a partir de 1 de Junho de 2014, Linda JACKSON
é nomeada Directora Geral da marca Citroën e Yves
BONNEFONT é nomeado Director Geral da marca DS.
Linda JACKSON será a Directora Geral da marca Citroën, a partir de 1 de Junho de 2014. Contando com 35
anos de experiência na indústria automóvel, adquirida em funções financeiras e comerciais, Linda JACKSON é,
actualmente, Directora da Citroën Grã-Bretanha e Irlanda.
Na mesma data, Yves BONNEFONT é nomeado Director Geral da marca DS, para acelerar o processo
desenvolvimento da DS como marca Premium. Ocupa, actualmente, o cargo de Director de Estratégia do Grupo
e Director Geral Adjunto da Citroën.
Segundo Frédéric BANZET, Director Geral da CITROËN desde Junho de 2009: «Temos hoje um duplo desafio
estratégico: continuar a sustentar o sucesso da DS e acelerá-lo, mas, também, instalar e implantar em todo o
mundo o novo posicionamento da CITROËN. Para o fazer, a DS torna-se uma marca completa e autónoma,
liderada por Yves Bonnefont, que teve um papel preponderante no trabalho de diferenciação entre as marcas.
Para a CITROËN, a renovação da marca será feita por Linda Jackson, alguém que já se destacou por superar
uma série de desafios no sector automóvel. Após cinco anos à frente da CITROËN, orgulho-me de passar o
testemunho a dois profissionais como a Linda Jackson e o Yves Bonnefont, ambos com uma grande experiência
e uma paixão pelo automóvel.»
Frédéric BANZET irá integrar a FFP (Société Foncière, Financière et de Participations), reforçando a Direcção
Geral.
linda-jackson 01
Linda Jackson (55 anos) é diplomada pela Universidade de Warwick (MBA), na Grã-Bretanha.
Iniciou a sua carreira no sector automóvel em 1977 na MG Rover Europe, tendo desempenhado diferentes
funções, nomeadamente como Directora Geral em França (2000 – 2003). Em 2005 integra a marca
CITROËN, primeiro como Directora Financeira da CITROËN Grã-Bretanha e depois da CITROËN França (2009
– 2010). Torna-se, então, Directora Geral da CITROËN Grã-Bretanha e Irlanda, em Julho de 2010.
Yves Bonnefont (43 anos) é diplomado pela Ecole Centrale de Paris.
Iniciou a sua carreira na PSA Peugeot Citroën em 1994, na fábrica de Rennes e depois no centro técnico em
Vélizy. Após quatro anos na Arthur Andersen, onde assegurou a direcção do pólo automóvel em França, em
2001 integrou a McKinsey, sendo eleito «partner» em 2006. Durante os seus 11 anos na McKinsey, Yves
Bonnefont trabalhou em especial com clientes do sector automóvel e de tecnologias de excelência. Em Janeiro
de 2012 integrou a PSA Peugeot Citroën como Director de Estratégia, tendo estado no centro do trabalho
realizado sobre o posicionamento das marcas. Em Abril de 2013, foi nomeado Director Geral Adjunto da
Citroën.

 

HERTZ APROVA SEPARAÇÃO

 

HERTZ APROVA SEPARAÇÃO DOS NEGÓCIOS DE

RENT-A-CAR E ALUGUER DE EQUIPAMENTOS

Novo programa de recompra de ações no valor de mil milhões de dólares

 

A Hertz anunciou recentemente a separação das suas unidades de negócio de rent-a-car e aluguer de equipamentos, dando origem a duas empresas independentes, de capital aberto – a Hertz constituída pela Hertz, Dollar, Thrifty, Firefly (empresas de aluguer de automóveis) assim como pela Donlen (fornecedor de serviços de locação e gestão de frotas) e a HERC, a divisão de aluguer de equipamentos. Esta ação de spin off, livre de impostos para os acionistas, estará concluída até ao início de 2015.

 

Com o spin off desta unidade de negócio a Hertz irá encaixar um valor líquido de aproximadamente 2,5 mil milhões de dólares que serão usados para pagamento de dívidas e para apoiar um programa de recompra de ações, recentemente aprovado, no montante de mil milhões de dólares.

 

Através da separação destes ativos iremos gerar um maior valor atual e futuro para os acionistas, com um retorno concreto no valor das nossas ações. Acreditamos que existem múltiplas potencialidades de expansão para ambas as unidades, já que esta separação vai ajudar a que cada uma se foque no seu negócio e no seu desempenho estratégico e operacional”, referiu Mark P. Frissora, Chairman and Chief Executive Officer da Hertz. “Os nossos negócios de rent-a-car e de aluguer de equipamentos são líderes nos seus respetivos mercados com ativos valiosos e um enorme potencial” continua.

 

O conselho de administração da Hertz acredita que esta separação irá, entre outras coisas:

  • §Criar em cada uma das empresas um perfil de crescimento mais forte e mais competitivo focado na gestão, nos recursos e processos que estão alinhados com as prioridades estratégicas e específicas de cada negócio.
  • §Otimizar as estruturas de capital das empresas de acordo com os seus objetivos.
  • §Permitir que cada negócio atraia e retenha os colaboradores com a oferta de compensações através de ações.
  • §Criar uma oportunidade de investimento mais direcionado, com avaliações comerciais múltiplas que refletem com maior precisão os pontos fortes e oportunidades de cada negócio.

A Hertz após a separação das unidades de negócio: empresa líder mundial no sector do rent-a-car

Após a separação, a Hertz continua a ser líder mundial no sector do rent-a-car com cerca de 11.555 estações de rent-a-car na América do Norte, Europa, América Latina, Ásia, Austrália, África, Médio Oriente e Nova Zelândia – oferecendo assim a maior rede de rent-a-car do mundo. A empresa inclui no seu portfólio as marcas Hertz, número um mundial no sector do rent-a-car e nos aeroportos assim como a Dollar, Thrifty e Firefly que representam outros segmentos de rápido crescimento, tais como o mercado do lazer e valor. Através da Donlen, a Hertz também oferece um sistema de leasing e gestão de frotas. Em 2013 o rent-a-car e sistema de leasing tiveram uma faturação no valor de 9,23 mil milhões de dólares.

 

A Hertz irá continuar a focar-se nos seus drivers de crescimento. Isto inclui a integração da Dollar Thrifty expandindo a sua presença para além dos aeroportos; a gestão eficaz da sua frota; a introdução de novos serviços móveis de forma a ir ao encontro das necessidades dos seus consumidores, assim como reforçando o seu sucesso em parceria com o sistema de leasing da Donlen e a implementação de nova tecnologia de aluguer através dos seus programas de gestão de custos (Lean/Six Sigma).

 

A Herc após a separação das unidades de negócio: empresa líder mundial em aluguer de equipamentos

Após a separação a Herc continuará a ser uma das maiores e mais diversificadas empresas mundiais no sector do aluguer de equipamentos, com cerca de 335 filiais nos Estados Unidos, Canadá, França, Espanha, China e Arábia Saudita, assim como as unidades internacionais em regime de franchising. A Herc, com uma das frotas mais novas e equilibradas da indústria, aluga uma ampla gama de equipamentos, incluindo bombardeiros aéreos, compressores de ar e ferramentas, máquinas de terraplanagem e geradores de energia, empilhadores e material para manuseamento, bombas hidráulicas, camiões e reboques. A Herc obtém também parte das suas receitas através da venda de equipamentos novos e usados, assim como provenientes da divisão de serviços de entretenimento da Hertz.

 

 

NISSAN INOVA

 

A NISSAN DESENVOLVE O PRIMEIRO PROTÓTIPO DE AUTOMÓVEL COM "LIMPEZA AUTOMÁTICA"

 

 

A NISSAN DESENVOLVE O PRIMEIRO PROTÓTIPO DE AUTOMÓVEL COM "LIMPEZA AUTOMÁTICA"

  • A Nissan testa uma inovadora tecnologia que repele a sujidade
  • O Nissan NOTE é o primeiro automóvel a experimentar uma tinta que poderá tornar as lavagens automóveis em algo obsoleto
  • A potencial aplicação através do canal após-venda está a ser investigada por engenheiros da Nissan na Europa

Lavar um automóvel pode ser uma tarefa penosa... e também dispendiosa. Por isso, a Nissan iniciou testes de uma inovadora tecnologia de tinta que repele lama, chuva e sujidade diária, significando que os condutores poderão (quase) nunca mais ter de lavar o seu Nissan.


Imagens Relacionadas

Imagens Relacionadas

Vídeo Relacionados

Vídeo Relacionados

 

GALERIA DE IMAGENS

GALERIA DE IMAGENS

 

WTCC NA HUNGRIA

 

CITROEN E CHEVORLET DIVIDEM TRIUNFOS

 

TIAGO MONTEIRO POR DUAS VEZES NO PÓDIO

 

Pelos vistos os 60 kg de peso extra colocando nos Citoren deram os seus frutos, pois os carros da marca francesa dominaram a 1ªcorrida, embora a superioridade continua a ser evidente, e assim Muller venceu a primeira corrida, tendo atrás de si o seu colega de equipa Lopez, seguido pelo Honda Civic de Tiago Monteiro.

 

Na 2ª corrida, seria o Chevrolet Cruze de Morbidelli a vencer, depois duma empolgante luta com o Civic de Tiago Monteiro, ficando o degrau mais baixo do pódio para o Cruze de Valente.hung1hung2hung3hung4hung5hung6hung7hung8hung9hung10hung11hung12hung14hung15hung16hung17hung18hung19hung20hung21hung22hung23hung24hung25hung26hung27hung28hung29hung30hung32hung33hung34hung35hung36hung37hung36hung37hung38hung39hung40hung41hung42hung43hung44hung45hung46hung47hung48hung49hung50hung51

 

EDIÇÕES LIMITADAS PORSCHE

 

Edições limitadas e exclusivas do Porsche 911 e do Porsche Cayenne


Porsche lança edições especiais SLB Limited Edition do 911 e do Cayenne


 A Porsche vai lançar uma versão exclusiva e limitada dos modelos 911 e Cayenne com
a assinatura do Sport Lisboa e Benfica, no ano em que o clube festeja, em simultâneo, os 110
anos de vida e a conquista do 33º Campeonato Nacional de Futebol.
Ao todo, vão estar disponíveis 11 unidades de cada modelo, devidamente identificadas com uma
placa numerada, com equipamento específico e detalhes exclusivos que tornam estes dois modelos
tão especiais quanto a fantástica época que o clube encarnado alcançou até aqui. Ambos os
modelos terão como predominante a cor preto no exterior e no interior, mas são os primorosos
detalhes em cor vermelho que os tornam exemplares únicos, para além, claro, do número de
identificação de cada unidade.
O Porsche 911 SLB Limited Edition assenta na versão Carrera S que, com os seus 400 CV e uma
dinâmica exemplar como é apanágio da marca alemã, conta com equipamento como o pacote
Sport Chrono, o sistema PASM, o PCM com sistema de navegação, as jantes Carrera S de 20
polegadas e também com pormenores como os bancos em pele, os cintos de segurança em
vermelho e o volante Sport Design aquecido com pespontos em vermelho que o tornam ainda
mais limitado e exclusivo.
Nesta execução personalizada destacam-se também os mostradores do painel de instrumentos,
o relógio Sport Chrono e a chave do veículo em vermelho.
Dentro do espírito desportivo, a edição especial 911 SLB Limited Edition inclui ainda a transmissão
PDK, o sistema de escape desportivo e o sistema de som Bose.
Para além destas opções, estão ainda incluídos outros itens que tornam esta série limitada numa
excelente opção para os adeptos e simpatizantes do clube.
911 SLBCayenne SLB
O modelo Cayenne possui a motorização Diesel, um V6 sobrealimentado capaz de debitar 245 CV e conta, para além do PASM e do PCM com sistema de navegação, com os bancos e o volan-te em pele com pespontos em vermelho e todos os cintos na cor encarnada. Esta série limitada inclui ainda pormenores que tornam esta edição ainda mais atractiva, como o tecto panorâmico, as barras de tejadilho e friso de protecção em aluminio mate, para além das jantes Cayenne Tur-bo de 19’’. Tal como no 911, os mostradores do painel de instrumentos e do relógio Sport Chro-no destacam-se na cor do clube da Luz.
Tendo por base estas configurações SLB Limited Edition, os clientes poderão incluir outros equi-pamentos de forma a personalizar ainda mais o modelo da sua escolha.
Juntando duas paixões como são o futebol e os automóveis, a Porsche pretende assim homena-gear de forma inovadora uma épica celebração dos 110 anos de história do Sport Lisboa e Ben-fica e a conquista do 33º Campeonato Nacional de Futebol.
Disponíveis por encomenda apenas através do Departamento de Marketing do Sport Lisboa e Benfica, o 911 Carrera S SLB Limited Edition vai custar 167.471 euros e o Cayenne Diesel SLB Limited Edition 127.692 euros, mais despesas de documentação e transporte.

 

LIGA CAMPEOES UEFA

 

O Derradeiro Objectivo para a Liga dos Campeões da UEFA? Ford Abre Lista de Encomendas para o Novo Mustang Exclusivamente Durante a Final

 

  • Ford anuncia a primeira oportunidade para os clientes europeus reservarem um novo Ford Mustang

 

  • Ford disponibiliza 500 novos Mustang ‘fastback’ e descapotáveis para pré-encomenda desde o momento do início do jogo da final da Liga dos Campeões da UEFA até ao apito final

 

  • O novo Ford Mustang chegará à Europa no próximo ano. É a primeira vez nos 50 anos de história do icónico modelo desportivo que este será vendido em toda a Europa

 

  • Consumidores podem registar-se online em www.ford.com para se habilitarem a reservar um dos 500 exemplares e que no período que antecede a final irá disponibilizar notícias sobre o Mustang, conteúdos e uma contagem decrescente para o pontapé de saída

 

 

Mustang-Stadium new_NUMBER_PLATEQuando for dado o pontapé de saída da final da Liga dos Campeões da UEFA entre o Real Madrid CF e o Clube Atlético de Madrid, no dia 24 de Maio, marcará também o momento pelo qual os fãs do Ford Mustang na Europa têm estado a aguardar há muito tempo.

 

A Ford Motor Company anunciou que as primeiras 500 unidades do novo Mustang para a Europa serão disponibilizadas para reservar desde o início do jogo e até que o mesmo termine, quer haja prolongamento ou mesmo o roer de unhas das grandes penalidades.

 

A Ford tem sido desde 1992 um dos parceiros oficiais da UEFA Champions League. Este ano, para a final em Lisboa, é esperada uma audiência em toda a Europa na ordem dos 70 milhões de fãs de futebol e de 165 milhões em todo o mundo.

 

"A chegada do novo Ford Mustang à Europa é um evento que merece a maior exposição possível", disse Roelant de Waard, vice-presidente de Marketing, Vendas e Serviço, Ford Europa. "Esperamos que ao tornar as primeiras unidades disponíveis para encomenda no momento exacto do arranque da Final garantirá um ‘reach’ que corresponda à sua importância."

 

Estão disponíveis ambas as versões do Mustang, ‘fastback’ e descapotável, sendo ‘Race Red’ a cor do ‘fastback’ e ‘Magnetic Silver’ do descapotável. Podem estar equipados com o novo motor Ford EcoBoost de 2,3 litros que oferece excelente economia de combustível e potência projectada de mais de 309cv e 407 Nm de binário ou com o motor V8 de 5,0 litros debitando mais de 426cv e 529 Nm de binário.

 

Estas unidades virão igualmente equipadas com o sistema de conectividade SYNC 2 e sistema de navegação, bancos aquecidos e ventilados, Assistência ao Estacionamento, bancos e revestimentos interiores em couro preto, aplicações cromadas e jantes em liga leve de 19”.

 

Os consumidores podem desde já aceder ao site www.ford.com para visualizar informação, gráficos e vídeos sobre o novo Mustang e a herança de 50 anos deste modelo icónico. No decurso do jogo terão a oportunidade de registarem os seus detalhes para uma oportunidade de adquirir uma das 500 unidades que incluirão um pacote especial e um certificado de edição limitada.

 

O novo Ford Mustang será o primeiro de sempre a ser disponibilizado em toda a Europa quando iniciar a sua comercialização no próximo ano.

 

AUTOMOVEIS DE COMPETIÇAO DO FUTURO

 

AUTOMÓVEIS DE COMPETIÇÃO DO FUTURO
A tecnologia do futuro irá tornar a competição automóvel num desporto ainda mais emocionante. 50 anos é muito tempo em termos tecnológicos e 125 quase uma eternidade, mas é possível antever algumas da mudanças que poderão ocorrer.
Novos materiais e automóveis com formas adaptáveis
Os novos materiais serão intensamente usados nos automóveis de competição daqui a 50 anos. Tintas emissoras de luz possibilitarão a exibição eletrónica de publicidade ou a alteração da cor durante uma corrida. Chassis de materiais ultrarresistentes com nanotubos de carbono, placas de grafeno ou espuma de grafeno, bem como outros materiais ainda por inventar, proporcionarão uma grande resistência e rigidez com baixo peso, permitindo manter o automóvel em pista nas curvas. Alguns veículos alterarão a sua forma através de controlo eletrónico, permitindo controlar as alterações aerodinâmicas. Por exemplo, os géis poliméricos já permitem contrações semelhantes às dos músculos e as ligas viscoelásticas podem deformar-se e regressar à sua forma original.
Os desenvolvimentos futuros em qualquer uma destas vertentes permitirão que os componentes das peças se contraiam e os engenheiros mais criativos irão usar estas propriedades para criar grandes alterações de forma nos componentes da carroçaria ou até mesmo nos fatos dos pilotos. Esta tecnologia tornaria possível que os aerofólios alterassem o seu perfil, que as saias da carroçaria se expandissem nas curvas e possibilitaria também variar o efeito de solo e o apoio aerodinâmico nas retas.
Propulsão por plasma – Não é apenas ficção científica
50 anos é tempo suficiente para ocorrerem grandes alterações nos sistemas de propulsão e de travagem. Nessa altura, os motores a combustíveis fósseis poderão ter sido substituídos pela propulsão elétrica em algumas corridas. É possível que passem a existir motores elétricos de alto desempenho alimentados por conjuntos de supercondensadores, que seriam carregados em quantidades limitadas quando os automóveis passassem por cima de tapetes localizados na superfície da pista, ou seja, uma espécie de Scalextric em tamanho real. A travagem poderia ainda recuperar e reciclar grande parte da energia, tal como já acontece atualmente, mas a propulsão totalmente elétrica necessitará de sistemas diferentes e regras distintas. Outra possibilidade seria a recuperação da energia de um veículo da equipa e o seu uso na aceleração de um outro, aumentando assim a importância da estratégia de equipa.
Se viajarmos 125 anos no futuro, verificamos que o potencial para alterações é vasto. As pistas de competição terão poucas semelhanças com as atuais. A existência de seções acrobáticas como “loops” e saltos aumentariam a emoção do espetáculo e algumas fases da corrida poderão mesmo ser aéreas. Os automóveis podem nem sequer ter rodas nessa altura, usando a levitação magnética ou jatos de ar, ou seja, aviões de voo rasante tal como os “pod-racers” da “Guerra das Estrelas”. É possível que passem a ser guiados ao longo de pistas eletrónicas definidas à distância pela equipa, com a propulsão e a travagem a recorrerem a motores de indução ou talvez a jatos de ar direcionados. Contudo, as corridas atuais proporcionam grandes emoções mas requerem um ruidoso motor de combustão interna, um automóvel relativamente convencional com rodas e pilotos humanos. Portanto, estes requisitos básicos poderão muito bem sobreviver como um nicho do desporto automóvel, com evoluções menores, da mesma forma que hoje em dia ainda é divertido assistir à acrobacia aérea com biplanos.
A maior parte da tecnologia que será utilizada em competição dentro de 125 anos ainda está muito longe de ser inventada, mas é de esperar o uso intensivo de nanomateriais, materiais ultrarresistentes, outros com a capacidade de alterar a sua forma e materiais capazes de armazenar grandes quantidades de energia e transferi-la instantaneamente para o motor. A supercondutividade à temperatura ambiente permitirá a existência de motores elétricos extremamente potentes e de propulsores de plasma, sem falar em outras tecnologias que ainda não foram imaginadas. Os propulsores de plasma seriam muito divertidos, possibilitando a existência de numerosos sistemas de propulsão. A utilização de tubos de eletrões e outros aceleradores compactos que bombardeassem um gás ionizado, formando um
©Futurizon GmbH 2014 Página 3
plasma, e de bobinas supercondutoras criaria enormes campos magnéticos que seriam utilizados na propulsão. Os amantes dos jogos de computador já têm um nome adotado para esta tecnologia – é, basicamente, uma carabina ou canhão de plasma. As leis de Newton ditam que, quando o canhão dispara um impulso a alta velocidade na traseira do automóvel, ele será propulsionado para a frente com a mesma intensidade.
Obviamente que nada disto é trivial em termos de engenharia e há que tomar grandes precauções relativamente ao impulso e direção dos jatos. No entanto, não é apenas ficção científica. Os militares já criaram protótipos funcionais de armas eletromagnéticas (railguns) e 100 anos de desenvolvimento deverão ser suficientes para transpor esta tecnologia para a competição automóvel. Com este tipo de tecnologia aplicada à propulsão, os pilotos terão de usar fatos especiais capazes de suportar forças maiores e de melhorar substancialmente a proteção durante as colisões. Os fatos poderão mesmo ser capazes de alterar as suas propriedades mecânicas e visuais com base no controlo neuronal, contraindo-se firmemente nas curvas que produzem grandes acelerações centrífugas e expandindo-se nas retas. Também existe a possibilidade de exibirem vídeos dos patrocinadores enquanto quando o piloto sobe ao pódio.
Os pneus do futuro - adaptáveis e inteligentes
É possível que os pneus passem a integrar materiais controlados eletronicamente, o que permitiria uma aderência variável e a gestão do desgaste. Os géis poliméricos podiam facilmente alterar um componente curto e largo e torná-lo mais comprido e estreito. Se milhões de partículas de gel fossem depositadas usando a impressão 3D durante o fabrico dos pneus, à medida que estes se fossem desgastando novas camadas de micropicos apareceriam na superfície e poderiam ser retraídos ou estendidos de acordo com as necessidades. Desta forma, as fibras resistentes estariam em contacto com o piso, para aumentar a aderência, e seriam retraídas na parte superior do pneu para diminuir a resistência ou escoar a água. Imagine uma torre Eiffel em miniatura. Se as colunas da base pudessem ser juntadas e comprimidas, seria de esperar que o peso aumentasse. A uma escala entre os mícrones e os milímetros, microestruturas como esta ofereceriam um enorme potencial de variação da aderência, que poderia ser controlado com precisão a altas velocidades.
O grafeno será especialmente útil, pois é ultrarresistente mas permite o escoamento da água. Como tal, camadas de grafeno nos pneus dariam uma excelente aderência em pisos molhados. Este material aumentaria a superfície de contacto entre o pneu o asfalto, sem deixar de permitir o escoamento de água, possivelmente através de materiais com enchimento em espuma de grafeno ou através de tubos. Atualmente, este tipo de materiais seria difícil e dispendioso de fabricar, mas há que ter em conta que a competição automóvel é um desporto com orçamentos elevados; além disso, a impressão 3D irá possibilitar que os pneus possam ser fabricados em camadas com inclusão de estruturas de enchimento muito complexas e o custo de fabrico acabaria por diminuir.
No entanto, existem muitas formas de variação das estruturas, o que criaria uma plataforma de concorrência entre os fabricantes totalmente nova. Da mesma forma, visto o grafeno ser também uma excelente plataforma para a eletrónica, será possível adicionar mais tecnologias de controlo e de sensores ao automóvel, criando mais uma dimensão competitiva e um feedback potencial para os espectadores que gostam de estatísticas técnicas. A espuma de grafeno pode ser ultrarresistente, mas tão leve como o hélio e, em princípio, modelada em 3D, sendo que “em princípio” costuma tornar-se realidade em cerca de 50 anos. Este material tem o potencial de diminuir a inércia rotacional dos pneus, melhorando a aceleração e a travagem do automóvel. Podemos concluir que o grafeno dispõe de um grande potencial para a conceção de novos pneus, mas não há dúvida que outros novos e espetaculares materiais serão descobertos ou inventados no futuro.
Os materiais controláveis eletronicamente podem também ser incluídos em áreas importantes da superfície da pista, para permitir a variação da aderência ao longo de uma corrida ou em diferentes secções da pista. As condições meteorológicas são um fator que pode aumentar a relevância das qualidades de um piloto.
©Futurizon GmbH 2014 Página 4
Realidade aumentada e pele ativa – uma experiência melhorada para o espectador
A realidade aumentada tornar-se-á uma parte importante da vida do dia-a-dia durante a próxima década. As viseiras de vídeo (tais como a já existente Google Glass, com muitas outras na calha) serão capazes de sobrepor imagens geradas por computador no campo de visão. Isto significa que uma pessoa pode ver o nome de um patrocinador num aerofólio, ao passo que a pessoa ao seu lado vê um patrocinador diferente.
Se o espectador for mais dado a jogos, poderá usar aplicações que convertem todos os automóveis e pilotos em algo que parece ter saído do Mario Kart. Portanto, a realidade aumentada poderá fazer com que os automóveis pareçam diferentes para cada espectador e pode também permitir-lhes participar nas corridas, na mesma linha dos jogos de computador online, deixando-os pilotar virtualmente ao lado dos verdadeiros pilotos e de outros espectadores, tornando assim toda a experiência mais absorvente e emocionante. Alguns automóveis poderão ser pilotados parcialmente por equipas de jogadores e outros espectadores, com um piloto automático provido de inteligência artificial que criará um sistema segurança para a proteção dos outros pilotos. Da mesma forma que os jogadores competem com automóveis conduzidos pelo computador quando jogam simuladores de corridas numa máquina de jogos, versões profissionais mais avançadas desses programas de condução poderão conduzir automóveis reais numa pista de corridas.
A inteligência artificial assegura que a probabilidade de acidentes seja baixa, mas os jogadores poderiam tomar, pelo menos, algumas das decisões, tais como as linhas de abordagem às curvas, o momento de travagem ou a mudança a engrenar. Sendo assim, ficarão para trás caso não estejam à altura do desafio. As manobras poderiam ser limitadas por razões de segurança, para que o pior problema para os jogadores e pilotos humanos não fosse mais do que uma saída de pista simulada do automóvel controlado pelo computador. A introdução da inteligência artificial nos automóveis pode, no entanto, ser bastante limitada para garantir que os seres humanos competem contra outros seres humanos, mas algumas corridas poderão também permitir uma forte concorrência por parte da inteligência artificial, tornando-se em mais uma forma de mostrar a perícia dos fabricantes. Algumas corridas contarão apenas com pilotos gerados pela inteligência artificial, mas então as formas e dimensões dos veículos poderão ser alteradas, criando assim uma classe de corridas totalmente nova.
São possíveis outras variantes, tais como permitir que um piloto controle vários veículos ou deixar que a equipa dê mais ordens em tempo real durante a corrida, ou ainda fazer com que os automóveis da equipa trabalhem mais em conjunto. A corrida seria então mais uma competição por equipas, com menos ênfase nos pilotos vedetas.
As câmaras que hoje em dia permitem que os espectadores tenham a mesma visão do piloto evoluirão para sistemas completos de captação sensorial. A pele ativa poderá ser desenvolvida durante as próximas décadas. Consistirá em componentes eletrónicos impressos na epiderme para exibição de imagens, monitorização médica, entre outras possibilidades, mas também poderá estabelecer ligações através dos nervos, o que permitirá o registo e reprodução de sinais sensoriais para que os espectadores sintam as mesmas sensações físicas do piloto. As sensações dos pilotos poderão também ser enviadas às boxes com o objetivo de contribuir para a melhoria do automóvel ou, quando o desempenho dos materiais e motores começar a ultrapassar os limites do ser humano, para assegurar que o piloto não sai da sua zona de conforto. As corridas do futuro podem realmente levar os pilotos até aos seus limites absolutos, tal como deve ser.
Recuperação e captação de energia
Algumas pessoas perguntar-se-ão por que razão a energia de um automóvel de competição não pode ser recuperada e usada para fornecer energia, por exemplo, a uma escola local. A ideia de recuperar a energia e usá-la novamente já existe nos atuais automóveis de competição. É denominada travagem regenerativa ou KERS (Kinetic Energy Recover System). A energia captada durante a travagem poder ser armazenada em volantes de inércia ou, no futuro, em bancos de condensadores. Esta tecnologia pode ser usada num motor híbrido para melhorar a aceleração do automóvel, fazendo com que consuma menos combustível para atingir novamente a sua velocidade máxima após travagem.
©Futurizon GmbH 2014 Página 5
Portanto, a ideia da recuperação da energia, não só é viável, como já está a ser posta em prática. Mas será alguma vez poderia ser aproveitada por uma escola local?
Vejamos alguns dados. Se fosse absolutamente perfeito, o automóvel poderia atingir novamente a velocidade anterior à travagem reutilizando toda a energia captada. Mas não é possível criar energia extra, pois as leis da física não o permitem. Apenas pode ser recuperada a energia despendida. Portanto, a energia pode ser reciclada várias vezes durante uma corrida e, após as voltas e curvas finais, o automóvel desaceleraria da sua velocidade máxima até parar, podendo a energia captada nessa desaceleração final ser transferida para a rede elétrica.
Vamos assumir que os automóveis do futuro atingirão facilmente as velocidades máximas atuais - cerca de 360 km/h, ou 100 m/s. O peso máximo de um Fórmula 1 são 640 kg e a energia à velocidade máxima são 6,4 MJ, ou seja, 1,75 kWh. Isto equivale a cerca de 20 cêntimos em eletricidade a preços atuais. Mas para ganhar esses 20 cêntimos seria necessário um enorme investimento em equipamento e tempo de trabalho.
Para alimentar um edifício público local, tal como uma escola secundária, são necessários cerca de 1 500 000 kWh anuais de energia. Mesmo considerando uma média diária de 10 horas durante 300 dias, obteríamos um valor de 500 kWh por hora. Como tal, o máximo de energia que poderia ser recuperada por um KERS com 100% de eficiência permitiria alimentar uma escola durante apenas 12 segundos. Para alguns leitores pode ser mais fácil interpretar estes dados considerando que a energia de um Fórmula 1 à velocidade máxima é cerca de 1250 calorias, ou seja, a energia diária necessária para uma rapariga de 7 anos de idade ou o equivalente a 6 barras de chocolate Mars.
Sustentabilidade e reciclagem de emissões
Como poderão as competições automóvel ajudar a comunidade? Uma possível área de intervenção é a limpeza do ar. Os automóveis de competição produzem muitas emissões. A utilização de ventoinhas de grandes dimensões nos passadiços ou nos lados da pista para aspirar as emissões produzidas em pista, limpando de seguida o ar, manteria os níveis de qualidade do ar local elevados e, obviamente, também se poderia fornecer ar limpo às bancadas, que poderiam ter painéis solares montados na cobertura. Poder-se-ia até mesmo remover o CO2 produzido pelos automóveis durante a corrida. Estas técnicas não precisam de ser utilizadas apenas durante a corrida e qualquer CO2 serve. Se o equipamento de limpeza fosse patrocinado e instalado, a remoção e captura de CO2 poderia ser feita durante todo o ano, com a pista a contribuir para os objetivos de redução de CO2 do país em questão. Parte do carbono recuperado poderia até ser usado no fabrico de peças e pneus para corridas futuras. A energia solar produzida na cobertura das bancadas poderia ser utilizada pela escola local.
Humanos vs. Androides – as estrelas das corridas do futuro
As principais limitações das corridas do futuro serão os tempos de reação e os limites físicos dos pilotos, por isso iremos também assistir a corridas de androides. Graças ao domínio total das suas emoções, os androides terão uma grande vontade de ganhar. Em conjunto com os tempos de reação e força superiores, as manobras seriam mais rápidas e emocionantes, tornando o espetáculo mais empolgante. Imagine se esses automóveis pudessem acelerar e travar cinco vezes mais depressa do que um Fórmula 1 atual e estivessem equipados com pneus ultra-aderentes que, mesmo com estas velocidades, lhes permitissem curvar. A corrida desenrolar-se-ia muito mais rapidamente. De facto, existe um limite para além do qual os seres humanos não têm capacidade de reagir atempadamente. No entanto, grande parte da audiência serão inteligências artificiais e androides, alguns deles com elevados rendimentos, portanto, haverá mercado para este tipo de corridas. Na realidade, muitos dos espectadores serão, pelo menos em parte, sintéticos. Algumas pessoas terão mais de 125 anos de idade com corpos novos e outras viverão apenas eletronicamente. Mentes humanas parcialmente ligadas a corpos robóticos descartáveis seriam pilotos realmente temerários. Ligar as mentes entre elas permitira a “pilotagem tribal” de um único veículo, permitindo que os grupos sociais competissem entre si.
©Futurizon GmbH 2014 Página 6
ACERCA DO AUTOR
Ian Pearson é um futurologista a tempo inteiro, que segue e prediz desenvolvimentos em áreas tão vastas como a tecnologia, negócios, sociedade, política e ambiente. É licenciado em Matemática e Física com um doutoramento em Ciência. Trabalhou em vários ramos de engenharia, desde aeronáutica à cibernética, transportes sustentáveis aos cosméticos eletrónicos. As suas invenções incluem as mensagens de texto e as lentes de contacto ativas. Foi o futurologista a tempo inteiro da BT de 1991 a 2007 e agora trabalha para a Futurizon, um pequeno instituto do futuro. Escreve, dá aulas e pareceres em todo o mundo sobre todos os aspetos do futuro dominado pela tecnologia. Escreveu vários livros em diversas línguas, incluindo “You Tomorrow” e o livro de ficção científica “Space Anchor”. Já apareceu na TV e na rádio mais de 500 vezes. É “Chartered Fellow” da “British Computer Society”, membro “World Academy of Art and Science”, da “World Innovation Foundation”, da “Royal Society of Arts” e da “World Innovation Foundation”, tem um doutoramento em ciência e recebeu o prémio “US Army Award for Excellence”. EXONERAÇÃO DE RESPONSABILIDADE
As opiniões e ideias expressas neste relatório são da responsabilidade do autor e não representam necessariamente as opiniões da Goodyear Dunlop Tires Operations SA.

 

TESTES CLIENTES MASERATI

TESTES CLIENTES MASERATI

 

Eis que a Maserati oferece aos seus clinetes, em termos de testes.EXPMAS1EXPMAS2EXPMAS3EXPMAS4EXPMAS5EXPMAS6EXPMAS7EXPMAS8EXPMAS10EXPMAS11EXPMAS12

 

SERIE LIMITADA RENAULT CAPTUR

SÉRIE LIMITADA Renault Captur helly HANSEN, O COMEÇO DE UMA aventurA

A Renault associa-se à Helly Hansen, marca de roupa de desportos e actividades de lazer « outdoor », para comercializar o primeiro Renault Captur equipado com o Extended Grip, um sistema que lhe confere uma motricidade a toda a prova.

Mas a série limitada Renault Captur Helly Hansen adopta também um look exclusivo, com a cor Vermelho Chama disponível em bi-tom com tejadilho preto ou branco marfim. As protecções dos pára-choques dianteiro e traseiro e as jantes de 17 polegadas dão um ar « off road » ao Captur.

O Renault Captur Helly Hansen dispõe, de série, do tablet táctil R-Link e os estofos em couro fazem também a sua aparição nesta série limitada.

Esta série limitada estará disponível com o conjunto de motorizações que equipam a gama Captur e será comercializada no início do Verão.

 Captur Helly_Hansen_-_2Captur Helly_Hansen_-_3Captur Helly_Hansen_-__1

 

2,5 MILHÕES DE YARIS HIBRIDOS PRODUZIDOS

 

Fábrica Toyota situada em França produz Yaris número 2 500 000 com motorização híbrida

img 001img 002img 003

  • Produção de 2,5 milhões de Yairs na fábrica da Toyota em Valenciennes, em França
  • O Yaris híbrido de cor branca vai ser entregue a umcliente através do concessionário Toyota em Marselha, França
  • A TMMF está a preparar para a introdução do 3º turno de laboração e também para o início da produção do novo Yaris a 16 de junho

A Toyota Motor Manufacturing France (TMMF) produziu o Yaris número 2,5 milhões, após o arranque da laboração da fábrica em 2001. O compacto carro citadino que saiu da linha de produção marcando esta efeméride é um Yaris Híbrido branco – uma das escolhas mais requisitadas no conjunto de encomendas dos clientes europeus da Toyota. Durante os primeiros três meses de 2013 a variante híbrida teve uma quota de 31% no total das vendas do Yaris na Europa, o que lhe permitiu registar recordes de vendas em Janeiro, Fevereiro e Março, o melhor mês de sempre em vendas para o Yaris Híbrido.

O Yaris número 2,5 milhões será entregue a um cliente francês através do concessionário Toyota situado em Marselha, nas próximas semanas.

O sucesso de vendas do Yaris e do Yaris Híbrido levou a TMMF a planear um aumento de 15% na produção para 2014 e a introdução de um terceiro turno de laboração a partir de Junho. A TMMF vai estar, então, a fabricar 1100 Yaris por dia, contra os atuais 840. O plano para o ano de 2014 é de produzir cerca de 220 000 Yaris, incluindo 25 000 que se destinam à exportação para a América do Norte.

A organização em três turnos implica o recrutamento de mais 500 novos elementos para a linha de produção, elevando o número de funcionários da fábrica de Valenciennes para mais de 4000.
Desde que o recrutamento se iniciou, há três meses, mais de 9000 pessoas candidataram-se a estes novos empregos na fábrica e mais de 300 já entraram no programa inicial de quatro semanas de formação. A esta formação seguir-se-á um certificado de qualificação no quadro do sistema francês de qualificação laboral.  

A fábrica vai começar a operar em três turnos a partir de 16 de Junho de 2014, que coincide com o primeiro dia de produção do novo Yaris, que foi revelado muito recentemente. Tanto o exterior como o interior do Yaris foram alvo de significativas renovações, posicionando-o, uma vez mais, entre os melhores modelos no competitivo segmento B.

Mais informações: http://www.toyota.pt/about/news/2014/Toyota_YARIS_com_novo_design_e_novos_equipamentos.tmex

Agustin Martin, Diretor de Marketing da Toyota Motor Europe, refere, “desde o seu lançamento, o Yaris tem sido um dos mais importantes pilares da oferta da nossa oferta de produto. O ano passado foi o 10º modelo mais vendido na Europa. Penso que a disponibilidade de uma versão full hybrid, que permite rentabilizar o motor elétrico a baixas velocidades é uma proposta única. A realidade grande parte dos nossos dias é passada dentro do automóvel, em alturas de trânsito intenso e, não existe melhor modo de ultrapassar essas situações complicadas do que recorrendo à tecnologia híbrida…quer em termos de conforto, ruído e também de forma mais económica. Os clientes têm sido os nossos embaixadores desta tecnologia, partilhando a sua experiência de que quanto mais a utilizam, mais gostam da tranquilidade, da forma simples e fluída com que ultrapassam o stress inerente do transito das grandes urbes.

 

NOVA GERAÇÃO VOLKSWAGEN POLO

 

Volkswagen Polo: a nova geração

Volkswagen Polo_01Volkswagen Polo_02Volkswagen Polo_03Volkswagen Polo_04

O Polo apresenta novos motores, novas tecnologias e um novo design

 

• Os novos motores EU6 são até 21% mais eficientes e oferecem uma grande agilidade

 

• Os novos sistemas de informação, entretenimento e de assistência superam os limites desta categoria de veículos

 

Com quase 14 milhões de unidades produzidas, o Volkswagen Polo é um dos pequenos utilitários mais vendidos em todo o mundo. Pequeno utilitário? Esta é a denominação oficial do segmento do Polo na Alemanha, que na terminologia internacional é equivalente ao segmento B. Independentemente de qual seja a sua denominação, excetuando as suas compactas dimensões, o atrativo preço e os baixos valores de consumo de combustível, o Polo nada possui de pequeno.

 

 

GALERIA DE IMAGENS

GALERIA DE IMAGENS

 

RALICROSS EM MONTdesp22desp23desp24desp25desp26desp27desp29desp30desp31desp32desp100desp101desp103desp104desp105desp106desp107desp108desp109desp110desp111desp112desp114desp115desp116ALEGRE

 

Mais um grupo de imagens da DEspfoto, alusivas à primeira jornada do Mundial de Ralicross, que teve lugar na pista de Montalegre.

 

Fotos de Despfoto - Paulo Aragão - www.velocidadeonline.com

 

GALERIA DE IMAGENS

GALERIA DE IMAGENS

 

MUNDIAL DE RALICROSS EM MONTALEGRE

 

Grupo de imagens do Ralicross de Montalegre, da agencis Despfoto liderada por Paulo Aragão.

 

Fotos de Despfoto - Paulo Aragão - www.velocidadeonline.comdesp1desp2desp3desp4desp5desp6desp7desp8desp9desp10desp11desp12desp14desp15desp16desp17desp18desp19desp20desp21desp22desp23desp24desp25desp26desp27desp28desp29desp30desp31desp32

 

FERRARI PARA VER....

FERRARI PARA VER

 

Mais um grupo de imagens da máquina do Cavalinho....FER1FER2FER3FER4

 

HYUNDAI É NOTICIA

 

Hyundai Motor escolhida pela Comissão Europeia para
fornecer ix35 Fuel Cell de demonstração, pelo terceiro ano
consecutivo


 A primeira produção mundial do veículo eléctrico movido a pilha de
combustível a hidrogénio, continuará a sua importante missão em 2014;
 Hyundai ix35 Fuel Cell seleccionado para ser conduzido pelos principais
decisores políticos da União Europeia.
O Hyundai ix35 Fuel Cell foi seleccionado, pelo terceiro ano consecutivo, pela
Comissão Europeia com o apoio da Fuel Cells and Hydrogen Joint Undertaking (FCH
JU) para demonstrar os reais benefícios da tecnologia a pilha de combustível a
hidrogénio.


Dois veículos ix35 Fuel Cell, primeiro automóvel movido a pilha de combustível a
hidrogénio (FCEV) de produção em série no Mundo, serão conduzidos durante 2014,
em Bruxelas, por membros do Parlamento Europeu, comissários, entre outros
decisores políticos da União Europeia.
A Hyundai assinou, desde Outubro de 2011, um contrato de leasing do ix35 Fuel Cell
com a organização FCH JU. Ao longo dos últimos dois anos, este modelo foi
apresentado aos decisores da União Europeia, a investidores e ao público em geral,
através de veículos de demonstração e eventos públicos em toda a Europa.
Byung Kwon Rhim, Presidente da Hyundai na Europa, comentou: “O facto do Hyundai
ix35 Fuel Cell ter sido escolhido pelo terceiro ano consecutivo destaca o pioneirismo
da marca em desenvolver soluções de mobilidade futura sustentáveis. A Hyundai e os
seus colegas da FCH-JU vão continuar a trabalhar em conjunto para promover os
benefícios e vantagens do hidrogénio e da tecnologia de pilha de combustível".
Alguns exemplares Hyundai ix35 Fuell Cell já estão a ser utilizados por frotas públicas
e privadas, principalmente na Europa, onde a União Europeia já estabeleceu um
roteiro de transportes, cuja política tem por base o hidrogénio, iniciando a construção
de postos de abastecimento desta fonte energética. As autoridades públicas da
Dinamarca, Alemanha, Noruega e Suécia, assim como frotas privadas em França,
Dinamarca e Finlândia já receberam os seus veículos ix35 Fuel Cell.
Em Abril deste ano, a Hyundai divulgou o seu objectivo de entregar 75 unidades do
pioneiro ix35 Fuel Cell, veículo movido a pilha de combustível de hidrogénio, como
parte integrante do maior projecto Pan-Europeu de desenvolvimento de veículos de
passageiros movidos a célula de combustível de hidrogénio. O projecto “Hydrogen For
Innovative Vehicles (HyFIVE)” foi financiado pela Fuel Cells and Hydrogen Joint
Undertaking e as entregas dos veículos serão realizadas nas cidades de Bolzano
(Itália), Copenhaga (Dinamarca), Innsbruck (Áustria), Londres (Reino Unido), Munique e
Estugarda (Alemanha). Como parte do projeto, as infraestruturas de abastecimento já
existentes na Europa serão ampliadas significativamente, proporcionando uma maior
escolha e conveniência para os primeiros condutores a adquirir veículos equipados
com a tecnologia de pilha de combustível a hidrogénio.
O Hyundai ix35 Fuel Cell representa o culminar de um programa de desenvolvimento
de FCEV, que começou em 1998, e cuja continuação decorre no Eco Technology
Research Institute, centro de pesquisa da marca, sedeado na Coreia, dedicado à célula
de combustível. Em Janeiro de 2013, a Hyundai tornou-se o primeiro construtor
automóvel a iniciar a produção de veículos com zero emissões e movidos a hidrogénio,
reforçando assim a sua posição como líder mundial no desenvolvimento da tecnologia
de célula de combustível a hidrogénio.

 

NOVO RENAULT MÉGANE COUPÉ

 

NOVO RENAULT MÉGANE COUPÉ-CABRIOLET: DISTINÇÃO DE CABELOS AO VENTO…

 

É um dos mais distintos coupés do mercado, mas tem a capacidade de, em escassos 21 segundos, converter-se num dos mais elegantes descapotáveis do mercado.

Há um novo Mégane Coupé-Cabriolet a chegar ao mercado nacional… Para além da frente com a nova identidade visual da Renault e do reforço do pacote tecnológico,

com destaque para o sistema R-Link, a novidade é a introdução do motor 1.6 dCi 130, o bloco com melhores performances do segmento.

Com garantia de cinco anos, o novo Mégane Coupé-Cabriolet é comercializado a partir de 29.700 euros.Megane CC_-_config._cabrioletMgane CC_-_config._coupMgane CC_-_corta_vento_em_vidroMgane CC_-_rede_anti-turbulncia

 

MERCADO AUTOMÓVEL EM RECUPERAÇÃO EM PORTUGAL

MERCADO AUTOMÓVEL EM RECUPERAÇÃO EM PORTUGAL

 

 

 

Entre Janeiro e Abril foram vendidos quase mais 50% de veículos face ao período homólogo em Portugal, segundo dados da ACAP.

Mercado automóvel continua a recuperar

Nos quatro primeiros meses do ano foram vendidos mais de 55 mil automóveis em Portugal, o que representa um aumento de 46,4% em termos homólogos, mantendo assim a tendência de recuperação após a crise ter afectado o mercado de forma profunda nos últimos dois anos.

Só no mês de Abril foram vendidos 14.576 veículos, mais 54,2% face ao mesmo mês de 2013, adiantam ainda os dados provisórios hoje divulgados pela Associação Automóvel de Portugal (ACAP).

"Apesar do crescimento verificado em Abril deste ano, o mercado continua a manter-se abaixo dos níveis registados em anos anteriores a 2012", diz a associação. "O volume de vendas observado neste mês de Abril situa-se 12,1 por cento abaixo da média dos últimos dez anos sendo que no mês homólogo de 2013, que lhe serve de comparação, o volume de vendas foi muito baixo, o que acentua a variação percentual observada", acrescenta ainda.

 

Fonte : Diário Económico

 

LAND ROVER É NOTICIA

 

LAND ROVER DISTINGUE EXCELÊNCIA E DESPORTIVISMO NAS EXTREME SAILING SERIESTM COM O PRÉMIO “ABOVE AND BEYOND AWARD”

 

Land Rover_Extreme_Sailing_Series_Above_and_Beyond_Award_1Land Rover_Extreme_Sailing_Series_Above_and_Beyond_Award_2Land Rover_Extreme_Sailing_Series_Above_and_Beyond_Award_3

 

 

  • A Land Rover reforça o seu compromisso para com as Extreme Sailing SeriesTM com o novo prémio “Above and Beyond Award”
  • O prémio “Above and Beyond Award” confere reconhecimento ao melhor exemplo de perícia, desportivismo e força mental de um indivíduo, equipa ou grupo em cada uma das etapas das Extreme Sailing SeriesTM, refletindo a filosofia “Above and Beyond” do autêntico espírito de superação da Land Rover.
  • No final da época, a melhor proeza do ano vai ser homenageada com o troféu “Above and Beyond Trophy”.
  • Este novo programa de prémios faz parte do patrocínio da marca Land Rover na categoria de Series Main Partner das Extreme Sailing SeriesTM, um dos circuitos internacionais de vela mais emocionantes e competitivos do mundo.

 

Los participantes en las Extreme Sailing Series™ de este año estarán compitiendo por un premio extra que recompensará su deportividad, fortaleza mental y espíritu de equipo gracias al nuevo galardón `Above and Beyond Award´ de Land Rover.

 

Os concorrentes das Extreme Sailing SeriesTM deste ano vão disputar uma recompensa extra pelo seu espírito desportivo, força mental e espírito de equipa com a introdução do novo prémio “Above and Beyond Award” da Land Rover.

A Land Rover, Series Main Partner das Extreme Sailing SeriesTM, reforça o seu compromisso para com a competição internacional com este troféu, criado para premiar a melhor demonstração do espírito de superação  que caracteriza a marca Land Rover.

Os indivíduos, equipas e todos os amantes da náutica que apoiam os participantes serão elegíveis para o prémio em cada uma das etapas. No final da temporada será entregue um troféu final para homenagear o exemplo mais inspirador de superação, cujo vencedor será recompensado com a possibilidade de utilizar um Land Rover no seu país de origem, no ano seguinte.

Mark Cameron, Brand Experience Director da Jaguar Land Rover Global, afirmou que "no primeiro ano em que estamos a apoiar as Extreme Sailing Series™ como parceiro principal estamos bastante impressionado com a imensa habilidade, força de espírito, determinação e desportivismo demonstrados pelas equipas e atletas individuais que competem nos mais altos escalões da vela profissional.”

"Também temos testemunhado grandes exemplos de como aqueles que são líderes no desporto se entusiasmam em incentivar e apoiar os outros a envolverem-se na vela, independentemente do seu nível. Isto é exatamente o que o espírito de superação da Land Rover representa e nós queremos premiar aqueles que melhor captem o conceito nas suas conquistas desportivas e em equipa, em torno das Extreme Sailing Series ™"

A comissão de juízes, presidida pela marinheira internacional e Global Brand Ambassador da Land Rover, Hannah White, apoiada, entre outros, por Dave 'Freddie' Carr , vencedor das Extreme Sailing Series™ e da Copa América, e por Phil Lawrence, Diretor de Corrida, irá determinar quem serão os vencedores em cada etapa.

A Land Rover iniciou o seu patrocínio global de três anos das Extreme Sailing Series™ como um dos dois Series Main Partners em 2013. Extreme Sailing Series™ é uma das competições de vela mais emocionantes do mundo, disputado por uma frota de rápidos e ágeis catamarãs  Extreme 40 tripulados por alguns dos velejadores internacionais mais hábeis e bem sucedidos do mundo.

Ao contrário de muitos outros eventos de vela, as corridas são disputadas em locais emblemáticos de todo o mundo, permitindo aos espectadores desfrutarem bem de perto da velocidade e da emoção desta modalidade desportiva.

Cada etapa é disputada durante quatro dias e apresenta uma série de até oito curtas e intensas Stadium Races por dia, com uma duração de 10 a 20 minutos. A edição de 2014 das Extreme Sailing Series™  vai ter a sua terceira etapa em Qingdao, na China, de 1 a 4 de Maio.

 

GALERIA DE IMAGENS

GALERIA DE IMAGENS

 

Grupo de imagens relativas a prPR1PR2PR3PR5PR6PR7PR8PR9PR10PR11PR12PR14PR15PR16PR17PR18PR19PR20PR21PR22PR23PR24PR25PR26PR27PR30PR31PR32PR33PR34PR35PR70PR71PR72PR73ova do WTCC em Paul Ricard.

 

PEUGEOT É NOTICIA

 

No dia 5 de Maio quatro animadoras da Cidade FM vão partilhar o volante de um Peugeot 2008, no âmbito da divulgação do «Dia Nacional da Cortesia ao Volante». Trata-se de uma original acção que decorrerá em vários pontos da cidade de Lisboa, que prevê diversas intervenções em directo naquela estação de rádio.
A Peugeot e a Cidade FM vão estar de mãos dadas em Lisboa no «Dia Nacional da Cortesia ao Volante», que se celebra a 5 de Maio (2ª Feira), contando com toda a espontaneidade e animação inerente às apresentadoras daquela estação do Grupo Media Capital. A bordo de um Peugeot 2008 elas irão demonstrar, premiar e/ou criticar os comportamentos adoptados no trânsito lisboeta, tantas vezes caótico.
Vera Fernandes, Ana Agostinho, Elsa Teixeira e Inês Andrade serão as quatro condutoras do Peugeot 2008 desta iniciativa conjunta. Acompanhadas da habitual «música à medida» da Cidade FM, irão recorrer a expedientes diversos para veicular a temática, nomeadamente através de balões de fala com mensagens, premiando quem seja identificado como tendo tido uma atitude civilizada, ou, pelo contrário, alertando os menos conscientes que, eventualmente, adoptem atitudes menos correctas ao volante.
A acção terá, assim, como palco algumas das principais vias da cidade, pretendendo-se sensibilizar os condutores sobre a necessidade de se adoptar uma condução segura, de forma a prevenir acidentes, protegendo-se, não só a sua integridade física, como também a dos passageiros que os acompanham e a dos peões que com eles convivem na azáfama das grandes urbes.
Todo o processo será descrito nas transmissões regulares e directos que a antena fará a partir da estrada, mas também por fotografias, vídeos e «posts» a publicar ao longo do dia nas páginas de Facebook da Peugeot Portugal (www.facebook.com/PeugeotPortugal) e da Cidade FM (www.facebook.com/CidadeFB).

30 de Abril 2014Peugeot 2008_1

 

GRUO DAIMLER APRESENTA RESULTADOS

 

Grupo Daimler apresenta resultados do 1º trimestre

 

  • Unidades comercializadas no 1º trimestre – 565.800 viaturas;
  • Faturação aumenta 13%;
  • EBIT de1.787 milhões de euros;
  • Net Profit de 1.086 milhões;
  • Crescimento considerável em vendas e faturação; 

 

Dr. Dieter Zetsche: “A estratégia do Grupo Daimler está a compensar.Tivemos um excelente arranque de ano, tal como jáera esperado.”

 

A Daimler AG, Grupo que representaas marcas Mercedes-Benz, smart ou AMG, iniciou o ano de 2014 com um aumento assinável em termos de vendas. Mundialmente, o Grupo comercializou 565.800 veículos automóveis e comerciais durante este 1º trimestre, o maior resultado de sempre, aumentando assim em 13% a sua faturação(comparando com 2013). Apesar da taxa de câmbio desfavorável, a faturação do Grupo Daimler aumentou 13% para 29.5 mil milhões de euros. O EBIT aumentouigualmente para 1.787 milhões de euros (Q1 2013: 917 milhões de euros), com o net profitde 1.086 milhões de euros (Q1 2013: 564 milhões de euros), duplicando assim os resultados alcançados no ano transato. Mercedes-Benz GLA

 

LAND ROVER APRESENTA

 

LAND ROVER Y ABERCROMBIE & KENT APRESENTAM `ADVENTURE TRAVEL´

 

 

Land Rover_AK_Adventure_Travel_1Land Rover_AK_Adventure_Travel_2Land Rover_AK_Adventure_Travel_3Land Rover_AK_Adventure_Travel_4

 

 

  • As duas famosas marcas britânicas  Land Rover e Abercrombie&Kent anunciam parceria para oferecer viagens de aventura inesquecíveis.
  • O mais avançado em capacidade todo-o-terreno junta-se ao luxo máximo.
  • As primeiras viagens “AdventureTravel” acontecem já este ano no Reino Unido, Índia e Tanzânia.

 

A icónica marca automóvel britânica Land Rover e a especialista em viagens de luxo Abercrombie&Kent anunciam hoje a sua nova parceria para o desenvolvimento do novo programa de viagens de aventura Land Rover AdventureTravelbyAbercrombie&Kent.

As duas marcas, sinónimos de aventura e de luxo, uniram-se para oferecer aos viajantes experiências inesquecíveis que só são possíveis através de uma parceria como esta. Estas experiências oferecem aos hóspedes a oportunidade de explorar paisagens, observar a vida selvagem e conhecer as comunidades locais afastadas dos saturados circuitos turísticos habituais.

Sob a orientação de instrutores especializados, os viajantes com espírito aventureiro terão a oportunidade única de experimentar as potencialidades do todo-o-terreno sentados ao volante dos Land Rover Discovery, desfrutando, através de todos os sentidos, das paisagens e dos sons dos extraordinários destinos com a amplitude e comodidade que só um Discovery pode proporcionar.

A união destas duas icónicas marcas britânicas terá início com um “BestofBritish Tour” e dois itinerários que mostram algumas das experiências mais emocionantes em África e na Índia.

O “BestofBritish Tour” de oito dias realiza-se em setembro e é destinado a clientes estrangeiros. Terá início às Savoy Hotel, em Londres, e prossegue com uma viagem pela verdejante zona rural britânica e pelos locais históricos da região central da Inglaterra. Os participantes irão, naturalmente, aprimorar as suas habilidades de condução com experientes instrutores da Land Rover. Na viagem, haverá a oportunidade de visitar Gaydon, o centro de design e engenharia da Land Rover, e conduzir viaturas património da Land Rover.

Entre 1 de Setembro e 14 de outubro de 2014 haverá quatro aventuras de 10 dias na Tanzânia, incluindo o Serengeti, a cratera de Ngorongoro e os Parques Nacionais de Tarangire, regressando, à noite acampamentos de luxo com a garantia da marca A&K. Uma desafiante viagem de três dias pelo Serengeti, zona onde abundam animais de grande porte, vai, ainda, mostrar toda a capacidade todo-o-terreno exclusiva dos Land Rover Discovery nos ambientes mais duros.

As viagens na Tanzânia serão acompanhadas por guias especializados, revelando a surpreendente arqueologia da região e permitindo ficar a conhecer a fauna variada, desde o quase extinto rinoceronte negro até às vastas manadas de zebras e gnus que vagueiam pela região.

Os tigres são o foco da segunda aventura de 2014 da Land Rover e da A&K, que irá oferecer o que de melhor a Índia tem para oferecer. Com quatro passeios entre 1 de Novembro e 11 de Dezembro de 2014, esta aventura combina a extraordinária herança da Índia com a riqueza da selva e os desafios de ravinas profundas e floresta densa, proporcionando uma aventura totalmente original.

Partindo de Deli e utilizando percursos menos concorridos através de parques nacionais ricos em vida selvagem, haverá tempo para observar tigres, impressionantes aves, cervos e antílopes negros. A passagem pelas colinas do Parque Nacional de Pench vai permitir identificar leopardos e cães selvagens, seguindo-se para o Taj Mahal, Rajasthan e a "cidade rosa" de Jaipur.

Um elemento-chave para ambas as viagens é a orientação que os participantes vão receber dos instrutores da Land Rover Experience, garantindo que podem desfrutar de forma total e segura da excelente capacidade dos veículos Land Rover. Também, e naturalmente, os guias experientes da A&K vão acompanhar os grupos, permitindo aos participantes terem uma percepção profunda dos locais que visitam e dos pontos turísticos que vão ver. E no final de cada dia intrépido a acomodação mais confortável e os cozinhados mais deliciosos esperam pelos aventureiros.

Este programa para 2014 é apenas o começo do que promete ser uma longa e emocionante parceria levando clientes a algumas das mais marcantes e diferentes partes do mundo.

 

MAZDA PUBLICA LUCROS

 

Mazda publica lucros recorde

 


• Construtor alcança lucro operacional de 1.360 milhões de euros, o maior de sempre
• Reestruturação baseada nos modelos da nova geração SKYACTIV dá frutos

 


Mazda CX9_logo2__jpg300A Mazda Motor Corporation registou,
no ano fiscal que terminou a 31 de Março de 2014, aquele que foi o maior lucro operacional da sua
história de 94 anos. O construtor japonês obteve um lucro operacional global de ¥182.100 milhões*
(€1.360 milhões), numa evolução positiva de 238 por cento face ao ano fiscal anterior e 12 por
cento acima do anterior recorde de ¥162.000 milhões, obtido em 2008. Em complemento, os lucros
fortaleceram-se de um modo gradual ao longo do ano, sendo que no quarto e último trimestre os
ganhos resultantes das vendas alcançaram os 7,6 por cento, face aos 6,8 por cento da totalidade do
ano e aos 2,4 por cento do ano anterior.
Como resultado da continuidade da reestruturação da empresa, mostrando-se cada vez mais sólida,
a Mazda registou, ainda, ganhos em todas as restantes categorias. Os lucros líquidos no ano fiscal
2013-14 quadruplicaram face ao anterior ano fiscal para ¥135.700 milhões (€1.010 milhões), num
retorno de ¥2.690 biliões (€20.100 milhões), subindo 22 por cento. Por seu turno, o volume de
vendas a nível global alcançou as 1,33 milhões de unidades, uma subida de 8 por cento.
Na Europa**, as vendas foram 25 por cento superiores às do ano anterior (163.000 unidades), um
volume que subiu significativamente na segunda metade do ano. Entre os principais mercados
deste continente, o do Reino Unido destacou-se com um crescimento de 35 por cento (35.000
unidades), enquanto na Alemanha, aquele que é o maior mercado europeu, as vendas Mazda
subiram 20 por cento (47.000 unidades). O retorno na região foi de €3.500 milhões, crescendo 28
por cento, apesar da estagnação verificada no mercado europeu de automóveis de passageiros.
Noutros pontos do planeta, a Mazda viu as vendas aumentarem 13 por cento no Japão (244.000
unidades), 12 por cento na China (196.000 viaturas) e 5 por cento na América do Norte (391.000
veículos). A Mazda esteve também forte na Oceânia, comercializando 104.000 unidades na
Austrália, sendo a terceira marca mais vendida, garantindo 9,2 por cento de quota de mercado.

 

RENAULT NA LIDERANÇA

 

RENAULT
À LIDERANÇA NAS REDES SOCIAIS EM PORTUGAL!

Facebook Renault_Portugal
Na sequência do trabalho desenvolvido pela agência Atelier do Caractere, a Renault é a marca do sector de automóvel com maior número de menções nas redes sociais em Portugal. Os dados são do Social Media Explorer, a ferramenta de monitorização e de análise do digital do grupo Marktest.
Quatro anos depois de dar início ao desafio de lançar a Renault nas redes sociais em Portugal, a agência de comunicação Atelier do Caractere continua a conduzir a marca a excelentes resultados. Segundo o Social Media Explorer do grupo Marktest, no primeiro trimestre deste ano, a Renault foi a marca automóvel com maior número de menções nas redes sociais, blogues, fóruns e RSS e a única do sector que integrou o Top 20 das marcas de todos os sectores de actividade.
Desde que o Social Media Explorer deu início à monitorização e análise do digital em Portugal (em Agosto de 2012), a Renault Portugal tem sido sistematicamente a marca líder do sector automóvel. Nos últimos cinco meses de 2012, a marca francesa foi a mais “popular”, à frente da BMW, Volvo, Mercedes-Benz e Honda. Em 2013, a Renault repetiu a proeza, desta vez, à frente da Opel, Mercedes-Benz, BMW e Honda, enquanto entre todos os sectores de actividade, foi a 11ª mais mencionada, à frente do Banco Espírito Santo, BMW, Caixa Geral de Depósitos, Coca-Cola, Continente, Ikea, Mercedes-Benz, Millennium BCP, Nike, Pingo Doce, Sagres, Sumol, Super Bock, TMN, Worten e Zara.
Em Março de 2010, o Atelier do Caractere introduziu a Renault nas redes sociais em Portugal e, desde essa data, que gere a página do Facebook https://www.facebook.com/RenaultPortugal; mas também do Twitter https://twitter.com/RenaultPortugal, YouTube https://www.youtube.com/user/RenaultPortugal e Scribd http://pt.scribd.com/RenaultDacia. Para além da produção e gestão de conteúdos, monitorização permanente, interacção com os membros (365 dias por ano!) e planeamento e implementação de diferentes campanhas, a agência tem ainda a responsabilidade de monitorizar a presença da Renault no digital, não apenas nas redes sociais, mas também em blogues, fóruns e RSS. Um serviço que é extensível à marca Dacia.
A parceria entre a Renault Portugal e o Atelier do Caractere traduz-se ainda na prestação de serviços de consultoria em comunicação, assessoria de Imprensa, produção e edição de conteúdos (incluindo fotografia) e organização de eventos, como as recentes “72 Horas Non-Stop Renault”, no Circuito do do Estoril, o “Renault Sport Roadshow”, ou a apresentação à Imprensa do Novo Renault Mégane.

 

PORSCHE E NOTICIA

 

Aumento nas entregas , a receita eo lucro operacional nos primeiros três meses de 2014

Porsche continuou a criar postos de trabalho agora e mais de 20.000 funcionários Indivíduos

Stuttgart. Com grande sucesso, Dr. Ing. . hc F. Porsche AG, começou o ano e continuou a intensificar icts entregas, receita e lucro operacional nos primeiros três meses de 2014. Com 38,663 veículos , as entregas bater o valor do ano anterior em 4,5 por cento. A receita subiu por um quinto de 3930000000 € no primeiro trimestre do ano fiscal. O lucro operacional cresceu 22 por cento, para € 698.000.000 . O número de postos de trabalho, que se situou em torno de 13 mil há três anos, e levantou mais uma vez ultrapassado o limite de 20.000 empregados em fevereiro de 2014.

Lutz Meschke , Membro do Conselho Executivo Financeiro e de TI da Porsche AG, destacou o poder aquisitivo da empresa reflete no alto retorno sobre vendas de quase 18 por cento. Meschke ressaltou, porém, que ' Porsche terá de suportar substancialmente os custos trabalhistas crescentes e baixas devido ao lançamento da nova gama de modelos Macan . " Além disso , há gastos elevados para satisfazer os requisitos de CO2 e empresas substanciais Novo investimento no build-out ea modernização do Zuffenhausen , Weissach e Leipzig férias", Meschke Continuação. No entanto, o CFO está otimista sobre o curso do ano fiscal de 2014: " Supondo que as vendas na Europa continua a estabilizar , apesar dos problemas estruturais não resolvidos , o nosso objectivo é conseguir alcançar , no mínimo, um lucro comparável ao do ano anterior. "

Matthias Müller, presidente do Conselho Executivo da Porsche AG, explicou a exigência dos negócios substanciais novos investimentos e desenvolvimento Despesas , totalizando em cada caixa para Significativamente mais de um bilhão de euros no ano fiscal em curso: " Estamos nos concentrando em cumprir a promessa de nossa marca - oferecer os tecnologicamente veículos de ponta desportivo e em nossos segmentos - foi a longo prazo . A melhoria da eficiência de combustível , bem como um uso responsável dos recursos Constituem parte integrante da estratégia da Porsche . "

Olhando para o desenvolvimento dos mercados , o CEO da Porsche está convencido que a fabricante de carros esportivos continua a crescer Will Especialmente icts grande mercados maiores vendas nos Estados Unidos e na China. Müller : "No geral, as vendas da Porsche vai subir mais uma vez no ano fiscal de 2014. O lançamento do Macan mercado vai nos dar um impulso adicional . "

O número cada vez maior de empregados Reflete a estratégia de crescimento da Porsche . Numeração 20,416 como em 31 de março de 2014 havia 15 por cento mais empregados trabalhando no Porsche de um ano atrás. O número de empregados aumentou em 960 no primeiro trimestre de 2014. Os funcionários da fábrica de Leipzig, onde o novo Macan está sendo produzido , apresentou o maior crescimento. A fabricante de carros esportivos criou novos postos de trabalho em outros locais , bem Porsche.


Porsche 911 da série modelo : consumo combinado de 12,4-8,2 l/100 km; Emissões de CO2 289-194 g / km; Classe de eficiência : G- F
Porsche Boxster / Cayman série de modelos : consumo de combustível combinado 8,8-7,7 l/100 km; Emissões de CO2 206-180 g / km; Classe de eficiência : G- F
Porsche Cayenne série de modelos : consumo de combustível combinado de 11,5-7,2 l/100 km; Emissões de CO2 270-189 g / km; Classe de eficiência : G- B
Porsche Panamera série de modelos : consumo de combustível combinado de 10,7-6,4 l/100 km; Emissões de CO2 249-169 g / km; Classe de eficiência : F -D
Porsche Panamera S Hybrid- E: consumo de combustível combinado 3,1 l/100 km, o consumo de energia elétrica combinada kWh/100 16,2 km ; emissões combinadas de CO2 71 g / km; Classe de eficiência : A +
Porsche Macan modelo de série * : O consumo de combustível combinado de 11,8-6,7 l/100 km; Emissões de CO2 216-159 g / km; Classe de eficiência : E- B
* Faixa dependendo do conjunto pneu usado
Porsche 918 Spyder : consumo combinado 3,1-3,0 l/100 km; combinado consumo de energia elétrica kWh/100 12,7 km ; emissões de CO2 combinadas 72-70 g / km; Classe de eficiência : A +

 

Google Tradutor

 

PRÉMIO SOLIDÁRIO CITROEN

 

Prémio Solidário Citroën faz sorrir crianças

 

Premio 2014
O Dia Mundial do Sorriso foi a data escolhida para a entrega, na Guarda, do Prémio Solidário Citroën, uma ação de cariz solidário desenvolvida no âmbito do primeiro aniversário Cápsula do Tempo Guarda 2050. O “cheque gigante” foi hoje entregue, junto à Cápsula do Tempo, ao Refúgio Ana Luísa - uma casa de acolhimento temporário para crianças dos 0 aos 12 anos em situação de risco, pertencente à Fundação José Carlos Godinho Ferreira de Almeida.
A ação consistiu em abrir à comunidade, durante três semanas, a possibilidade de sugerir uma Instituição Particular de Solidariedade Social do concelho da Guarda, merecedora do montante de mil euros do prémio. Foram propostas quatro instituições ao júri, constituído pelos parceiros envolvidos no projeto Cápsula do Tempo Guarda 2050 - Clube Escape Livre, Instituto Politécnico da Guarda, Rádio Altitude, Agência para a Promoção da Guarda e a entidade promotora do prémio, Automóveis Citroën. A votação foi feita individualmente e ditou que a maioria dos votos caísse sobre o Refúgio Ana Luísa, que acolhe atualmente 10 crianças entre os oito meses e os sete anos de idade em situação de risco.
O cheque gigante foi entregue pelo diretor de Comunicação de Automóveis Citroën, Jorge Magalhães, que afirmou: “É com grato prazer que, enquanto responsável da Citroën no âmbito do projeto ‘Cápsula do Tempo’, do Clube Escape Livre, aplaudo a escolha do Refúgio Ana Luísa, parte da Fundação José Carlos Godinho Ferreira de Almeida, como destinatário do ‘Prémio Solidário Citroën’. Trata-se de uma instituição que acolhe de crianças em situação de risco e que, por essa razão, se debate com necessidades muito específicas , pelo que este nosso reconhecimento e contributo tem um sabor ainda mais especial”.
Manuel Luís Fernandes dos Santos, presidente da fundação premiada, recebeu a notícia “com júbilo” e salienta que “sendo o Refúgio Ana Luísa uma resposta social extremamente onerosa, a precisar do apoio e ajuda de todas as pessoas de bom coração, damos ao valor monetário do Prémio Solidário Citroën a maior importância, fazendo votos para que haja outras iniciativas tão louváveis como esta. O montante do prémio vai contribuir para atenuar os gastos com vestuário, educação, artigos de higiene e saúde e outros que forem sendo necessários”.
Recorde-se que a Cápsula do Tempo Guarda 2050 é um projeto que assinalou os 40 anos do Programa Escape Livre e os 65 Anos da Rádio Altitude. Na Encosta do Tempo, junto à Torre de Menagem da Guarda, foi enterrada, a 1 de julho de 2013, uma Cápsula do Tempo onde participaram 40 personalidades de diversas áreas profissionais, com as suas fotografias, objetos e impressões sobre o presente e o futuro da Guarda e da região, e algumas entidades, empresas e turmas de escolas. A Cápsula do Tempo será desenterrada a 1 de julho de 2050. Até lá, diversas ações serão anualmente desenvolvidas, nomeadamente já no próximo dia 1 de julho, com programa a divulgar brevemente.

 

TOYOTA COMERCIALIZA ASSESSÓRIOS

 

Toyota Portugal inicia comercialização de assessórios da TRD para GT86 e Auris

• Acessórios desenvolvidos pela Toyota Racing Department (TRD) estão agora disponíveis na rede Toyota em Portugal 
• Peças especificamente desenvolvidas para reforçar a performance do GT86 e também para o familiar compacto Auris
• Várias áreas passíveis de melhoria – aerodinâmica, suspensão, chassis, travões, escape, motor, design exterior e interior.

A Toyota Racing Development (TRD) nasceu no momento em que uma equipa de técnicos especializados iniciou a adaptação de viaturas Toyota de estrada para a competição, quando decorria o ano de 1954. Após 60 anos de desenvolvimento constante, nos mais diferentes modelos e nas várias vertentes da competição automóvel, as viaturas preparadas pela TRD encontram-se a competir em todo o mundo sempre na linha da frente.

Refletindo a paixão pela performance, todos os acessórios procuram aplicar o conhecimento e características da competição conferindo um maior prazer de condução nas viaturas utilizadas no dia-a-dia.

A performance desportiva e as melhorias dinâmicas acrescidas pela instalação destes acessórios, especificamente desenvolvidos para cada modelo, permitem reforçar a performance, segurança e a fiabilidade.

Por outro lado, estes acessórios permitem personalizar cada viatura ao gosto do condutor uma vez que as peças da TRD podem ser adquiridas individualmente.Ambos os modelos, o GT86 e o Auris foram alvo dos engenheiros da TRD desenvolvendo peças para incrementar as performances e da aerodinâmica, as quais estão agora disponíveis em Portugal.Auris TRDAuris TRD1GT86 TRD_01_2012GT86 TRD_03_2012GT86 TRD_07_2012GT86 TRD_08_2012

 

CITROEN ESTREIA MOTOR

 

CITROËN C4 Collection estreia motor e-THP 130


• Primeiro motor a gasolina do Grupo a cumprir a norma Euro6
• Consome 23% menos que o seu antecessor, oferecendo mais 10 cv


A CITROËN estreou o novo bloco a gasolina PureTech Turbo
1.2 e-THP 130 no nosso país, e fê-lo no CITROËN C4,
através da Série Especial Collection. Para além dos conteúdos
amplamente reconhecidos do CITROËN C4, o modelo conta
agora com o mais potente e evoluído dos motores de 3
cilindros a gasolina, o que permite à Série Especial C4
Collection apresentar-se com um preço de 22.282 Euros*,
valor que poderá descer até aos 17 990 Euros**.
O CITROËN C4 foi o primeiro modelo do Grupo PSA a receber o novo motor turbo a gasolina e-THP 130,
equipado com a tecnologia Stop&Start, e que cumpre a exigente norma Euro6, que vigorará a partir de 1 de
Setembro de 2015. A incorporação deste novo bloco integra-se na mais recente ofensiva tecnológica da Citroën,
que optou por estrear esta nova tecnologia de ponta numa Série Especial com conteúdos e preços muito
convidativos, o C4 Collection.
Após o lançamento do motor de três cilindros a gasolina nas suas versões atmosféricas (1,0 litros de 68 cv e 1,2
litros de 82 cv), a família PureTech vê-se agora complementada com a introdução de um turbocompressor, de
injecção directa e de sincronização variável das válvulas, que lhe permitem oferecer uma potência de 130 cv às
5 500 rpm e um binário máximo de 230 Nm às 1 750 rpm. Compacto, de baixo peso e dimensões muito
reduzidas, o e-THP 130 atinge, na sua categoria, níveis de performance e condução entre as melhores propostas
do mercado. Uma agradabilidade potenciada graças à adopção de uma caixa manual de 6 velocidades.
Paralelamente, o mais recente bloco a gasolina PureTech permite uma redução em 23% da média de consumos
e de emissões de CO2 comparativamente aos motores da geração anterior, designadamente a motorização 1.4
VTi de 120 cv. Tal deve-se ao recurso a um conjunto de tecnologias inovadoras, eficientes e económicas
desenvolvidas no âmbito da «Créative Technologie» da CITROËN. Como resultado, emite 110 g/km de CO2
em lugar dos 143 g/km do seu antecessor de 4 cilindros e consome 4,8 l/100 km em ciclo misto, apesar da
potência adicional de 10 cv.

Desenhado para assegurar potência, prazer de condução e consumos reduzidos
O motor e-THP 130 caracteriza-se pelas suas prestações de alto nível. Os seus 80 kW/l e 190 Nm/l permitem
ganhos em termos de rendimento apesar da diminuição da cilindrada. Reduzem-se as emissões de CO2 em
23%, garantindo um verdadeiro prazer para condução graças a um binário muito elevado a baixa rotação.
Dotado de um turbocompressor de nova geração de elevada performance (240 000 rpm), o motor e-THP 130
oferece a melhor relação entre binário a baixo regime e potência, com 95% dele disponível a partir das 1500
rpm até às 3500 rpm.
• Combustão optimizada
O sistema de combustão foi particularmente desenvolvido para fazer o melhor uso das tecnologias incorporadas
no motor, em particular a adopção de uma injecção directa de elevada pressão (200 bar) em posição central. A
posição do injector, a forma do jacto (graças à tecnologia de laser) e a gestão dos impulsos de injecção (máximo
de 3 por combustão) e da própria pressão garantem uma pulverização ideal de gasolina na câmara de
combustão, a fim de obter a melhor combustão possível. Os consumos e as emissões de gases poluentes viramse
fortemente reduzidos graças à optimização da aerodinâmica interna da câmara de combustão e da integração
de uma sincronização variável das válvulas de admissão e de escape. A relação entre o diâmetro e o curso baseiase
na da versão atmosférica do bloco de 1,2 litros, garantindo o melhor compromisso entre o rendimento
intrínseco do sistema de combustão e as perdas por fricção.
• Atritos reduzidos
A arquitectura do motor e as tecnologias empregues reflectem as opções tomadas na versão atmosférica,
definindo, assim, uma nova referência no segmento. O principal objectivo no desenvolvimento deste motor foi
limitar as perdas por fricção da mecânica, que representam cerca de 20% da potência consumida. A dimensão
da cambota, a descentragem dos cilindros e o accionamento da distribuição por correia húmida contribuem para
o resultado de conjunto. O revestimento de baixa fricção DLC (Diamond Like Carbon) é usado nos eixos dos
pistões, nos segmentos e nas «touches» para limitar a fricção. Finalmente, a bomba de óleo pilotada permite
uma correcta gestão do processo de lubrificação. O atrito viu-se, portanto, reduzido em 30% em comparação
com as melhores propostas da concorrência. O motor e-THP 130 torna-se, assim, na nova referência do
segmento.

• Componentes adaptados a maiores exigências
Este bloco turbo foi desenvolvido com base na mesma arquitectura de 3 cilindros das versões atmosféricas,
partilhando 37% das peças. Os valores de performance inéditos obtidos resultam da utilização das mais
modernas tecnologias e do reforço de determinados componentes:
- a cabeça do motor foi construída numa liga de alumínio forrada a cobre e o tratamento térmico nela
aplicado permite-lhe suportar cargas elevadas. Como na versão atmosférica, o colector de escape foi
integrado naquele órgão mecânico para melhorar a performance e tornar o bloco mais compacto;
- o cárter, moldado sob pressão em vácuo e com tratamento térmico, vê-se reforçado em termos de
resistência. Inseridas no processo de moldagem, as camisas dispõem de um revestimento em alumínio,
garantindo-se uma perfeita coesão entre elas e o cárter, garantindo a fiabilidade e reduzindo-se as
deformações dos cilindros, diminuindo-se o atrito;
- a cambota é feita em aço (substituindo o ferro fundido da versão atmosférica), enquanto as bielas são-no
num aço de elevadas características mecânicas, para suportar pressões de combustão excepcionais.
Antes do seu lançamento, o motor 1.2 e-THP 130 já realizara um conjunto de exigentes ensaios, tendo sido
avalizado ao longo das mais de 25 000 horas em banco de motores e de mais de 1 600 000 de quilómetros
percorridos em testes dinâmicos.
Finalmente, no capítulo do conforto acústico, houve um aturado trabalho ao nível das fontes de ruído do motor
(injecção de elevada precisão), mas também a nível do próprio veículo, com a integração de elementos
absorventes de ruído específicos.
Novo reforço numa gama CITROËN C4 cujos preços iniciam nos 20 383 euros*
Com a chegada do novo bloco a gasolina PureTech Turbo 1.2 e-THP 130, a gama CITROËN C4 passa a
estruturar-se em torno de 12 variantes no nosso país, dividas entre dois blocos a gasolina e três diesel,
associados a caixas de velocidades manuais (CVM de cinco velocidades e CVM6 de seis) e manuais pilotadas
(ETG6 de seis relações).
No capítulo dos preços e imediatamente após os 20 383 Euros* da versão de entrada na gama, feita através do
C4 1.4 VTi 95 CVM Attraction, destacam-se os 22 282 Euros* do novo CITROËN C4 1.2 e-THP 130 CVM6
Collection, valor que se mostra bastante competitivo face aos seus principais concorrentes no segmento, com
níveis de equipamento semelhantes. Um PVP que poderá ver-se reduzido até aos 17 990 Euros**, caso o
cliente tenha uma viatura com mais de 10 anos para retoma.
CITROEN C4eTHP130_CL_10.114.015CITROEN C4eTHP130_P13138100
Apresentado em Série Especial exclusiva em termos de conteúdos, assentes no segundo nível de equipamento
do modelo, o novo CITROËN C4 Collection 1.2 e-THP 130 CVM6 Collection conta com ar condicionado
automático, rádio MP3 com «connecting BOX» e «kit» mãos-livres Bluetooth, ajuda ao estacionamento traseiro,
jantes de liga leve de 16 polegadas, faróis de nevoeiro com «cornering lights», vidros escurecidos com frisos
cromados e volante em cabedal, entre outros equipamentos (ver informação em anexo).
Esta Série Especial está disponível em nove cores: dois brancos (Branquise e Nacarado) e dois cinzas (Aluminium
e Shark), no azul Bourrasque, no vermelho Babylone ou no preto Perla Nera, para além do castanho Hickory e
do beje Mativoire. Os estofos são em tecido Hermitage.

 

CRESCIMENTO DE 56%

 

Honda Motor Co., Ldt fecha exercício fiscal com um crescimento de 56,4% comparado com ano anterior


Estes resultados ficam a dever-se, essencialmente, ao aumento nas vendas de automóveis no Japão e na América do Norte e de motos na Ásia, bem como aos efeitos positivos das medidas de redução de custos e aos câmbios mais favoráveis associados à desvalorização do iene japonês.


 

SISTEMA DE COMPARAÇÃO DE CORES

 

Sistema de comparação de cores 3M

sun gun
As condições de luz dentro de uma oficina automóvel raramente são
as ideais, por isso a 3M apresenta o sistema de comparação de
cores, PPS™ Sun Gun™, desenhado para facilitar o processo de
ajuste de cor, de forma rápida e eficaz.
Qualquer que seja o local onde o veículo se encontre na oficina, o
3M™ PPS™ Sistema de comparação de cores, providencia luz
idêntica à natural. Com um novo design e com a bateria melhorada
(NiMH), de carregamento rápido, este produto 3M é uma
ferramenta valiosa para verificar e aprovar a qualidade em cada face
do processo de reparação. Ideal para selecionar a cor correta e a
variação, para verificar a tonalidade com as chapas de cores e
verificar a cobertura.
O sistema de comparação de cores 3M oferece vários benefícios:
- Elimina a necessidade de mover o veículo para o exterior para verificar a cor;
- Reduz a possibilidade de refazer o trabalho relacionado com a má combinação de cores e à falta de
cobertura;
- Reduz as repetições de reparação;
- Reduz os custos de material e de trabalho.
3M, uma solução de confiança!
Acerca da 3M
A 3M capta a força das novas ideias e transforma-as em milhares de produtos inventivos. A nossa cultura de
colaboração criativa inspira um fluxo constante de tecnologias fortes que tornam a vida melhor. A 3M é uma empresa
de inovação que nunca para de criar. Com 30.000 milhões de dólares em vendas, a 3M emprega 84.000 colaboradores
em todo o mundo e tem operações em mais de 65 países. Para mais informação consulte o website www.3m.pt ou
siga a empresa em twitter.com/3MPortugal ou facebook.com/3MPortugal.

 

VIVARO E MOVANO EM BIRMINGHAM

 

Salão de Birmingham: Opel faz estreias mundiais do Vívaro e da nova gama Movano

A Opel leva ao Salão de Veículos Comerciais de Birmingham (29 de Abril a 1 de Maio), no Reino Unido, dois importantes destaques: a nova geração do furgão Vívaro e a nova gama do modelo Movano dotada de propulsores mais potentes e mais económicos. A segunda geração Vívaro foi concebida para aliar a funcionalidade de um veículo comercial ligeiro com as características de um escritório sobre rodas, dotado de conforto e de design equiparável ao de um automóvel de passageiros. As diversas versões de carroçaria são mais longas por comparação com o modelo anterior, o que permite obter maior capacidade de carga. Sob o capô surgem novos motores turbodiesel, de elevado nível de eficiência, que conseguem uma redução de consumo de combustível para apenas 5,7 l/100 km e de emissões de CO2 para 149 g/km. Estes valores passam a ser os melhores da classe. Se a nova geração Vívaro promete custos de utilização mais baixos, a entrada de motores mais eficientes na gama Movano vai produzir uma renovação importante deste modelo, tornando-o ainda mais competitivo. Os novos motores Diesel possuem a mais recente tecnologia BiTurbo de dupla sobrealimentação, capaz de reduzir significativamente os consumos e as emissões.  (...)

 

 

LANÇAMENTO DO NOVO MASTER

 

O LANÇAMENTO DO NOVO MASTER DÁ CONTINUIDADE À RENOVAÇÃO DA GAMA DE UTILITÁRIOS RENAULT

 

  • O Novo Renault Master é revelado hoje no Salão de Birmingham.
  • A nova geração dispõe de novos motores Twin Turbo desenvolvidos por base no actual 2.3 dCi. Para além de mais potentes (até 165 cv) permitem uma redução dos consumos que pode atingir os 1,5 l / 100 km*.
  • O Novo Master vai dispor de novas tecnologias como o ESC da última geração, o sistema de ajuda ao arranque em declive, anti-oscilação do reboque e o inovador espelho Wide View.
  • O Novo Master irá também dispor de uma nova versão L4, de tracção traseira e rodado simples. 
  • O Novo Master será comercializado depois das férias de Verão. Novo-Renault-MasterNovo-Renault-Master Novo-Renault-Master interio
 

GALP É NOTICIA

 

Resultados do 1º trimestre de 2014”

 

 

Principais destaques:


  • Produção no Brasil e do trading de gás natural seguram resultado líquido de €47milhões no primeiro trimestre de 2014
  • Produção working interest totaliza 28,1 mil barris de petróleo e gás por dia (mboepd)
  • Produção net entitlement aumentou 23% para 24,6 mboepd, dos quais 70% correspondem à produção no Brasil
  • Exportação de produtos refinados para fora da Península Ibérica situam-se nas 600 mil toneladas, uma diminuição de 41% devido à paragem geral na Refinaria de Sines
  • Margem de refinação da Galp Energia diminui $0,7 por barril (bbl) para $1,1/bbl, refletindo a deterioração das margens de refinação europeias, apesar do contributo do hydrocracker
  • Volume de gás natural vendido aumentou 21% atingindo os 2.078 milhões de m3, tendo a atividade de trading de GNL representado 50% do total
  • Investimento de €197 milhões, dos quais cerca de 90% na área de Exploração & Produção, sobretudo no Brasil
 

MITSUBISHI REGRESSA AOS LUCROS

 

Mitsubishi Motors Corporation
Regressa aos Lucros na Europa
A Mitsubishi Motors Corporation (MMC), apresentou um lucro operacional recorde de ¥ 123.4 biliões no
ano fiscal 2013 (FY13) – O melhor resultado de sempre. Em paralelo a margem operacional foi de 5.9% no
referido período.
A área de negócio Europeia da MMC – incluindo os 34 mercados da Mitsubishi Motors Europe e Rússia,
Ucrânia e Cazaquistão – contribuiu também para este impressionante resultado de um inequívoco
regresso aos lucros.
Após 3 anos de prejuízos, as operações na Europa no FY13, registaram um resultado operacional de
¥ 37.2 Biliões, tornando-se assim a segunda área de negócio mais rentável a seguir à Ásia*. Estes
resultados foram possíveis por:
- Sucesso no lançamento do novo Mitsubishi Outlander PHEV – Mitsubishi Motors teve 19.100
encomendas do modelo até dia 31 de Março de 2014 (excluindo Rússia e Ucrânia)
- Aumento do volume de vendas, devido a um conjunto de factores positivos:
o Impacto do lançamento de novos Modelos,
o Retoma da economia na Zona Euro,
o Correcção do elevado valor do Iene
O valor total das vendas neste período foi de 202.000 unidades**, em comparação com as 181.00
unidades do ano fiscal anterior o que representa um crescimento de 11%, e um valor líquido das vendas
de ¥ 484.3 Biliões.
Para o FY14 (1 de Abril de 2014 a 31 Março de 2015), a MMC prevê um volume de vendas na Europa de
225.000 unidades (+ 11% vs. FY13) com uma receita operacional de ¥ 48 Biliões.
*ASEAN e Norte da Ásia (excluindo Japão)
**MME34: 111.000 Unidades, Rússia, Ucrânia e Cazaquistão: 91.000 unidades

 

FERRARI PARA VER....

FERRARI PARA VER

 

 

Mais um grupo de imagens de alguns Ferrari para encher o olho.....FER1FER2FER3FER4FER5FER6FER7

 

PORSCHE É NOTICIA

 

 


Maria Sharapova e Mark Webber:  no 918 Spyder

 

Estrela do tênis Maria Sharapova acelerado através de sua partida semifinal no Grand Prix Ténis Porsche. Tomou O detentor do título da Rússia apenas 59 minutos para conquistar um lugar em sua terceira final consecutiva no torneio de classe mundial ao vencer o Stuttgart Sara Errani (Itália), no sábado. E aussi velocidade jogou uma mão em seu segundo compromisso do dia, Mark Webber, a Fórmula forma uma estrela e novo Porsche trabalha motorista, pegou a diva tênis para fora para um passeio ao redor da área circundante Stuttgart in super carro esportivo da Porsche, o 918 Spyder . A convite do Matthias Müller, presidente da Porsche AG, o australiano esportes amante visitou o torneio WTA no Porsche Arena, onde viu a vitória de Maria Sharapova viver do lado da quadra central.

 

Google Tradutor

 

GALP ENERGIA É NOTICIA

 

Nota sobre os contratos de aprovisionamento de gás natural

 


A Galp Energia teve ontem conhecimento, através dos meios de comunicação social, da pretensão do Senhor Ministro do Ambiente, do Ordenamento do Território e da Energia em promover um suposto “reequilíbrio da concessão” com base em alegados lucros obtidos pelo Grupo Galp Energia, durante o período de 2006 a 2012, com a venda internacional de gás natural proveniente de contratos de longo prazo sujeitos a obrigações de take-or-pay.
Não tendo até ao momento havido qualquer comunicação escrita dirigida ao Grupo Galp Energia que esclareça os termos e fundamentos da medida noticiada, a Galp Energia não se pode pronunciar publicamente a este respeito, reservando para momento oportuno qualquer comunicação. Em todo o caso, desde já se manifesta que os pressupostos divulgados aos meios de comunicação social para justificar a medida em causa não são corretos e que a Galp Energia entende não existirem fundamentos económicos ou jurídicos para a sua aplicação.

 

AS NOVAS CÔRES DO RAV 4 DE JOÃO RAMOS

AS NOVAS CÔRES DO RAV 4 DE JOÃO RAMOS

 

São estas as bonitas côres que esta época o Toyota RAV 4 de JoCARROJOAORAMOS-CORESCARROJOAORAMOS1CARROJOAORAMOS2CARROJOAORAMOS3ão Ramos irá ostentar no Campeonato Nacional de Todo o Terreno.

 

GALERIA DE IMAGENS

GALERIA DE IMAGENS

 

Grupo de imagens referentes a uma das provas do Troféu Desafio Unico, que esta época agrupa FOX 6341FOX 6342FOX 6343FOX 6344FOX 6346FOX 6347FOX 6348FOX 6349FOX 6350FOX 6351FOX 6352FOX 6353FOX 6355FOX 6356FOX 6357FOX 6358FOX 6359FOX 6360FOX 6361FOX 6362FOX 6364FOX 6365FOX 6366FOX 6367FOX 6369FOX 6370FOX 6373FOX 6374FOX 6375FOX 6376FOX 6377FOX 6378FOX 6379FOX 6380FOX 6381FOX 6382FOX 6383FOX 6384FOX 6386FOX 6390FOX 6391FOX 6392FOX 6393FOX 6394FOX 6395FOX 6397 todos os Alfa Romeo 156 e Fiat Punto.

 

Fotos de João Raposo - www.velocidadeonline.com

 

ACÇÃO LAMBORGHINI NA ALEMANHA

ACÇÃO LAMBORGHINI NA ALEMANHA

 

Eis um grupo delambo1lambo2lambo3lambo4lambo5lambo6lambo7lambo8lambo9lambo10lambo11lambo12lambo14lambo15lambo16lambo17lambo18 imagens duma acção levada a cabo pela Lamborghini junto duma série de clientes na Alemanha.

 

HYUNDAI FIFA WORLD CUP

 

Iniciou-se a votação para o programa “Be There With
Hyundai” FIFA World Cup™


 Mais de 160,000 slogans de apoio às selecções dos diferentes países,
submetidos através do programa “Be There with Hyundai”;
 A votação termina a 7 de Maio e os vencedores serão anunciados no dia
12 do mesmo mês;
 Os slogans vencedores serão inscritos nos autocarros das respectivas
selecções durante o FIFA World Cup Brazil™.


A 50 dias do inicio do FIFA World Cup Brazil 2014™, a Hyundai Motor Company,
patrocinador oficial da categoria automóvel do evento, anunciou o começo do
período de votação para apuramento dos melhores slogans submetidos através
do programa “Be There With Hyundai (BTWH)”, no site da FIFA.com.
Adeptos de todo o mundo, submeteram as frases de apoio à sua selecção para
o FIFA World Cup Brazil 2014™, desde do dia 17 de Outubro de 2013 até 27 de
Fevereiro de 2014 através do site FIFA.com, num total de mais de 160.000
slogans.
Após o processo de triagem, foram escolhidas 96 frases de apoio,
correspondentes a 3 frases por cada selecção participante no FIFA World Cup
Brazil 2014™.
O processo de apuramento da frase vencedora decorre até 7 de Maio, período
no qual, fans de todo o mundo poderão votar no seu slogan favorito para
representar a selecção do seu país. No dia 12 de Maio serão anunciados os
vencedores e serão inscritas as frases vencedoras nos autocarros que
transportarão as equipas durante o evento.
Desde o seu lançamento em 2006, no FIFA World Cup Germany™, o BTWH
tornou-se no programa de marketing com maior sucesso do evento, tendo
sempre despertado grande interesse por parte da imprensa. O programa
exclusivo da marca, continuou o seu êxito em 2010 no FIFA World Cup™ South
Africa, com a participação activa de milhares de adeptos pelo mundo inteiro.
Desde 1999, altura em que a Hyundai assinou o acordo de patrocínio para as
competições da FIFA, incluindo o World Cup Korea/Japan™ em 2002, a marca
foi um bem-sucedido patrocinador da categoria automóvel, nos Mundiais FIFA
de 2002, 2006 e 2010 para além de outras competições da FIFA. Em 2010, a
empresa estendeu o seu acordo estratégico de patrocínio com a FIFA, para
abranger os Mundiais de 2018 e 2022. Através do sucesso que tem sido o
patrocínio do futebol internacional, a Hyundai incrementou significativamente a
sua notoriedade e imagem de marca.
A Hyundai tem uma variedade de prémios para oferecer aos vencedores, de
onde se destaca uma fotografia especialmente tirada para o efeito, do slogan
inscrito no autocarro de cada equipa qualificada. Para além disso, haverá um
sortudo vencedor que será escolhido para receber um “2014 FIFA World Cup™
tour package” que inclui bilhetes, voos e hotel para 16 jogos.
Todos os visitantes do FIFA.com e FIFA.com Mobile podem votar no slogan
para a selecção do seu país em:
http://www.fifa.com/worldcup/games/be-there-with-hyundai/vote-slogan/
As frases a votação para Portugal são:
 Aqui vai uma selecção que orgulha uma nação. Força Portugal!
 Muito mais que futebol, uma paixão!
 O passado é história. O futuro é a vitória.

 

ESTREIA MUNDIAL LEXUS NX

 

Estreia Mundial Lexus NX

WP0420 NX_001WP0420 NX_002WP0420 NX_003WP0420 NX_005WP0420 NX_007WP0420 NX_008WP0420 NX_009WP0420 NX_010

# Design marcante inicia nova era para a Lexus #

  • Primeiro Lexus no segmento dos crossover médios, que se encontra em franco crescimento
  • Design marcante indo de encontro com estilos de vida urbanos e ativos
  • Motorização híbrida com bloco 2.5 litros, a gasolina, que funciona sob o ciclo Atkinson
  • Primeira utilização da Lexus do novo motor 2.0-litros turbo a gasolina
  • Três motores, três transmissões, tração dianteira e tração integral
  • Diversas inovações de segurança, incluindo Monitor de Visão Panorâmica
A Lexus apresentou o seu novo crossover de dimensões compactas no salão automóvel de Pequim de 2014, marcado por um design arrojado e desportivo.

O  novo NX representa a primeira incursão da Lexus no segmento Premium dos crossover médios. O seu design com linhas vincadas conferem um apelo emocional elevado, tendo  como objetivo atrair um novo tipo de cliente que tenha um estilo de vida urbano e ativo.

O Lexus NX vai estar disponível numa gama de 3 motorizações, incluindo uma extremamente eficiente, a versão híbrida NX 300h, além da primeira aplicação do novo motor 2.0-litros turbo a gasolina (desenvolvido pela Lexus), o NX 200t, por último e com base na versão turbo vai estar o mesmo bloco mas atmosférico, o NX200. Aliada a cada uma destas motorizações pode estar uma transmissão com tração dianteira ou tração integral. Por outro lado, o sistema Stop & Start da Lexus, incluído em todos os motores, vai permitir poupanças de combustível assim como uma rápida resposta a reiniciar o funcionamento do motor.

O novo  NX possui diversas tecnologias inovadoras a bordo, incluindo a estreia do primeiro sistema Lexus de carregamento sem fios (Lexus-first Wireless Charging Tray).


 

TECNOLOGIA HYBRID MERCEDES BENZ

 

Tecnologia HYBRID Mercedes-Benz

 

A Mercedes-Benz desenvolveu um sistema inteligente de gestão de energia para veículos híbridos que avalia e tem em consideração a estrada à sua frente. Os objetivos da tecnologiadenominada "Intelligent HYBRID" são: beneficiar o mais possível da energia de recuperação disponível e proporcionar prazer de condução graças ao efeito de aceleração do motor elétrico. Para este fim monitoriza constantemente a topografia à frente do veículo. Esta monitorização é efetuada não só quando a orientação de percurso do sistema de navegação está ativa, mas também quando este sistema não está a ser utilizado. Ao desenvolver os novos modelos híbridos, a Mercedes-Benz beneficiou muito da cooperação com a sua equipa de Fórmula 1, que utiliza também motores híbridos de alta tecnologia para conseguir poupanças de combustível. Isto pode contribuir com sinergia entre os veículos de produção em série e os veículos de competição.

 

Muitos veículos híbridos desperdiçam energia nas descidas. Isto porque a sua bateria de alta tensão tem frequentemente muita carga no momento errado, não conseguindo armazenar a energia de recuperação adicional nas descidas. A estratégia de funcionamento do "Intelligent HYBRID", que a Mercedes-Benz emprega no Classe S desde o verão de 2013 e que utiliza também agora no novo Classe C, assegura que a bateria de alta tensão está sempre carregada apenas o suficiente para tirar partido de todas as oportunidades de recuperação proporcionadas pelo percurso e pelo terreno.

 

Na prática, isto significa: se a bateria estiver muito carregada, o motor elétrico aciona-se automaticamente ajudando o motor de combustão para descarregar suficientemente a bateria, conseguindo assim armazenar completamente a energia de recuperação esperada. Ao mesmo tempo, graças à aceleração do motor elétrico, o veículo utiliza menos combustível e produz assim menos emissões durante esta fase.

 

O sistema utiliza dados do sistema de navegação COMAND Online para calcular o potencial de recuperação da estrada à sua frente. Por exemplo, os dados fornecem informação antecipada sobre o perfil do percurso e sobre os limites de velocidade numa grelha de um metro, até sete quilómetros em avanço.

 

Esta informação é processada peloCentral PowertrainController (Controlador central da transmissão - CPC), que inicia depois as medidas de antecipação. Não só reduz a carga da bateria, de acordo com a situação antes de uma descida, expandindo todos os períodos de energia puramente elétrica ou de aceleração, como também controla antecipadamente a recarga potencialmente necessária da bateria pelo motor de combustão para beneficiar do estado de carga mais favorável da bateria. Outros algoritmos de controlo têm ainda em consideração o peso atual do veículo, o estilo de condução (incluindo a velocidade do veículo e o comportamento de travagem) e a carga dos consumidores auxiliares para prever o potencial de recuperação.

 

O "Intelligent HYBRID" funciona não só como a única estratégia de funcionamento por antecipação quando tiver sido programado um destino no sistema de navegação, como também quando a orientação do percurso está inativa. Neste caso, o sistema calcula a probabilidade de o condutor mudar de percurso dependendo do tipo de estrada. Por exemplo, se o veículo híbrido circular numa autoestrada, assume que irá continuar provavelmente em autoestrada durante os próximos sete quilómetros.

 

O "Intelligent HYBRID” mantém o condutor informado sobre um potencial elevado de recuperação futura energia evidenciando a estrada à frente do veículo a verde no visor do fluxo de energia.

 

A quantidade de combustível poupado depende da topografia. Isto foi demonstrado pela experiência de muitos milhares de quilómetros de teste. Quanto mais montanhas, maiores serão as poupanças de combustível. Esta é a razão pela qual o efeito é mais sensível em montanha do que em planície.Mercedes-Benz Intelligent_HYBRID

 

ALTERAÇÕES NA JLR EM PORTUGAL E ESPANHA

 

NOVA ORGANIZAÇÃO COMERCIAL E MARKETING DA
JAGUAR LAND ROVER ESPANHA E PORTUGAL

 

 

Carmen FrancsEsther ValdesFlix OlavarrietaJose Antonio_Soliva_JLRJuan Martin_Quionero

 

A Jaguar Land Rover Espanha e Portugal comunica alterações na estrutura com efeitos a partir de 1 de maio de 2014. Com estas alterações a companhia prepara a sua organização para enfrentar com eficácia a forte expansão que ambas as marcas terão nos próximos anos, assegurando, desta forma, um serviço mais eficiente e produtivo nas áreas de Vendas e Marketing.

 

Para tal, sob a Direção Geral Comercial de Javier Agote, é criada uma nova Direção de Operações de Vendas, uma posição chave que consistirá no desenvolvimento de infra-estruturas do departamento que possibilitem o crescimento futuro de ambas as marcas e ambos os mercados. Esta nova posição será gerida pelo atual Diretor de Vendas da Land Rover, José Antonio Soliva, que terá responsabilidade direta no Planeamento de Vendas, Distribuição, Logística e Desenvolvimento e implementação dos novos Programas de Vendas.

 

O posto de Diretor de Vendas da Land Rover será assumido por Félix Olavarrieta, atual Diretor do Departamento de Desenvolvimento da Rede. A Direção de Vendas da Jaguar continuará como até à data, nas mãos de José Eugenio Redondo e a atual Diretora de Marketing da Jaguar, Esther Valdés, assumirá a direção do Departamento de Desenvolvimento da Rede de ambas as marcas.

 

 

 

Oscar Oñate, Diretor Geral de Marketing, pela sua parte, assume também um conjunto de alterações na sua equipa com a incorporação de Carmen Francés como nova Diretora de Marketing da Marca Land Rover, que irá substituir Juan Martin Quiñonero, que deixa as suas funções de forma interina para assumir a Direção de Marketing da Jaguar e liderar o lançamento dos novos produtos da Jaguar.

 

Com estas alterações, tanto Agote como Oñate, que continuam a reportar ao Presidente e Conselheiro Delegado da Companhia, será assegurada uma estrutura mais flexível e operacional face às grandes alterações que se irão verificar em ambas as marcas nos próximos anos.

 

"Tanto a Jaguar como a Land Rover têm à sua frente uma etapa intensa de crescimento e expansão, o que nos levou a reorganizar com antecedência a nossa estrutura em Espanha e Portugal. Os sucessos alcançados por ambas as marcas ficaram patentes nos excelentes resultados obtidos no exercício passado. Agora temos que nos preparar para a chegada de novos modelos, como o Jaguar XE e o Discovery Sport, que, sem dúvida, nos irão auxiliar a cumprir os nossos objetivos para os próximos anos”.

 

“Quero aproveitar esta ocasião para incentivar as novas equipas Comercial e de Marketing para que continuem a trabalhar com o mesmo entusiasmo e dedicação que demonstraram até agora. Tenho convicção que esta nova organização irá resultar em benefícios imediatos para toda a companhia, Rede de Concessionários e, sobretudo, para os nossos clientes. As nossas marcas anunciaram grandes novidades para os próximos anos e, por essa razão, é importante contar com estruturas sólidas e profissionais que nos permitam enfrentar com sucesso todos estes novos desafios e novidades.". Luis Antonio Ruiz, Presidente e Conselheiro Delegado, Jaguar Land Rover Espanha e Portugal.

 

 

 

 

JAGUAR LAND ROVER IBÉRIA

 

DIREÇÃO GERAL COMERCIAL

Javier Agote. Diretor Geral de Comercial Jaguar e Land Rover Ibéria

Licenciado em Ciências Económicas e Empresariais pela I.C.A.D.E, integrou o Grupo Ford Motor Company em 1991. Posteriormente, em 1993, juntou-se à Jaguar Hispania, onde desempenhou diversos cargos tanto em Espanha como em Inglaterra. Em fevereiro de 2003 assume a direção do Departamento de Desenvolvimento da Rede das marcas Jaguar & Land Rover e, em setembro de 2007, a Direção de Vendas de ambas as marcas. Em 2007, mantendo as suas responsabilidades em Espanha, assume o mercado Português com as mesmas funções. Em janeiro de 2010 é nomeado Diretor Geral Comercial da Land Rover Espanha e Portugal. Em dezembro de 2011 é nomeado Diretor Geral Comercial da Jaguar e Land Rover Ibéria com responsabilidade direta nas Vendas, Desenvolvimento da Rede, Frotas e VU de ambas marcas.

 

Félix Olavarrieta  – Diretor de Vendas Land Rover

Licenciado em Ciências Económicas e Empresariais pela Universidad Complutense de Madrid e Master em Gestão de Carteiras pelo Advance Finance Institute (AFI). Em 1997 assume funções na marca Jaguar como Coordenador de Marketing e, em 2001, passa ao departamento de vendas onde desempenha diversas funções. Até à sua incorporação no Departamento de Desenvolvimento da Rede, era Gestor de Operações da Jaguar em Portugal e Supervisor de Frotas Jaguar & Land Rover para o mesmo mercado. Em janeiro de 2010 é nomeado Diretor de Desenvolvimento da Rede da Jaguar Land Rover, Espanha e Portugal

 

Esther Valdés – Diretora de Desenvolvimento da Rede Jaguar Land Rover

Licenciada em Direito pela Universidade Complutense de Madrid, com um ano cursado na Universidade de Rouen em França. Esther Valdés desempenhou o cargo de Responsável de Europeu de Vendas Jaguar Land Rover para o Sul da Europa. Antes da sua ida para a Grã-bretanha, desempenhou diversas funções na Jaguar Espanha, entre as quais foi Responsável Regional de Vendas da Jaguar durante 3 anos. Quando regressa de Inglaterra, em setembro de 2012 assume a Direção de Marketing de Jaguar Ibéria, onde se manteve até à data.

 

José Antonio Soliva – Diretor de Operações de Vendas Jaguar Land Rover

Engenheiro Mecânico Industrial pelo Instituto Superior Politécnico de la Habana y de Mecánica pela Academia Naval de Cuba, iniciou a sua carreira profissional em 1983 na indústria automóvel na sua terra natal até mudar a sua residência para Espanha em 1990, onde começou a trabalhar para concessionários de diversas marcas automóveis. Em 1996 inicia a sua carreira na Land Rover Espanha onde desenvolve diversas atividades na área de vendas, até assumir, em 2005, a Direção de Vendas da Land Rover para Espanha e Portugal, onde se manteve até à data.

DIREÇÃO GERAL DE MARKETING

Oscar Oñate. Diretor Geral de Marketing Jaguar e Land Rover Ibéria

Licenciado em Ciências Económicas pela Universidade Autónoma de Madrid. A sua carreira profissional foi desenvolvida fundamentalmente no BMW Group España onde desempenhou diversas funções, passando pelas áreas de Formação e Vendas Especiais, até à sua última posição como Responsável de Distrito de Vendas. Em junho de 2008 é nomeado Operations General Manager da Lexus Espanha, onde se manteve até assumir funções de Diretor Geral Comercial na Jaguar Espanha e Portugal, no início de 2010. A 1 de dezembro de 2011 é nomeado Diretor Geral de Marketing da Jaguar e Land Rover Ibéria.

 

Juan Martín Quiñonero – Diretor de Marketing da Jaguar

Licenciado Superior pela ESIC e Honours Degree em Business Administration pela Universidade de Lincolnshire & Humberside. Tem uma longa experiência na indústria automóvel. Diretor de Marketing da Land Rover Espanha desde 2000, assume também as mesmas responsabilidades para o mercado português em 2007, função que desempenhou até à data.

 

Carmen Francés – Diretora de Marketing Land Rover

Licenciada em Sociologia e Ciências Políticas, iniciou a sua carreira na Jaguar Hispania em 1993. Desempenhou diversas funções na Atenção ao Cliente, Formação e Marketing, como Brand Manager. Em maio 2007 assume a direção do Departamento de Desenvolvimento da Rede das marcas Jaguar e Land Rover para os mercados espanhol e português. Em janeiro de 2010 é nomeada Diretora de Operações de Após Venda da Jaguar & Land Rover Espanha e Portugal.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

APRESENTAÇÃO DA LAMBORGHINI NA CHINA

APRESENTAÇÃO DA LAMBORGHINI NA CHINA

 

Eis um grupo de imagens referentes à apresentação do espaço da Lamborghini no Salão Automóvel de Pequim.lambochina1lambochina2lambochina3lambochina4lambochina5lambochina6

 

PORSCHE É NOTICIA

 

Lendas do tênis na instalação de geração eo 918 Spyder manufactory em Zuffenhausen

 

Pete Sampras e Carlos Moyá Porsche fazer uma visita

 

A convite do Matthias Müller, presidente do Conselho Executivo da Dr. Ing. . hc F. Porsche AG, as estrelas do tênis mundial formar Pete Sampras e Carlos Moyá visitou as instalações em Zuffenhausen Porsche Produção na terça-feira . Um dos destaques da visita à fábrica conduzido pelo Dr. Oliver Blume, Membro da Diretoria de Produção e Logística , Washington, à margem da Assembleia 911 e Boxster, um passeio ao redor da fábrica exclusiva em Tudo o que a mão-construído elaborada Porsche 918 Spyder de super carro esporte é feito .

" Para mim, como um motorista de Porsche apaixonado , foi - muito interessante ver como os carros são construídos tese e para atender as pessoas por trás Porsche ", disse Pete Sampras , vencedor de 14 torneios do Grand Slam que cai sobre a carreira de corrida em que ele foi o mundo No. 1 para um total de 286 semanas. Carlos Moyá foi especialmente feita pelo o 918 Spyder " sem ter visto com os olhos é muito dificuldade para imaginar o quanto o amor entra em detalhes de fazer este carro de sonho . "

Na sequência da visita guiada à instalação de geração , Pete Sampras não ia perder a oportunidade de se juntar Matthias Müller em uma visita em torno dos atuais especiais " 24 Horas para a eternidade. Le Mans " Exposições. No Museu Porsche . Mais de 20 carros de corrida diferentes e só contar a história emocionante deste lendária corrida de 24 horas com o atual Porsche 919 híbrido como o destaque .

Um pedaço da história do tênis , mais uma vez cam viva na quadra central na feira de Páscoa do Porsche Arena. Jogando no Berenberg Classics " Duel of the Legends" , Pete Sampras e Carlos Moyá mostrou que eles ainda podem jogar tênis atraente e emocionante estranho que eles se aposentou há um tempo atrás . O encontro fascinante com manifestações espetaculares foi vencido pelo especialista de saibro Moyá 7-5, 6-4.

 

Google Tradutor

 

TRÊS DECADAS DE IBIZA

 

Primeiro modelo 100% SEAT
30 Velas para o SEAT Ibiza


/ Carro mais vendido e exportado com vendas na ordem dos 5 milhões de unidades
/ Modelo de estreia das instalações de Martorell em 1993
/ Assinaturas de Giugiaro, de’Silva e Donckerwolke nas quatro gerações
/ Especial “30º Aniversário do Ibiza” em finais de Junho

 


 Em 1984, enquanto o mundo aplaudia o lançamento do primeiro
computador Mac da Apple e o compact disc começava a tornar-se popular, a 27 de abril
nasceu o primeiro SEAT Ibiza na Zona Franca de Barcelona, o carro mais bem sucedido
alguma vez construído pela marca. No próximo domingo, o carro espanhol mais vendido e
exportado, que acompanhou várias gerações que conduziram este ícone, celebra o seu 30º
aniversário.
Este ano a SEAT comemora o aniversário do Ibiza, um ícone para a companhia e que hoje é
visto como o veículo mais carismático da sua história, bem como o mais vendido, com um
expressivo volume de vendas na ordem dos 5 milhões de unidades. Se há um automóvel
que simbolize a Espanha dos anos 80 – dinâmica, ambiciosa e inovadora – é,
definitivamente, o SEAT Ibiza. Reforçado pela imagem festiva internacionalmente conhecida
da ilha do mediterrâneo, de onde é inspirado o seu nome, o seu lançamento constituiu um
ponto de viragem no panorama internacional do mercado automóvel.
O Ibiza é um dos pilares da marca e em Espanha tem sido o modelo do seu segmento mais
vendido, desde 2001. Em finais de junho deste ano, aquando da celebração do seu 30º
aniversário, será lançada uma versão especial.
O palco escolhido para a primeira apresentação ao mundo do SEAT Ibiza foi o tão
prestigiado Salão Automóvel de Paris, em 1984. Graças a este ‘best-seller’, a companhia
começou a expandir-se internacionalmente com exportações em larga escala. Desde então,
este ícone sobre rodas aumentou as suas exportações em 69% (na casa das 3.5 milhões de
unidade) com presença em mais de 75 países. No início da sua existência, os mercados
mais importantes para o Ibiza foram a Itália, Reino Unido, França, Alemanha, Portugal,
México e, obviamente, Espanha.
O SEAT Ibiza inaugura a fábrica de produção de Martorell
A companhia terminou os anos 80 com valores recorde de vendas e produção, tornando-se
membro do gigante Grupo Volkswagen. Até 1993 a atividade da marca concentrava-se na
Zona Franca de Barcelona, mas a entrada no novo Grupo, o sucesso dos outros modelos no
mercado e a necessidade de aumentar os níveis de produção, exigiram a criação de um novo
complexo industrial. Complexo este que iria ser construído junto do Centro Técnico da SEAT.
Desta forma, a segunda geração do SEAT Ibiza iria ser a primeira linha de carros produzida
inteiramente na nova fábrica da SEAT em Martorell. O início de atividade do novo complexo
iria dar lugar à criação de uma cadeia industrial de fornecedores que, na altura, integrava 20
companhias diferentes.
Hoje em dia Martorell continua a ser uma das fábricas mais modernas e flexíveis da Europa,
sendo a sua posição de destaque internacional galardoada com o prémio “Automotive Lean
Production”. Diariamente são produzidos, na Linha 1 da fábrica, aproximadamente 700 Ibiza,
empregando cerca de 1,600 pessoas diretamente. No cômputo geral, a SEAT cria emprego,
direta e indiretamente, a cerca de 70,000 famílias. Atualmente, o efeito multiplicador na
economia gerado pela SEAT faz-se sentir indubitavelmente. A marca não pode ser
dissociada de Martorell, assim como o mercado automóvel de Espanha não pode ser
dissociado da SEAT.
O SEAT Ibiza: design, espírito jovem e desportivo
O SEAT Ibiza é 100% SEAT, já que foi o primeiro veículo desenhado e desenvolvido
inteiramente pela marca. O design foi sempre parte integrante do DNA da marca espanhola e,
no caso do Ibiza, as quatro gerações tiveram o cunho pessoal de figuras distintas no
mercado de design automóvel.
Para a primeira geração do Ibiza (1984-1993) a SEAT contou com a colaboração da
Italdesign, a companhia do designer italiano Giorgio Giugiaro, com Karmann para o
desenvolvimento da carroçaria e com a Porsche para a utilização da tecnologia “System
Porsch” a nível de motor.
Houve um salto significativo na segunda geração (1993-2002) a nível estético, contando,
de novo, com a colaboração de Giugiaro. As linhas eram redondas e aerodinâmicas, com um
nível de equipamento e sofisticação mecânica que, na altura, só se encontravam em carros
de gamas superiores.
O designer italiano Walter de’Silva, atual responsável da área de Design do Grupo
Volkswagen, foi responsável pela conceção da terceira geração do Ibiza (2002-2008), onde
se assistira a um novo progresso a nível de qualidade de construção, motorização e índices
de performance. De’Silva desenvolveu uma estética mais apelativa, marcada pela agilidade,
retratando o conceito desenvolvido pelo Centro Técnico da SEAT em Martorell, o ”chassis
ágil”
A geração atual do Ibiza (2008-) é obra do então responsável da área de design da SEAT, Luc
Donckerwolke. Pela primeira vez o conceito do “design em forma de seta” é materializado na
parte dianteira do veículo, resultando num modelo Ibiza com um carácter e aspeto bem mais
desportivos que os seus antecessores, graças à introdução de linhas puramente
geométricas, complementadas com uma alteração à clássica “linha dinâmica” na parte
lateral.
A versão mais desportiva conquista o Campeonato Mundial de Rally
O primeiro SEAT Ibiza claramente desportivo foi o modelo SXI com um motor de 100cv, o
antecessor das atuais versões CUPRA (Cup Racing) e FR (Formula Racing). Em 1996 a marca
apresentava a versão CUPRA com um motor de 2 litros com 150cv, que tinha, não só uma
imagem desportiva, como índices de performance fabulosos. O Ibiza Kit Car foi um modelo
cujo lançamento era há muito aguardado e foi com este que a SEAT conquistara três títulos
FIA-2 litros seguidos, no Campeonato Mundial de Rally (WRC), em 1996, 1997 e 1998. Em
2004 o Ibiza celebrou o seu 20º aniversário, com mais de 3.3 milhões de unidades
construídas e com dois modelos desportivos novos a integrar a gama – versões FR e CUPRA
(com novos motores a diesel).
Sabia que…?
• O preço aproximado do SEAT Ibiza em 1984 era de 4,950€. Os preços correntes,
rondaria os 15,620€.
• O SEAT Ibiza foi o automóvel oficial dos Jogos Olímpicos de Barcelona’92.
• A segunda geração do Ibiza foi o primeiro automóvel do seu segmento a ser
equipado com um motor TDI de 90cv.
• O SEAT Ibiza foi o primeiro modelo no seu segmento a ter Assistente de Controlo de
Estabilidade ESP como equipamento de série.
• Vendas por geração:
− Ibiza I, 1984-1993: 1,308,461 unidades
− Ibiza II, 1993-2002: 1,522,607 unidades
− Ibiza III, 2002-2008: 1,221,200 unidades
− Ibiza IV, 2008-to date: 924,183 unidades
Mais informação disponível no dossier do 30º aniversário do Ibiza
SEAT é a única companhia no seu sector com a capacidade total de desenhar, desenvolver, fabricar e
comercializar carros, em Espanha. Membro do Grupo Volkswagen, a multinacional tem a sua sede em
Martorell, Barcelona, exportando mais de 80% dos seus veículos, estando presente em mais de 75
países. As vendas globais da SEAT, em 2013, totalizaram um volume de 355,000 unidades
traduzindo-se em 6,473 milhões de euros em receitas, valores recorde na história da marca.
O Grupo SEAT emprega 13,500 profissionais nos seus três centros de produção em Barcelona – Zona
Franca, El Prat de Llobregat e Martorell, onde constrói os tão bem sucedidos modelos Ibiza e Leon,
entre outros. Adicionalmente, a companhia produz o modelo Alhambra em Palmela (Portugal), o Mii
em Bratislava (Eslováquia) e o Toledo em Mladá Boleslav (República Checa).
A multinacional espanhola também tem um Centro Técnico, um ‘núcleo de conhecimento’,
albergando um total de cerca de 900 engenheiros, cujo objectivo é o de servirem como força
impulsionadora de inovação do investidor industrial número um em I&D em Espanha. Em linha com o
seu compromisso declarado na protecção ambiental, a SEAT baseia a sua actividade central na
sustentabilidade, nomeadamente na redução de emissão de CO2, eficiência energética e reciclagem
de recursos, bem como a sua reutilização.

 

HYUNDAI LANÇA COMPETIÇÃO AUTOMÓVEL VIRTUAL

 

Hyundai lança competição automóvel virtual para apoiar
Save the Children


 Hyundai cria “#Game4Good” - competição automóvel exclusiva para
smartphones e tablets;
 Quanto maior o número de voltas completas durante a competição, maior
a doação da Hyundai para a Save the Children;
 O vencedor irá desfrutar de uma viagem VIP para assistir ao WRC - Rali
de Itália, na Sardenha.

RR3-HYUNDAI VELOSTER_CHARITY_FINAL_IMAGE_4544x2560_2
A Hyundai irá disponibilizar aos jogadores do “Real Racing 3”, o popular e
gratuito jogo de corridas de automóveis mais realista para smartphones e
tablets da EA (Electronic Arts), a oportunidade de apoiar a organização nãogovernamental
Save the Children de defesa dos direitos das crianças em todo o
Mundo e simultaneamente a possibilidade de ganhar uma viagem para o World
Rally Championship (WRC), onde o vencedor será recebido com tratamento VIP
pela Hyundai.
Os jogadores terão impacto directo nas doações da Hyundai à iniciativa “Camel
Library” da Save the Children em África. O número de voltas completas
durante a competição, na tentativa de alcançar o melhor tempo virtual, será
determinante, uma vez que quanto maior o número de voltas, maior a doação
da Hyundai. A marca terá a capacidade de financiar até treze “Camel Library”.
Durante toda a competição, a “hashtag” #Game4Good possibilitará aos
jogadores partilhar as suas pontuações e conquistas através das redes sociais.
Como parte do mais recente pacote de expansão do jogo, disponível para
iPhone, iPad, iPod Touch e dispositivos Android, os jogadores poderão
participar no desafio especial “Hyundai Veloster Time Trial”. Além da doação
em dinheiro para a Save the Children, os pilotos virtuais poderão utilizar as
voltas acumuladas para desbloquear opções no jogo, incluindo jantes e outros
extras para “equipar” o Veloster.
A iniciativa “Camel Library” da Save the Children tem como objectivo apoiar a
educação de mais de 54000 crianças e residentes das remotas comunidades
somalis da Etiópia, proporcionando-lhes o acesso a livros com o apoio da Save
the Children na Coreia. Cada “Camel Library” é composta por três camelos,
duas caixas de livros, um bibliotecário e um cameleiro.
Entre os dias 22 de Abril e 12 de Maio, a Hyundai irá desafiar os jogadores do
“Real Racing 3” a realizar a volta virtual mais rápida aos comandos do Hyundai
Veloster Turbo no circuito da Catalunha, em Barcelona, Espanha. O vencedor
da competição irá desfrutar de uma fantástica viagem VIP para duas pessoas
durante quatro dias para assistir ao vivo à 6ª prova do WRC – o Rali de Itália na
Sardenha – no próximo mês de Junho.
Durante o período da campanha, a Hyundai irá convidar o público a disputar a
competição "ao vivo" no outdoor interactivo da marca na icónica praça
Piccadilly Circus, em Londres. Os nomes e rostos dos participantes irão
aparecer no grande ecrã, após concluírem com sucesso as suas provas.
“Esta competição com o Hyundai Veloster Turbo mostra bastante bem o novo
pensamento da Hyundai. Os clientes podem participar no nosso evento de
solidariedade através de uma emocionante corrida virtual, de fácil acesso
através de smartphones e tablets”, afirma Won-Hong Cho, Director de
Marketing da Hyundai. “Vamos continuar a realizar este tipo de iniciativas, bem
como outros programas criativos de Marketing, recorrendo a vários conteúdos
digitais”.
Mark Hall, Vice-Presidente de Marketing da Hyundai na Europa comentou “A
Hyundai tem o compromisso de preparar os jovens para um futuro promissor,
através da educação e de várias iniciativas orientadoras. Esta nova plataforma
inovadora irá apoiar o excelente trabalho da organização Save the Children e
trará benefícios reais através da alfabetização."
A Save the Children, fundada em 1919, é a maior organização independente de
apoio a crianças, do Mundo. A operar em 120 países, a Save the Children lidera
iniciativas globais relacionadas com os direitos das crianças ao criar condições
para a melhoria da saúde, nutrição, educação e protecção e ao defender os
direitos das crianças e responder a crises humanitárias. Em 2012, esta
organização chegou a 125 milhões de crianças de todo o mundo.
Para mais informações sobre a competição virtual “#Game4Good” consulte:
game4good.hyundai.com

 
Mais artigos...

João Raposo

Telemóvel: +351 961 686 867
E-mail: jraposo-air@portugalmail.pt